Zona Eleitoral de Chapadinha condena ex-prefeita Belezinha e seu vice por compra de votos. Cabe recurso
Belezinha e seu vice foram condenados, como candidatos, por compra de votos em 2016

Zona Eleitoral de Chapadinha condena ex-prefeita Belezinha e seu vice por compra de votos. Cabe recurso

Cópia de parte da decisão proferida pela Justiça Eleitoral, em Chapadinha

Por decisão do juiz Cristiano Simas, titular da 42ª Zona Eleitoral de Chapadinha, a ex-prefeita Belezinha,  e o ex-secretário de obras Aluízio Santos acabam de ser condenados por compra de votos e ficam inelegíveis até 2028.

Em sentença fundamentada que consumiu 132 páginas o juiz eleitoral acompanhou o parecer do Ministério Público e se embasou em investigação da Polícia Federal para condenar Belezinha, Aluízio e o candidato a vice Antonio Odilon por compra de votos,  tornando-os inelegíveis por 8 anos subsequentes ao pleito de 2016.
Mas dessa decisão cabe recurso. Almir Moreira, um dos  advogados da ex-prefeita, já disse que vai recorrer. Ele confirmou que irá, nesta quarta (10), às emissoras de rádio para dar a versão dos seus constituintes. Já, inclusive, agendou entrevista no programa “Direto do Assunto”, transmitido pelas rádios Mirante AM e FM R para falar a respeito da decisão proferida pela Justiça Eleitoral de Chapadinha.
Já o advogado Fábyo Lima,  que iniciou o processo contra Belezinha,  comentou a condenação:
– “É inegável que o poder econômico existe e, infelizmente, ainda influencia os pleitos eleitorais em nosso País. Porém, o seu abuso nunca pode ser tolerado, devendo ser coibido e punido em todos os casos – como o que nessa representação fora levado ao conhecimento da Justiça Eleitoral – em que se considere que o livre exercício da democracia fora maculado”.
Belezinha e seu vice foram condenados, como candidatos, por compra de votos em 2016

Recurso dos perdedores deverá ser  encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA).

Com informações dos blogs do Alpanir/William 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta