Tensão em Brasília! Temer vai parar no Hospital do Exército

Tensão em Brasília! Temer vai parar no Hospital do Exército

Momentos antes de o plenário da Câmara dos Deputados conseguir quorum para aprovar ou rejeitar mais um pedido de licença para processar o presidente da República, Michel Temer foi levado às 13h desta quarta-feira (25) para o Hospital do Exército em Brasília, depois de sofrer uma “obstrução urológica”, que lhe causara um “desconforto”, informou em nota a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

De acordo com a nota da Presidência, no período da manhã, Temer inicialmente foi atendido no departamento médico do Palácio do Planalto.

“O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exames e devido tratamento”, diz a nota.

De acordo com fontes no governo, o presidente vinha sentindo dores nos últimos dias, que ficaram mais intensas durante a manhã desta quarta. O período coincide com o clima de tensão vivido no Distrito Federal, no momento em que a Câmara julga o pedido da Procuradoria Geral de Justiça para processar o chefe da Nação.

Às 15h54, horário de Brasília (14h54 no Maranhão), Temer ainda passava por exames no hospital do Exército.

Leia nota divulgada pelo Palácio do Planalto:

NOTA À IMPRENSA

O Presidente Michel Temer teve um desconforto no fim da manhã de hoje e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto.

O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento.

Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta