‘No início, ficava envergonhada’, diz Gisele Bündchen, pelada na Vogue, sobre nudez
Gisele: nua na 'Vogue' Paris - Reprodução

‘No início, ficava envergonhada’, diz Gisele Bündchen, pelada na Vogue, sobre nudez

A top também falou sobre filhos e seu lado empresária RIO — O ano chega ao fim com saldo positivo para Gisele Bündchen. Além de lançar um livro com retrospectiva fotográfica de sua carreira, a top gaúcha estrelou campanha para a grife Stuart Weitzman, seguiu como musa do perfume N.5, da Chanel, fotografou com Scott Eastwood para a Colcci (o resultado deste encontro deve ser divulgado só em 2016) e foi capa das revistas "Love" e "Vogue" Paris. Na publicação francesa, Gisele apareceu nua, usando apenas uma bota da coleção de inverno 2015/2016 da Dior. Em entrevista ao ELA, a top fala sobre os filhos — ela é mãe de Benjamin e Vivian Lake —, seu versão empresária e sobre nudez. Confira a seguir: CADERNO ELA: Se você pudesse dar um conselho para você mesma, encontrasse a Gisele de 20 anos atrás, menina, o que você diria? GISELE BÜNDCHEN: Seja mais gentil consigo mesma. Você se sente responsável por ter mudado o rumo da moda, com seu perfil atlético e saudável? Se é assim que sou vista, fico feliz, pois saúde é essencial. Qual é a importância de seus pais em sua trajetória? Meus pais são incríveis! Com certeza eu não seria quem sou hoje se não fosse pelo amor, confiança e suporte dos dois. Imagina como foi difícil para eles deixarem eu sair de casa com só 14 anos e logo ir morar no Japão, do outro lado do mundo. Eu só pude voar e conquistar os meus sonhos porque eles me deram raízes fortes. É notável que seu lado sexy foi muito explorado ao longo da carreira. Tirar a roupa no set é fácil ou um sofrimento? No início da carreira, ficava muito envergonhada. Mas com o tempo tive que ir me acostumando. Pois isso é muito natural no meio fashion. Depois de fazer tantos desfiles, onde você realmente não tem privacidade nenhuma para se trocar, você acaba acostumando. E se um de seus filhos optar em seguir a carreira de modelo, o que você diria? Eles sempre terão o meu suporte em qualquer caminho que quiserem seguir. Como qualquer mãe, só quero que eles sejam felizes. Você também é uma empresária de respeito. Sua linha de lingerie é um sucesso. Quando você descobriu que você tinha talento para ser empresária? Eu sempre adorei criar e fico feliz de ter tido oportunidades para me expressar também desta forma em minha carreira profissional. Tento conciliar todos esses papéis da melhor forma possível, mas encontrar este equilíbrio é um exercício constante.

Continuar lendo ‘No início, ficava envergonhada’, diz Gisele Bündchen, pelada na Vogue, sobre nudez