Inédito! Vereador que matou cobra com mordida após ser picado recebe alta

Homem passou cinco dias internado e tomou 15 soros após picada de cascavel, em Juru, no Sertão. 'Eu peguei e mordi ela porque eu fiquei com muita raiva na hora', disse - G1 PB Depois disso, ele foi transferido para um hospital de Campina Grande, onde ficou internado até esta segunda-feira e chegou a tomar cinco soros. Nesta terça-feira (18), Álvaro Teixeira já está de volta a Juru, onde os moradores ficaram assustados com a notícia.  “Reagiram com espanto pelo fato de eu ter pego e matado a cobra com o dente. Como é um animal muito repugnante, causa logo medo. A cascavel é bem característica porque tem a base, quando você vê, corre, desmaia, sai de perto. Eu não. Tenho um certo costume, fui criado no campo. E já tinha isso na cabeça: no dia que uma cobra me morder, eu mordo ela”, disse. Sobre as atividades no campo, o vereador afirmou que só não retomou ainda por conta das recomendações médicas. Por isso, deve passar mais dois dias de repouso. As atividades na Câmara Municipal só voltam na primeira quinzena de agosto, tempo suficiente para a recuperação do vereador.  Um vereador do município de Juru, no Sertão paraibano, recebeu alta hospitalar nesta segunda-feira (17), após ser picado por uma cobra cascavel e matar o réptil com uma mordida na região da cabeça. O caso aconteceu com o vereador Álvaro Teixeira (PSB), de 36 anos, na última quinta-feira (13). O animal não resistiu ao golpe e morreu. Teixeira explicou que costuma ir diariamente a uma propriedade que possui a 5 quilômetros de Juru. Na quinta-feira, ele foi ao local sem bota para colher palma. Foi quando o animal deu o bote. Segundo o vereador, a cascavel tinha cerca de um metro de comprimento. “Senti a fisgada na perna. Quando olhei, era uma cascavel. Daí eu peguei e mordi ela, porque eu fiquei com muita raiva na hora, foi instinto”, contou o vereador. Após revidar a picada, o político pegou o animal morto e foi direto para o hospital da região. Segundo ele, a equipe do local só acreditou que ele tinha sido picado por uma cascavel quando visualizou de fato o animal morto.

Continuar lendo Inédito! Vereador que matou cobra com mordida após ser picado recebe alta

Sepultamento de Edmilson Jansen marcado para as 16 horas; corpo é velado na Câmara Municipal

CORPO ESTÁ SENDO VELADO NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS - PROJETO REVIVER - E SEPULTAMENTO MARCADO PARA AS 16 HORAS DESTE DOMINGO, 14, NO CEMITÉRIO DO GAVIÃO A Câmara Municipal de São Luís confirmou a morte, por volta das 21 horas e 40 minutos deste sábado, do vereador Edmilson Caneiro Jansen de Mello - Edmilson Jansen , 66 anos, que cumpria o seu terceiro mandato, como filiado ao Partido Trabalhista Cristão (PTC). Jansen foi vítima de complicações de uma cirurgia bariátrica, como já vinha sendo noticiado. Ele passou por três momentos delicados: o da cirurgia em si, realizada por um conhecido médico de São Luís, a complicação, seguida de leve melhora , e outra recaída, que teria exigido uma segunda cirurgia â qual ele não resistiu e veio a óbito. A Câmara Municipal e os familiares do vereador já acordaram que o velório será no plenário da Casa, localizada no projeto Reviver (Praia Grande). O sepultamento do vereador está marcado para as 16 hora, no Cemitério do Gavião.

Continuar lendo Sepultamento de Edmilson Jansen marcado para as 16 horas; corpo é velado na Câmara Municipal

Vereador Miguel Gogó: até agiotagem entra no rol das motivações do crime. PCdoB exige apuração

O Comitê Estadual do Partido Comunista do Brasil no Maranhão expediu nota de “profundo pesar” pela morte do vereador Miguel Gogó (PCdoB-Anajatuba), morto com três tiros, à noite de sábado (15), num povoado de Santa Rita, município vizinho. A direção estadual da legenda chamou o ato de “covarde”, informando ainda que encaminhou ofício à Secretaria de Segurança Pública, solicitando rigorosa apuração do assassinato para rápida elucidação e punição. A nota encerrou ainda se solidarizando com os familiares e amigos pela “indignação que tal fato desperta em todos”. Em Anajatuba, várias versões circulam sobre possíveis motivações para o assassinato de Miguel Gogó. Duas delas se sobressaem: recado de agiotas e vingança pessoal de velhos inimigos com os quais a família de Gogó se atritara num passado recente. Em relação a agiotas, Gogó estaria devendo dinheiro usado na campanha eleitoral, que ele teria tomado emprestado juntamente com um político bem mais emplumado. Miguel Sampaio Soares, o Miguel Gogó, de 54 anos, participava de uma festa de aniversário, com a esposa e um filho menor, quando foi surpreendido e, na frente destes, morto com três tiros. Ele ainda chegou a ser levado para um hospital, na sede de Santa Rita, mas já estava morto ao entrar. Bastante concorrido, o sepultamento do vereador ocorreu esta manhã (17), no povoado São João da Mata,Anajatuba, onde nasceu e moram seus familiares.

Continuar lendo Vereador Miguel Gogó: até agiotagem entra no rol das motivações do crime. PCdoB exige apuração

Miguel Gogó, vereador do PCdoB de Anajatuba-MA, é metralhado com 3 tiros na frente da família

O vereador Miguel Soares Sampaio, o “Miguel Gogó”(PCdoB), de Anajatuba, acaba de ser assassinado com três tiros na cabeça, no povoado “São João da Mata” a 30 quilômetros da sede do município que fica a 130 quilômetros de São Luís. O crime ocorreu por volta das 21 horas e 30 minutos deste sábado. Vereador de segundo mandato, Miguel Gogó foi morto na frente da esposa e de um filho menor. Elorte e chegou a pedir e estava ameaçado de garantias de vida à Secretaria de Segurança Pública, semana passada. Segundo informações, um homem desceu de uma motocicleta e disparou os tiros a queima-roupa na cabeçada vítima, saindo rapidamente do local. O vereador chegou a ser levado para o hospital municipal de Santa Rita, onde chegou sem vida. Miguel Gogó deixa viúva a Sra. Márcia, com quem tinha quatro filhos. Sabe-se, porém, que ele também deixa orfãos cerca de outros 8 filhos com mulheres com as quais conviveu, anteriormente. O crime está tendo enorme repercussão em Anajatuba. Muitos dizem que a morte do vereador tem motivação politica, outros afirmam tratar-se de vingança por conta de desavenças passadas com desafetos pessoais e familiares.

Continuar lendo Miguel Gogó, vereador do PCdoB de Anajatuba-MA, é metralhado com 3 tiros na frente da família
Crime de encomenda! SSP manda investigar morte de vereador de Santa Luzia, atingido com 5 tiros
Vereador Cícero, assassinado na porta de casa, em Santa Luzia (Foto: Reprodução / TV Mirante)

Crime de encomenda! SSP manda investigar morte de vereador de Santa Luzia, atingido com 5 tiros

A Secretaria de Segurança Púbica informou, em nota, que iniciara ontem mesmo, 3, as investigações para apurar o assassinato do presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia, Cicero Ferreira da Silva, do (PCdoB), morto na tarde de domingo (3), na porta de casa, localizado no povoado Faisa, que faz fronteira com o município de Buriticupu, no Maranhão. De acordo com o titular da Delegacia Regional de Santa Inês, Walter Costa, o vereador estava em casa quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. O homem que estava na garupa da moto sacou a arma e atirou cinco vezes. Os dois suspeitos fugiram logo em seguida. - “Não sabemos de muita coisa ainda. Recebemos a informação do delegado Clarismar que de imediato foi ao povoado que é bem distante da cidade”. Cícero ainda foi levado para um hospital do município de Buriticupu, localizado a 120 quilômetros da sede de Santa Luzia, mas chegou sem vida ao local. A polícia ainda não confirmou os motivos para o crime, nem se a vítima estava sendo ameaçada.

Continuar lendo Crime de encomenda! SSP manda investigar morte de vereador de Santa Luzia, atingido com 5 tiros
Senador Roberto Rocha pede pressa na aprovação de toda a reforma eleitoral
Senador vota pela aprovação do voto distrital para vereador

Senador Roberto Rocha pede pressa na aprovação de toda a reforma eleitoral

O Senado aprovou na quarta-feira (22) um projeto de lei do senador José Serra (PSDB-SP), que implanta o voto distrital nas eleições para vereadores de municípios com mais de 200 mil eleitores. A regra pode valer para as eleições de 2016 e muda completamente a forma de eleger vereadores em cidades como São Luís. O senador Roberto Rocha participou ativamente das discussões sobre o assunto e conversamos com ele para saber mais do projeto. - O senhor é a favor dessa nova regra? RR – Votei a favor, porque acredito que existe uma expectativa muito grande da população e do próprio meio político de uma reforma que organize melhor as regras. E é preciso pensar um modelo eleitoral novo. Então fui favorável no sentido de que é preciso avançar rapidamente com o projeto, pois só temos até outubro para aprovar a nova lei valendo para 2016 e ainda será apreciado pela Câmara dos Deputados e possivelmente volta ao Senado. Mas já me posicionei favorável a outro modelo. - Que modelo o senhor defende? RR – Ainda na discussão do projeto, na Comissão de Constituição e Justiça, da qual sou membro, expus minha preocupação sobre como o voto distrital pode ser complicado nas regiões metropolitanas e pode dificultar o voto de opinião. Então propus o voto distrital misto, que foi melhor aceito pelos meus colegas senadores, inclusive pela senadora Gleise Hoffman, do PT. - Por que a mudança só para a eleição de vereadores? - Existe uma lacuna na lei que define como proporcional a eleição para deputado federal e estadual, mas não fala dos vereadores. Então a ideia é simultaneamente preencher essa lacuna e fazer um recorte no qual seja possível testar um novo modelo eleitoral. - Se aprovada ainda este ano, até outubro, a lei será aplicada nas eleições de 2016. O que muda para os vereadores?

Continuar lendo Senador Roberto Rocha pede pressa na aprovação de toda a reforma eleitoral

Governador Flávio Dino preside fórum para ações pela paz

O Gabinete de Gestão Integrada (GGI), regido por portaria emitida pelo Ministério da Justiça, reuniu-se no Maranhão pela primeira vez, nesta última quinta-feira (12). A reunião foi presidida pelo governador Flávio Dino, que dentre as deliberações, para promover a paz e articular ações de prevenção ao crime e de combate às drogas, encaminhou a criação de uma comissão temática formada por movimentos sociais, igrejas e sociedade civil. O governador Flávio Dino explicou que além de desenvolver ações de inteligência no combate à criminalidade, o Gabinete de Gestão Integrada envolverá a sociedade civil na promoção da paz, no combate às drogas e na prevenção da violência. “O combate às drogas é importante porque elas alavancam outros crimes, mas esse esforço vai para além das políticas de segurança. Por isso, é preciso envolver a sociedade civil, convocar as igrejas, os movimentos sociais e todas as instituições com atuação reconhecida na área para que esse esforço conjunto tenha êxito”, explicou o governador.

Continuar lendo Governador Flávio Dino preside fórum para ações pela paz
Chapadinha – Vereador Marcelo Menezes denuncia Belezinha e diz que ela pagará pelo que faz com a população
Prefeita Belezinha: alvo da fúria do vereador Marcelo Meneses, de quem já foi aliada política, por conta de descasos para com a coisa pública, acusa o parlamentar...

Chapadinha – Vereador Marcelo Menezes denuncia Belezinha e diz que ela pagará pelo que faz com a população

Texto de Marcelo Meneses É incrível a competência administrativa da prefeita traíra de Chapadinha. Denúncias são recebidas pr mim todos os dias, porém, tudo que digo provo. Mato a cobra e mostro o pau, como já diria o ditado. Pessoas chegam a mim e dizem: "vereador Marcelo, por favor, cuide de nós. Essa mulher, a prefeita cochinha , está acabando com a gente". Meus amigos saibam que faço tudo que a legalidade permite para acabar com essa gestão terrível que se instalou em Chapadinha. Por último, chegou-me uma denúncia de encher os olhos, coisa realmente muito triste, pois mexer com nossas crianças é algo inaceitável. A prefeita Belezinha mantém a Escola "Joaquim Francisco de Preto", no povoado Rumo, ao relento. Na escola não existe local adequado para guardar a merenda escolar, que se resume a mingau, suco e bolacha, bem diferente das regras do MEC. Não existe local adequado para a higiene pessoal das crianças e professores. NÃO EXISTE BANHEIRO NA ESCOLA. Os que compõem a escola, pais, alunos e professoras, utilizam o mato para realizar suas necessidades. Imaginem, meus amigos, o perigo que essas crianças ao irem ao mato. Já pensou uma cobra no local? Não gosto nem de imaginar...

Continuar lendo Chapadinha – Vereador Marcelo Menezes denuncia Belezinha e diz que ela pagará pelo que faz com a população
Doa a quem doer!  Vereador Estevão Aragão quer ver apurados “negócios” da Câmara com o Bradesco
Estêvão Aragão, na Câmara: preocupação em separar o joio do trigo

Doa a quem doer! Vereador Estevão Aragão quer ver apurados “negócios” da Câmara com o Bradesco

O adágio popular costuma dizer que “onde há fumaça, há fogo”. Os bastidores políticos da cidade estão cheios de que havia, até há bem pouco tempo, uma certa promiscuidade financeira entre alguns vereadores de São Luís e o Bradesco, através de uma gerente da instituição. Uns falam de empréstimos sem lastro, outros de agiotagem, Há uma versão correndo de que, na eleição da mesa diretora da Câmara, em janeiro deste ano, boa parte dos votos de alguns vereadores – novos ou antigos – teria sido financiada com esse “propinoduto” ludovicense, o que, obviamente, respinga logo no atual presidente Isaías Pereirinha, que está licenciado do cargo. Ontem (8), o vice-presidente da Casa, respondendo pela presidência da Câmara, vereador Astro de Ogum (PMN), negou, num programa da Rádio Capital AM 1180, que essas “insinuações” sejam “verdadeiras”, embora tenha admitido que alguns políticos “recorrem” a empréstimos depois das campanhas políticos. Disse ele: - Desconheço essa história. Estou interinamente na presidência da Câmara e o que sei é que alguns vereadores usam das prerrogativas de cidadãos e pedem dinheiro emprestado de acordo com a necessidade de cada um. Acho até estranho transformarem vereadores em agiotas, já que, quando se termina uma campanha, geralmente o político chega com as finanças combalidas e recorrem a empréstimos para quitação de débitos Da forma como vem sendo colocadas as versões, a direção do Bradesco local também as nega. Ao editor de um blog local, afirmou desconhecer qualquer hipótese de agiotagem entre o banco e os vereadores da casa. Esse clima de apreensão já começa a contagiar o plenário da Câmara Municipal. Tanto que hoje pela manhã, mesmo sem haver a sessão formal, de repente os vereadores começaram a discutir o assunto. O vereador Nato fazia como que um discurso fora dos microfones, afirmando que tudo isso é balela. Balela ou não, o jovem vereador Estêvão Aragão (Solidariedade) meteu-se na discussão e disse que não vai permitir que seu nome seja enlameado. Por isso concorda com a tese de uma CPI para colocar tudo em pratos limpos. O que disse, textualmente, Aragão: - Quando se referem a este assunto, sejam eleitores, jornalistas, blogueiros ou políticos, falam sempre que são ‘os vereadores’. Aqui na Casa existem 31 vereadores. Se os fatos ventilados forem verdadeiros, espero que não sejam, acredito que muitos dos que estão aqui não participariam desse esquema. Por isso, tenho interesse e pressa na total apuração dos fatos,. Semana passada, circulou uma versão de que a Policia Federal poderia entrar no caso, a pedido do Ministério Público. Isso também depois da notícia de que a gerente do Bradesco acusada de “facilitar as coisas” já estaria em Portugal, a caminho de Bagdá...

Continuar lendo Doa a quem doer! Vereador Estevão Aragão quer ver apurados “negócios” da Câmara com o Bradesco