Hyperloop, transporte a vácuo: parece coisa de doido, mas já tem teste bem-sucedido e um futuro próximo

Há alguns anos, o bilionário Elon Musk teve uma ideia: que tal criar um sistema de transporte baseado em tubos, com pods que atingem velocidade máxima de 1.200 km/h? Desde então, várias empresas vêm tentando tirar esse conceito do papel — e pouco a pouco, o Hyperloop se torna realidade. A startup Hyperloop One construiu uma pista no deserto de Nevada, perto de Las Vegas, e realizou no ano passado seu primeiro teste em plena escala. Este ano, foi a vez de um novo teste: o veículo funcionou sem falhas em um ambiente de vácuo. Segundo o The Verge, a Hyperloop One usou levitação magnética (ou maglev) para levar seu veículo de testes a 110 km/h, com aceleração de 2g (cerca de 20 m/s²). Graças ao ambiente de vácuo, ele viajou em condições semelhantes a um avião a 200 mil pés de altitude — a baixa resistência do ar permite atingir velocidades maiores. Para tanto, a empresa usou o DevLoop, tubo com uma pista de 500 m que começou a funcionar em abril. O teste foi realizado em 12 de maio e divulgado hoje; confira o vídeo abaixo (a partir do ponto 2:15).

Continuar lendo Hyperloop, transporte a vácuo: parece coisa de doido, mas já tem teste bem-sucedido e um futuro próximo

Maré de azar: tudo o que deu errado no Uber em apenas seis meses

O Uber nunca esteve tão presente na mídia quanto nesta primeira metade de 2017. Mas não foi por causa das expansões em novas cidades, investimentos em tecnologias inovadoras ou mesmo brigas com taxistas. A empresa avaliada em US$ 69 bilhões se envolveu em uma série de polêmicas que culminaram na demissão de executivos do alto escalão e até na saída do presidente. Mas como o Uber chegou até aqui? As confusões vão de práticas de mercado no mínimo questionáveis a acusações de assédio sexual no ambiente de trabalho. Vamos relembrar tudo o que deu errado na empresa em apenas seis meses (na verdade, cinco meses e meio). Sente-se, porque o texto é longo.

Continuar lendo Maré de azar: tudo o que deu errado no Uber em apenas seis meses
Edivaldo lança edital de licitação para renovar transporte urbano de São Luís
Edivaldo e seu staff no lançamento da licitação para renobvar o transporte coletivo de São Luís

Edivaldo lança edital de licitação para renovar transporte urbano de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior fez o lançamento, nesta segunda-feira (28), no auditório do Palácio La Ravardière, do edital de licitação para contratação dos serviços de transportes urbanos da cidade. O ato histórico, que contou com a presença de lideranças comunitárias e políticas, marca o chefe do executivo municipal como sendo o primeiro a implantar esse modelo junto às empresas de ônibus da capital. Durante a solenidade, o prefeito Edivaldo ressaltou que a publicação do edital é fruto de planejamento e um profundo estudo do sistema de transporte que teve início nos primeiros dias da gestão. O lançamento do edital de licitação concretiza um compromisso assumido pelo prefeito Edivaldo e se integra aos avanços importantes já realizados na atual gestão, como a modernização do sistema, a implantação da biometria facial e do GPS nos ônibus, a recarga embarcada, a renovação de mais de 40% da frota e a implantação do Bilhete Único. "Destaco ainda o empenho e o apoio da Câmara Municipal na aprovação do projeto de lei para que pudéssemos hoje honrar mais este compromisso. É um momento histórico, porque sabemos que após o encerramento do processo de licitação, a população terá um sistema de transporte com a qualidade que tanto merece", afirmou o prefeito Edivaldo. O titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, enfatizou que com o edital de licitação a Prefeitura de São Luís e os usuários terão um instrumento legal e fiscalizador. As empresas terão que cumprir os itens do documento publicado, podendo ser multadas ou mesmo perderem a concessão. "Uma mudança significativa no sistema de transportes acontecerá na capital, graças à determinação do prefeito Edivaldo. Nosso trabalho continuará para proporcionar mais comodidade à população", disse Canindé Barros.

Continuar lendo Edivaldo lança edital de licitação para renovar transporte urbano de São Luís

Governo amplia oferta de transporte coletivo metropolitano e contempla Paço do Lumiar e Raposa

Considerada a maior inovação no Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Semiurbano de Passageiros da Região Metropolitana de São Luís, em 2015, a Linha Expressa Metropolitana começa 2016 com uma grande ampliação do serviço. Após o sucesso da primeira linha que, desde agosto do ano passado atende ao município de São José de Ribamar, agora é a vez dos municípios de Paço do Lumiar e Raposa receberem a Linha Expressa. A frota composta por 25 ônibus será apresentada pelo Governo do Estado na próxima quarta-feira (3), às 9h, na Praça Maria Aragão. A expansão do serviço integra o conjunto de intervenções do Executivo Estadual para a melhoria dos transportes intermunicipais das regiões metropolitanas do Maranhão, trabalho que vem sendo coordenado pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB). Com a expansão, a Linha Expressa Metropolitana possuirá 35 ônibus semiurbanos climatizados, dez já estão em circulação para atender a linha de São José de Ribamar. Com passagem no valor de R$ 2,80, o usuário terá ônibus climatizados, com assentos acolchoados e elevadores que garantem acessibilidade aos cadeirantes. Para garantir agilidade, a rota dessa linha trabalhará com pontos de parada fixos e as viagens terão redução de tempo em mais meia hora até o centro da cidade. Os ônibus terão monitoramento remoto por GPS, tecnologia que permitirá ao usuário saber, por meio do Aplicativo Meu Ônibus MOB, em qual horário o ônibus passará por determinado ponto de parada. “Estamos trabalhando pela melhoria do serviço público de transporte, como Agência, diariamente focamos nas formas de melhorar a vida de quem precisa desses serviços, priorizamos o usuário, por isso apresentamos com muita satisfação a ampliação deste serviço que também chegará ao interior do estado”, enfatiza Artur Cabral, presidente da MOB.

Continuar lendo Governo amplia oferta de transporte coletivo metropolitano e contempla Paço do Lumiar e Raposa
Prefeitura de São Luís inicia serviço de recarga embarcada no transporte público da capital
Prefeitura inicia serviço de recarga embarcada no transporte público da capital

Prefeitura de São Luís inicia serviço de recarga embarcada no transporte público da capital

A Prefeitura de São Luís iniciou nesta segunda-feira (3) uma nova etapa do processo de modernização e melhoria do sistema de transporte público da capital, com a implantação do serviço de recarga embarcada. Neste primeiro momento, o serviço atende estudantes e, a partir da próxima semana, será estendido também para os usuários do vale transporte. A recarga embarcada permite que o usuário do sistema de bilhetagem possa efetivar a recarga de seu cartão dentro do próprio ônibus, sem precisar se dirigir aos pontos tradicionais de recarga. Com a implantação deste serviço, o estudante que comprar seus créditos pela internet poderá, a partir de agora, carregar o cartão nos validadores existentes em qualquer ônibus do sistema integrado da frota que atende São Luís. A carga ficará disponível para o estudante 48 horas depois de efetuado o pagamento online. As compras feitas pela internet a partir desta segunda-feira (3) poderão ser validadas a partir de quarta-feira (5) nos ônibus. O equipamento valida os créditos comprados pela internet. "Com a recarga embarcada, vamos tirar um volume muito grande de estudantes que se concentravam no terminal de integração para validação de seus créditos", conta o secretário de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros.

Continuar lendo Prefeitura de São Luís inicia serviço de recarga embarcada no transporte público da capital

Deputado Edivaldo Holanda afirma que edital de licitação do transporte será lançado em maio

O deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, nesta última segunda-feira (30), para falar sobre a licitação do transporte público de São Luís, que deve ocorrer no mês de maio. Em sua fala, Edivaldo Holanda informou que as vans que trabalham irregularmente serão regularizadas e prestarão um serviço auxiliar às empresas de ônibus de São Luís. Além disso, confirmou que promessas de campanha como GPS e Bilhete Único irão chegar com a licitação. “O prefeito já determinou que na licitação, cujo edital sairá agora no mês de maio, já sejam incluídas as vans que transportam irregularmente as pessoas, para que elas possam prestar um serviço complementar às empresas de São Luís e que elas saiam da clandestinidade para transportar pessoas de dentro dos bairros, nas vias mais difíceis, para pontos importantes de ônibus”, afirmou Holanda.

Continuar lendo Deputado Edivaldo Holanda afirma que edital de licitação do transporte será lançado em maio

Canindé Barros detalha, na Câmara, providências já adotadas pela mobilidade urbana de São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da secretaria municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), apresentou na Câmara Municipal de São Luís ações da secretaria e o andamento do processo de licitação do transporte público. O secretário de governo, Lula Fylho, representou o prefeito Edivaldo na audiência. O secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, fez uma explanação e apontou os avanços que já foram conquistados em São Luís, a partir do remodelamento do sistema de transporte definido pelo prefeito Edivaldo. Para o secretário Lula Fylho, esta foi uma grande oportunidade de a Prefeitura demonstrar os avanços no setor de transporte, com importantes projetos se concretizando este ano. "A licitação vai muito bem e seguimos o acordo. Até maio ela estará concluída, juntamente com a biometria facial e o GPS. Em abril vamos iniciar o processo para, até o final do ano, concretizarmos a implantação do Bilhete Único, que é aguardado com ansiedade pela população", afirmou. O secretário Canindé Barros mostrou, de maneira prática, o passo a passo da Licitação que está em andamento, cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela Prefeitura. O primeiro passo, em setembro de 2014, foi a contratação da Sistran para os estudos técnicos da licitação.

Continuar lendo Canindé Barros detalha, na Câmara, providências já adotadas pela mobilidade urbana de São Luís
Transporte público de S.Luís: depois da biometria facial, vem o bilhete único, anuncia Edivaldo
Prefeito Edivaldo e secretário Canindé Barros tratam de ações de melhoria do transporte público

Transporte público de S.Luís: depois da biometria facial, vem o bilhete único, anuncia Edivaldo

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), iniciou a implantação dos equipamentos de biometria facial em 1.100 ônibus que circulam no sistema de transporte urbano da capital. O dispositivo vai possibilitar a identificação dos reais usuários do sistema de bilhetagem eletrônica nos coletivos da cidade. A medida visa impedir que passageiros utilizem de forma indevida o cartão de outras pessoas, inviabilizando a fraude no sistema de transporte público de São Luís. De acordo com o prefeito Edivaldo, assim que for concluída a instalação do sistema de biometria facial nos primeiros 1.100 ônibus da frota que receberá o equipamento, terá início também à implantação do Bilhete Único, juntamente com o GPS e o serviço de recarga embarcada. "A intenção é que todo o sistema funcione de forma integrada, proporcione comodidade ao usuário e melhorias significativas no sistema de transporte público da capital", sinalizou Edivaldo. O titular da SMTT, Canindé Barros, informou que durante este mês, o equipamento será instalado em 100 ônibus da linha Taguatur. Em fevereiro, mais 200 coletivos ganharão o dispositivo; em março, um total de 400 veículos receberão os equipamentos, e em abril outros 400 ônibus também passam a funcionar com o sistema de identificação biométrica.

Continuar lendo Transporte público de S.Luís: depois da biometria facial, vem o bilhete único, anuncia Edivaldo
SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido
Mais de 20 veículos irregulares são apreendidos pela SMTT

SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), apreendeu na manhã desta quarta-feira (14) vinte carros e sete motocicletas em situação irregular em fiscalização realizada nas áreas do Anel Viário e barragem do Itaqui-Bacanga. As apreensões fazem parte da primeira etapa da Operação Táxi Legal de 2015, que disciplina o transporte de passageiros. A operação foi executada pelos agentes da SMTT, com apoio da Polícia Militar (PMMA), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e Guarda Municipal. A operação contra o transporte irregular de passageiros será mantida em vários pontos estratégicos da capital. Desde outubro do ano passado, a Prefeitura realiza ações de disciplinamento do trânsito e de transportes em vários pontos da cidade. O balanço das ações aponta um total de 400 veículos apreendidos, entre carros e motos. A operação visa ao combate do serviço de transporte irregular de passageiros, táxis piratas, táxis lotação e de várias outras irregularidades no trânsito, conforme determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Para realizar o transporte de passageiros em São Luís, é necessária a autorização do poder público municipal, por meio da SMTT. Vários requisitos, tanto do condutor quanto dos veículos, devem ser observados, como itens de segurança, higiene, manutenção e conservação do veículo, além de toda a documentação necessária.

Continuar lendo SMTT cai de pau em veículos irregulares. Táxi pirata foi o alvo mais atingido
Vandalismo, alimentado pela boataria, deixa apavorada a população de São Luís
O vandalismo dos bandidos atazana a vida das pessoas

Vandalismo, alimentado pela boataria, deixa apavorada a população de São Luís

A população de São Luís foi pega de surpresa com nova paralisação dos ônibus, nesta terça-feira, a partir das 18 horas. Motivo: os últimos atos de selvageria protagonizados por bandidos, supostamente comandados por líderes dos presídios de Pedrinhas, mas, principalmente pela boataria alimentadas pelas redes sociais que chegam a causar ondas de pânico na cidade. Tudo isso resultou em escolas paralisadas e muita gente nas paradas de ônibus, sem saber como voltar pra casa. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) anunciou que o comércio na capital maranhense é o grande prejudicado, diante dos acontecimentos provocados pela violência na região metropolitana de São Luís.

Continuar lendo Vandalismo, alimentado pela boataria, deixa apavorada a população de São Luís