Não deu pra segurar! Aumento de combustível determina reajuste de 16% na tarifa de ônibus

REAJUSTE SÓ ENTRA EM VIGOR NESTE DOMINGO, 29, E FICOU MENOR DO QUE O REIVINDICADO PELOS EMPRESÁRIOS DO SETOR - 30% Diante de uma ameaça de paralisação do sistema de transporte, por não cumprimento do que foi acordado na Procuradoria do Trabalho pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) e Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário do Maranhão (STTRE), o que traria a instabilidade do serviço para os usuários de transporte público, a tarifa de ônibus da capital será reajustada em 16% a partir de domingo (29). O valor anunciado durante coletiva nesta sexta-feira (27) pelo SET e pela SMTT é bem menor do que o anterior reivindicado pelos empresários, de 30%. O aumento de insumos como o combustível e pneus também foi decisivo para o reajuste no valor da tarifa. O impacto menor do realinhamento de preço para os usuários de transporte coletivo só foi possível depois de muitas negociações entre a Prefeitura e representantes do SET. A Prefeitura não aceitou o reajuste de 30% e os empresários tiveram ceder aos 16%. Durante a coletiva, Canindé Barros contou que deste quinta-feira, quando o sindicato patronal saiu da reunião com a Procuradoria do Trabalho, foi encaminhado documento para a Prefeitura solicitando reunião para que fosse discutido o repasse do aumento de tarifa no que diz respeito aos insumos que incidem sobre o transporte público.

Continuar lendo Não deu pra segurar! Aumento de combustível determina reajuste de 16% na tarifa de ônibus

Governo Roseana Sarney deixou dívida milionária no transporte escolar indígena

Levantamento feito pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) constatou dívida de R$ 10 milhões deixada pelo governo Roseana Sarney no setor de transporte escolar indígena. Os processos referentes aos anos de 2013 e 2014 não foram quitados pelo governo Roseana Sarney sob o argumento da falta de dotação orçamentária e recursos financeiros. No ano de 2013, os processos aptos para pagamento totalizaram R$ 2,4 milhões, enquanto em 2014 a dívida acumulada foi de R$ 7,5 milhões. O governo passado ainda descumpriu acordo com lideranças indígenas que priorizava os pagamentos de 2013 e os processos tiveram a tramitação prejudicada.

Continuar lendo Governo Roseana Sarney deixou dívida milionária no transporte escolar indígena
Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís
SMTT "enxuga" o sistema para torná-lo mais rentável e evitar aumento de passagem

Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís

inco mil carteiras de gratuidade foram canceladas na última quinzena em São Luís. A medida compõe o conjunto de propostas da Prefeitura de São Luís para remodelamento do sistema de transporte público da cidade. Em combate à fraude, a Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT) já desabilitou, desde o início do ano, 67 mil cartões estudantis e de gratuidade. O remodelamento do sistema está alinhado com o posicionamento da Prefeitura de descartar o aumento da passagem de ônibus. O titular da SMTT, Canindé Barros, lembrou que as ações de reestruturação no sistema foram determinadas pelo prefeito Edivaldo. Para garantir maior eficácia no combate à fraude no sistema, a SMTT vai instalar o sistema de biometria facial no prazo máximo de 90 dias, a fim de garantir maior eficácia no controle do benefício. Atualmente, um dos instrumentos utilizados pela SMTT para coibir o uso indevido dos serviços de gratuidade no sistema de transporte coletivo é a atualização cadastral anual. Esse serviço de fiscalização será reforçado com a aferição embarcada, que consiste na checagem do documento do benefício na hora do embarque do usuário. Outra medida que será intensificada pelas equipes da SMTT é a fiscalização dos chamados taxi lotação. O combate sistemático do transporte clandestino somado à suspensão da domingueira e instalação da biometria facial representam um impacto total de mais de R$ 1,7 milhão no orçamento para os empresários do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET).

Continuar lendo Prefeitura combate fraude no sistema de transporte público de São Luís
Prefeitura mantém proposta de recuperação do sistema de transporte público
Procurador do Município, Domerval Neto, reforçou o posicionamento da Prefeitura quanto à manutenção do valor da passagem

Prefeitura mantém proposta de recuperação do sistema de transporte público

A Prefeitura reforçou nesta quarta-feira, (28), durante a audiência de conciliação do dissídio coletivo de greve dos rodoviários no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), proposta para recuperação do sistema de transporte público de São Luís. Entre as medidas da reestruturação estão a suspensão da domingueira, o combate sistemático do transporte clandestino e a instalação da biometria facial. O Procurador do Município, Domerval Neto, representante da Prefeitura na audiência, confirmou à presidente substituta do TRT, desembargadora Solange Cordeiro, o empenho do prefeito Edivaldo em resolver o impasse entre os trabalhadores do sistema e os empresários, para retomada da rotina da população. “A Prefeitura descarta qualquer possibilidade de aumento das tarifas neste momento”, afirmou o procurador. Segundo ele, unidas, as três medidas representam um impacto total de mais de R$ 1,7 milhão no orçamento para os empresários do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET). A este valor seria ainda acrescentada a economia com o combustível, a partir da redução da alíquota do ICMS de 17% para 7%, apresentada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), durante audiências entre rodoviários e SET no Ministério Público do Trabalho (MPT).

Continuar lendo Prefeitura mantém proposta de recuperação do sistema de transporte público