“Nota da Associação de Peritos contra irresponsabilidade de Janot”, post de Azevedo

A Associação Nacional dos Peritos Criminais emitiu uma nota que dá conta da irresponsabilidade de Rodrigo Janot, que consistiu em levar ao Supremo uma gravação não periciada. Diz a nota: “Cabe destacar, ainda, ser inaceitável que, tendo à disposição a Perícia Oficial da União, que possui os melhores especialistas forenses em evidências multimídia do país, não se tenha solicitado a necessária análise técnica no material divulgado; permitindo que um evento de grande importância criminal para o país venha a ser apresentado sem a qualificada comprovação científica”. Leia a íntegra. Em relação às recentes notícias veiculadas pela mídia, que dizem respeito a existência de possíveis edições na gravação da conversa entre Joesley Batista e o presidente da República Michel Temer, a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais esclarece que, ao se ouvir o áudio divulgado pela imprensa, percebe-se a presença de eventos acústicos que precisam passar por análise técnica, especializada e aprofundada, sem a qual não é possível emitir qualquer conclusão acerca da autenticidade da gravação. Ademais, sempre que houver vestígios materiais, é temerária a homologação de delações sem a devida analise pericial. Cabe destacar, ainda, ser inaceitável que, tendo à disposição a Perícia Oficial da União, que possui os melhores especialistas forenses em evidências multimídia do país, não se tenha solicitado a necessária análise técnica no material divulgado; permitindo que um evento de grande importância criminal para o país venha a ser apresentado sem a qualificada comprovação científica. Por fim, a APCF recomenda o envio imediato do áudio e do equipamento gravador ao Instituto Nacional de Criminalística (INC), órgão central de perícia criminal da Polícia Federal, de reconhecida idoneidade e imparcialidade; estando convicta de que tudo será devidamente esclarecido quando forem realizados os necessários exames periciais por Perito Oficial.

Continuar lendo “Nota da Associação de Peritos contra irresponsabilidade de Janot”, post de Azevedo

Filho de Teori desabafa e pede impeachment: ‘não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai’

O PMDB está n que o Governo pode dar… até que veio a Lava jato. A ordem sempre foi a de parar a Operação (isto está gravado nas palavras dos seus líderes). Todavia, ao que parece, até para isso o PT era incompetente e, ao que tenho notícia, de fato, o PT nunca tentou nada para barrar a Lava Jato (ao menos o pai sempre me disse que nunca tinham tentando nada), o que sempre gerou fortes críticas de membros do PMDB. O problema é que as investigações começaram a ficar mais e mais perto e os líderes do PMDB viram como única saída, realmente, brecar a Operação a qualquer custo. Para isso, precisava do poder. Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar pelo silêncio alheio? Ou será que derrubar avião também está valendo? O pai sabia de tudo isso. Sabia quanto cada um estava afundando nesse mar de corrupção. Não é por acaso que o pai estava tão afilho [sic] com o ano de 2017. Aflito ao ponto de me confidenciar que havia consultado informalmente as Forças Armadas e que tinha obtido a resposta de que iriam sustentar o Supremo até o fim! Que gente sínica [sic]. Não tem coisa que me embrulha mais o estômago do que lembrar que, no dia do velório do meu pai, diante de tanta dor, ainda tive que cumprimentar os membros daquele que foi apelidado naquele mesmo dia de o “cortejo dos delatados”.o poder desde sempre e, como todos sabemos, estava com o PT aproveitando tudo d

Continuar lendo Filho de Teori desabafa e pede impeachment: ‘não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai’

PM é afastado após pedir para estuprar filhas de amante como “prova de amor”

No diálogo, ele pede a mulher que realize o desejo dele de manter relações sexuais com as duas meninas, de 4 e 14 anos Um policial militar da Paraíba confessou à Polícia Civil, nesta quarta-feira, que pediu a amante para fazer sexo com as duas filhas dela, de 14 e 4 anos, como "prova de amor". A conversa foi flagrada pela adolescente, filha da mulher, no bate-papo de uma rede social, que, com medo de ser estuprada, divulgou na internet. Segundo o portal "IBahia", na conversa, o policial militar tenta convencer a mãe a dopar as meninas para ter relações sexuais com as menores. Ele argumenta que seria a maior prova de amor que a mulher pudesse dar e afirma que as duas não sentiriam nada, já que estariam desacordadas. O policial ainda se compromete em levar a medicação necessária e declara que fazer sexo com a mãe e as filhas é um "sonho" e "obcessão" que tem há muito tempo.

Continuar lendo PM é afastado após pedir para estuprar filhas de amante como “prova de amor”

Dilma está na corda bamba e Temer pode tramar oficialmente a queda da presidente, afirma deputado

Jamais na história recente da política nacional um governo foi tão desacreditado quanto o da petista Dilma Vana Rousseff. Nem o governo de Fernando Collor de Mello, despejado do Palácio do Planalto na esteira de escândalo de corrupção, foi tão pífio. O descrédito que ronda a presidente da República é tamanho, que até mesmo a base aliada começa a manter distância da petista. Enfrentando uma crise político-institucional sem precedentes, Dilma já não consegue sustentar suas declarações. Quando foi apanhada de surpresa pelo fiasco protagonizado por Cid Gomes no plenário da Câmara dos Deputados, o que lhe rendeu a saída do Ministério da Educação, a presidente disse que não haveria uma reforma ministerial, pois a demissão do ministro era um fato pontual.

Continuar lendo Dilma está na corda bamba e Temer pode tramar oficialmente a queda da presidente, afirma deputado