Saiba quem vai participar da paralisação deste dia 28. Ônibus podem não circular em S. Luís

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (STTREMA) confirmou hoje (27), por meio de nota, que aderirá à greve geral dos trabalhadores prevista para amanhã em todo o país. Sendo assim, o movimento que está previsto para começar a zero hora e estender-se até às 16 horas, pode nascer prejudicado, incapacitando de locomoção boa parte dos que querem participar da manifestação. A Polícia Militar já anunciou que vai colocar praticamente todo o seu efetivo nas ruas, em todo o Estado, para prevenir badernas. Como é sabido, as principais centrais sindicais do Brasil convocaram uma greve geral para esta sexta-feira 28, na tentativa de demonstrar força e mobilização contra a reforma trabalhista e a reforma da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer, bem como a lei de terceirização, sancionada pelo presidente. A expectativa é que categorias como petroleiros, metalúrgicos, bancários, metroviários, motoristas de transporte público, professores das redes pública e particular, funcionários dos Correios, trabalhadores da construção civil e o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia engrossem a paralisação, em várias cidades, contra as reformas, consideradas prioritárias para o governo, mas rechaçadas por uma parcela considerável da população. A greve está sendo convocada por oito centrais sindicais: CUT, UGT, CTB, Força Sindical, CSB, NCST, Conlutas e CGTB. Juntas, elas representam mais de 10 milhões de trabalhadores. Além de centrais opositoras ao atual governo, como a CUT, ligada ao PT, a paralisação contará também com aquelas tidas como aliadas de Michel Temer, como a Força Sindical. SAIBA QUAIS CORPORAÇÕES CONFIRMARAM PARTICIPAÇÃO NO MOVIMENTO, EM TODOS OS ESTADOS DA FEDERAÇÃO

Continuar lendo Saiba quem vai participar da paralisação deste dia 28. Ônibus podem não circular em S. Luís