O monstro que matou Alanna já foi preso e está na gaiola!

Robert Serejo tentava fugir em uma Van de passageiros, mas foi preso antes de sair de São Luís, depois de ser reconhecido pelo motorista do veículo, que avisou a polícia. Robert Serejo Oliveira, acusado de matar, no bairro do Maiobão (Paço do Lumiar), há três dias, por asfixia e espancamento - falta confirmar se houve violência sexual -, Alanna Ludmila, de 10 anos, no Miobão, foi preso no início da tarde, quando tentava sair de São Luís numa Van de passageiros que se dirigia para o interior do Estado. Robert Serejo teria sido reconhecido pelo motorista da Van, que sinalizou para uma viatura da PM, que parou o veículo e o prendeu. Assim como a localização do corpo da menina, no quintal da sua própria casa, foi feita por populares, também a prisão do suspeito deveu-se a um cidadão, que praticamente o entregou à polícia. Pelas informações, os policiais militares tiveram muito trabalho para que Robert não fosse linchado, até adentrar ao posto policial da Estiva. Aos gritos de "assassino!, assassino!" , populares queriam, a todo custo, fazer justiça com as próprias mãos. O preso já se encontra nas dependências do quartel da PM, no Calhau.

Continuar lendo O monstro que matou Alanna já foi preso e está na gaiola!