Obras de reestruturação do Terminal do Cujupe valorizam mão-de-obra local, mostra Emap

Para transformar a atual estrutura do Terminal do Cujupe em um moderno terminal multimodal, com o dobro de área construída, o Governo do Maranhão está investindo, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária, R$ 12 milhões na obra que começou em fevereiro e gerou 78 empregos só nesta etapa inicial. O trabalho vem sendo realizado sem interromper o funcionamento de um sistema utilizado por 1,7 milhão de pessoas por ano. Ao lado do Terminal da Ponta da Espera, o Cujupe integra a infraestrutura de transporte aquaviário que faz a ligação entre a capital e os municípios da Baixada Maranhense. Claudio José Pereira Viegas, morador do Cujupe, é um dos trabalhadores da comunidade do entorno que estão atuando diretamente na obra. “Agradeço muito a Deus por estar aqui, esse serviço veio na hora certa para ajudar muitas pessoas. Dá muito orgulho fazer parte disso, saber que o pessoal do Cujupe que ajudou a fazer isso aqui”, disse ele. O serviço começou em fevereiro na parte sul, onde foi concluída a etapa de terraplenagem e nos próximos dias será instalada a cobertura metálica. A estrutura está sendo montada em Caxias, onde foram geradas 15 frentes de trabalho. De acordo com o planejamento da obra, a segunda etapa – que contemplará a parte norte, atualmente em funcionamento – será iniciada somente quando todo o trabalho na parte sul estiver concluído. “O plano de ação foi pensado para garantir a continuidade das operações e a segurança dos usuários durante todas as etapas. Contamos com a colaboração de todos os envolvidos para podermos entregar um novo terminal com toda a infraestrutura que os maranhenses merecem”, diz o presidente da EMAP, Ted Lago.

Continuar lendo Obras de reestruturação do Terminal do Cujupe valorizam mão-de-obra local, mostra Emap
Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap
Presidente da Emap, Ted Lago, e o diretor de Planejamento e Desenvolvimento da Emap, Jailson Luz. Foto: Divulgacão

Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap

O Porto do Itaqui, no Maranhão, se prepara para ser o principal ponto de escoamento da carne brasileira processada da região Centro-Norte do Brasil para o exterior. Com a série de novos investimentos do Governo do Maranhão, já em andamento, acompanhados das características do Porto, a expectativa é que o tempo dos processos burocráticos para a exportação caia em torno de 80% em relação aos trâmites tradicionais. O anúncio foi realizado pelo presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, nesta terça-feira (4), durante coletiva de imprensa na feira ‘Intermodal South América’, em São Paulo (SP). De acordo com o presidente da Emap, as negociações e tratativas para a inserção do Porto do Itaqui no mercado de exportação de carne processada levam em consideração também peculiaridades do Porto que o colocam em local de destaque, como sua profundidade, sua localização e principalmente a sua interligação ferroviária com a região. “Todos estes diferenciais, somados ao desempenho da nossa Receita Federal, considerada hoje mais eficiente, além de todos os investimentos em tecnologia por parte do Governo do Maranhão, irão garantir fretes mais competitivos, menos tempo e um processo muito mais dinâmico”, destacou Ted Lago. A modernização inclui diversas etapas, desde a inspeção até a emissão da documentação para exportação. Todas essas etapas reforçam a garantia da qualidade da carne, pela transparência do processo e pela tecnologia que está sendo investida. “Dentre as iniciativas, uma delas é eliminar o papel. A carga praticamente não vai parar. Vai sair da origem e ir quase direto para o destino final. Ou seja, vamos diminuir o máximo tempo possível de desembaraço do contêiner, passando de 60 horas para três a cinco horas, em média”, explicou Lago.

Continuar lendo Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap
Sai o quarto nome para compor o governo Flávio Dino: o empresário Ted Lago vai dirigir a Emap
Ted Lago vai comandar a política aeroportuária de Dino, à frente da Emap

Sai o quarto nome para compor o governo Flávio Dino: o empresário Ted Lago vai dirigir a Emap

Objetivando ampliar a funcionalidade do Porto do Itaqui como vetor de desenvolvimento econômico e social do Estado e integrá-lo ao cenário mundial, o empresário Ted Lago assumirá o comando da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), a partir de 1º de janeiro de 2015. Esse já é o segundo anúncio feito pelo hoje (13), pelo governador eleito, Flávio Dino, sobre nomes que comporão o seu governo, a começar em 2015. Primeiro, foi anunciado o nome do futuro procurador Geral do Estado, o advogado Ricardo Maia, atual secretário de Meio Ambiente de São Luís. Ao indicar Ted Lago para dirigir a Emap, o governador eleito lembrou que ele “possui destacada atuação internacional nos setores empresarial e Social”, antecipando uma das razões pelas quais Lago foi escolhido.

Continuar lendo Sai o quarto nome para compor o governo Flávio Dino: o empresário Ted Lago vai dirigir a Emap