Rodoviários não chegam a um acordo e greve do transporte coletivo pode ‘pipocar’ a qualquer momento

PROPOSTA DO SET AOS RODOVIÁRIOS É CONSIDERADA "VERGONHOSA E DESRESPEITOSA". POR ISSO, A DECISÃO É MESMO PELA GREVE Considerada "desrespeitosa" para com a categoria, a proposta do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET), de apenas 2% de reajuste salarial para os rodoviários empregados, terminou fazendo não avançar as negociações para que a greve anunciada não ocorra. Essa reunião de ontem, exatamente com essa finalidade, fez o Sindicato dos Rodoviários suspendesse a realização de uma greve que deveria ter sido deflagrada nesta segunda-feira, 5. Mas, diante do impasse, a paralisação volta ser considerada e pode ser deflagrada a qualquer momento. A reunião foi mediada pela Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Maranhão, Lea Cristina. Estiveram presentes representantes do Sindicato dos Rodoviários, do sindicato patronal e da Secretária Municipal de Trânsito e Transportes. Mais uma vez, os empresários insistiram na mesma proposta. A classe patronal manteve o posicionamento, de concessão de reajuste salarial de apenas 2% e nenhuma alteração no valor atual do ticket alimentação, que é de 490 reais.

Continuar lendo Rodoviários não chegam a um acordo e greve do transporte coletivo pode ‘pipocar’ a qualquer momento