Lula ataca presidente do TRF-4 e diz que Sérgio Moro deve ser exonerado

No Rio, ex-presidente participa de encontro com artistas e intelectuais Com artistas, intelectuais e militantes de esquerda, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta terça-feira de um encontro no teatro Oi Casa Grande, no Leblon, e atacou o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Carlos Eduardo Thompson Flores. Na semana que vem, a corte vai julgar o recurso da defesa de Lula contra a condenação no caso do tríplex do Guarujá. — Não vou falar mal dos juízes de Porto Alegre porque não os conheço. Acho estranho o presidente do tribunal não ter lido a sentença e ter falado que era irretocável. Estranhei um cara (desembargador) ler não sei quantas mil páginas em poucos dias, mas, como tem leitura dinâmica, pode ser. O que me chamou atenção foi que esse cidadão vai a Brasília pedir proteção da Suprema Corte, no Temer, no Etchegoyen, sem dizer quem está ameaçando. Esse cidadão é bisneto do general Thompson Flores, que invadiu Canudos e matou Antônio Conselheiro. É da mesma linhagem. Quem sabe esteja me vendo como cidadão de Canudos — provocou. Lula sugeriu ainda que o juiz Sergio Moro, que o condenou, deveria ser exonerado, pelo “bem do serviço público”.

Continuar lendo Lula ataca presidente do TRF-4 e diz que Sérgio Moro deve ser exonerado
A reação do meio político sobre a condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro
Moro se revelou condescendente com Lula... Terá sido receio da reação das ruas?

A reação do meio político sobre a condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro

Juiz Sérgio Moro condenou ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão no processo que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá (SP) - G1 Confira abaixo reações de parlamentares (em ordem alfabética) ao anúncio da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal. Lula poderá recorrer em liberdade. Álvaro Dias, senador (PR), líder do Podemos no Senado “A condenação do ex-presidente Lula é histórica. Mostra que a Justiça é igual para todos, inclusive para ex-presidentes da República. Lula é o principal responsável pelo grande escândalo de corrupção no País. Uma condenação esperada, fruto do trabalho da Lava Jato e de Sérgio Moro.” Arnaldo Jordy, deputado (PA), líder do PPS na Câmara “Eu creio que ele [Moro] tomou uma decisão acertada. Todas as evidências apontam que de fato o triplex pertencia a ele [Lula]. É certo que Lula deve recorrer. Vamos aguardar a confirmação da sentença por outras instâncias da Justiça brasileira, a mesma que hoje vem atingindo outras esferas da República, que condenou outras pessoas de vários partidos.” Carlos Zarattini, deputado (SP), líder do PT na Câmara "É uma condenação feita por um juiz que participou da investigação, da denúncia e que julgou. Ou seja: é o mesmo que fez todas junto com a sua famosa força-tarefa. É uma decisão que não levou em conta as testemunhas, que não tem nenhuma prova factual de que Lula seja dono desse triplex, a não ser a delação de um empresário preso. Ou seja, um empresário preso há muito tempo e acabou fazendo essa acusação. O que se tenta é simplesmente excluir o presidente Lula, que hoje é o primeiro colocado em todas as disputas, de 2018. Excluir o presidente Lula das próximas eleições." Dilma Rousseff, ex-presidente da República “A condenação de Luiz Inácio Lula da Silva, sem provas, a 9 anos e seis meses de prisão, é um escárnio. Uma flagrante injustiça e um absurdo jurídico que envergonham o Brasil. Lula é inocente e essa condenação fere profundamente a democracia. Sem provas, cumprem o roteiro pautado por setores da grande imprensa. Há anos, Lula, o presidente da República mais popular na história do país e um dos mais importantes estadistas do mundo no século 21, vem sofrendo uma perseguição sem quartel. Ontem, com indignação, assistimos à aprovação pelo Senado do fim da CLT. Uma monumental perda para os trabalhadores brasileiros. Agora, assistimos essa ignominia que está sendo exercida contra o ex-presidente Lula com o objetivo de cassar seus direitos políticos. O país não pode aceitar mais este passo na direção do Estado de Exceção. As garras dos golpistas tentam rasgar a história de um herói do povo brasileiro. Não conseguirão. Lula é inocente. E o povo brasileiro saberá democraticamente resgatá-lo em 2018. Nós iremos resistir.” VEJA MAIS OPINIÕES...

Continuar lendo A reação do meio político sobre a condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro

Cerveró é condenado a 5 anos de prisão. Ele voltará a ser julgado por outros crimes

Decisão de Sérgio Moro relaciona lavagem de dinheiro com apartamento avaliado em R$ 7,5 milhões no Rio O Dia O juiz federal Sérgio Moro condenou Nestor Cerveró nesta terça-feira a cinco anos de prisão, inicialmente em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro. O ex-diretor da área Internacional da Petrobras também é réu em outra ação penal e essa foi sua primeira condenação. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), Cerveró adquiriu um apartamento valiado em R$ 7,5 milhões, no Rio de Janeiro, por meio da empresa Jolmey do Brasil, criada para ocultar o dinheiro recebido pelo ex-diretor. Ele enviou o dinheiro para contas no exterior através de empresas offshore da Suíça e Uruguai.

Continuar lendo Cerveró é condenado a 5 anos de prisão. Ele voltará a ser julgado por outros crimes