Jovem é resgatada após 9 horas sendo mantida refém pelo ex-namorado em São Luís

Uma jovem que foi sequestrada pelo ex-namorado e mantida refém em um motel de São Luís foi resgatada pela polícia na madrugada desta quarta-feira (28). A operação contou com a participação de equipes da Polícia Militar e dois delegados que fizeram a negociação de liberação da vítima. O sequestro teve inicio por volta das 20h de terça-feira (27) no bairro do Maiobão. Cássio de Oliveira Silva, 32 anos, surpreendeu Ilza Cristina de Jesus Silva, 24 anos, e o atual namorado dela quando eles chegavam a casa da vítima. Armado com um revólver, o suspeito a obrigou a entrar no próprio veículo, usado na fuga. O atual namorado Carlos Eduardo Silva Ferreira acionou a polícia e as buscas pelo suspeito foram iniciadas com rondas ostensivas e uso da rede de videomonitoramento. O paradeiro do suspeito foi descoberto durante a madrugada, em uma suíte sadomasoquista de um motel no bairro Turu, onde Cássio optou em manter a ex-namorada como refém sob constante ameaça. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi sequestrada e levada para uma suíte sadomasoquista de um motel na capital maranhense (G1 Maranhão) Ao ser preso, o rapaz disse aos policiais que sequestrou e agrediu a jovem por não aceitar o término do relacionamento. “Ele conviveu com ela por sete anos e não aceitava o fim de relacionamento. Ao saber que ela estava com outra pessoa ficou transtornado, adquiriu uma arma de fogo e cometeu o delito” afirmou. Apesar das alegações, o jovem foi autuado em flagrante pelos crimes de sequestro e cárcere privado, porte ilegal de arma, ameaça de morte. Segundo o delegado Carlos Alberto Damasceno, se condenado, ele pode pegar até nove anos e meio de prisão.

Continuar lendo Jovem é resgatada após 9 horas sendo mantida refém pelo ex-namorado em São Luís
Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida
Antônio Carlos, assassino e suicida, deixou chocada a comunidade de Pedreiras

Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida

Uma tragédia ocorrida na madrugada de hoje (13), na cidade maranhense de Pedreiras, a 260 quilômetros de São Luís, na região do Médio Mearim, chocou o Estado e, com certeza, vai chocar o Brasil: inconformado com o fim de um relacionamento, Antônio Carlos da Conceição, 27 anos, natural de Coroatá-MA, matou a tiros a ex-namorada Maria Nilde e se suicidou em seguida, depois de sequestrá-la. Antes atirou e matou um mototaxista e feriu outro cidadão. Os dois tentaram ajudar a vítima a se livrar do assassino. O mais grave é que o homicida e suicida já havia sequestrado e levado a ex-namorada para cárcere privado no dia 3 de julho passado, pelo que foi preso, mas libertado 30 dias depois pela juíza de Direito Larissa Tupinambá. Era o que ele precisava para concluir seu projeto macabro. Solto, voltou a sequestrar a moça, desta vez matando-a e suicidando-se em seguida. Agora, quem vai ter que se explicar é a juíza de Direito Larissa Tupunambá - dizer das razões jurídicas que teve para libertar um cidadão sabidamente perturbado, que já havia se mostrado capaz de praticar a trajédia que chocou Pedreiras, o Maranhão e o Brasil

Continuar lendo Tragédia em Pedreiras: juíza solta maníaco que mata a tiros ex-namorada, mototaxista e se suicida

ATENÇAO! PRISCILA TERIA SIDO ENCONTRADA EM DOM ELISEU, NO PARÁ!

Ainda não é oficial, mas informaçoes que já circulam nas redes sociais dão conta de que a jovem advogada Priscila Guimarães Pinheiro, que sumiu de forma misteriosa, depois que deixou o forum do Calhau, em São Luís, ao meio dia da última terça-feira (9), teria sido encontrada na cidade de Dom Eliseu, no Pará. Prisccila estaria num hospital da cidade, onde foi encontrada, sendo medicada. Avisados, os familiares já teriam se deslocado para Dom Eliseu, a fim de trazer Priscila para São Luís. As informações falam de sequestro da advogada, mas ainda precisam de confirmação por parte da polícia e da versão da vítima. O fio condutor que teria levado até a advogada seria o rastreamento do seu celular, a partir da cidade de Santa Rita, a 70 quilômetros de São Luís, que teria sido detectado pela Polícia. A Polícia do Maramnhão, que teria contado com a colaboração de polícias de outros estados, teria se apegado ao rastreamento do sinal do celular da advogada para chegr até ela. Todas essas informaçoes ainda carecem de confirmação. Mas todos os maranhenses estão torcendo e rogando a Deus para que tudo seja verdade e Priscila possa voltar, sã e salva, ao convívio da família, dos amigos e de todos que estão torcendo por um final feliz.

Continuar lendo ATENÇAO! PRISCILA TERIA SIDO ENCONTRADA EM DOM ELISEU, NO PARÁ!
Depois de violentada durante 10 anos, jovem é encontrada em cativeiro, nos EUA
Suspeito é um ex-namorado da mãe da vítima. (Foto: SANTA ANA POLICE DEPARTMENT)

Depois de violentada durante 10 anos, jovem é encontrada em cativeiro, nos EUA

Vítima ainda teve um filho com o seu sequestrador Uma jovem de 25 anos foi encontrada com vida após passar dez anos em cativeiro nos Estados Unidos sendo violentada, informou a polícia nesta quarta-feira, após deter o sequestrador e estuprador na Califórnia. Vítima ainda teve um filho com o seu sequestrador, segundo informações da AFP. O criminoso, identificado como Isidro García, de 41 anos, violentou de forma frequente a jovem, após sequestrá-la em 2004 em Santa Ana, sudeste de Los Angeles, revelou a polícia. Seu desaparecimento foi denunciado pela mãe em agosto desse mesmo ano. García era namorado da mãe da jovem e morava na mesma casa com as duas. A mulher suspeitava que o parceiro abusava sexualmente da filha, mas não tinha provas para denunciá-lo, explicou a polícia de Santa Ana.

Continuar lendo Depois de violentada durante 10 anos, jovem é encontrada em cativeiro, nos EUA
Isso faz parte da campanha? Ex de Dilma Roussef teria recebido ameaça de sequestro
O advogado Carlos Araújo, ex-marido da presidenta, estaria na mira de um sequestro

Isso faz parte da campanha? Ex de Dilma Roussef teria recebido ameaça de sequestro

O advogado ficou em segurança máxima da Polícia Federal. A denúncia terá sido feita por um iraniano cumprindo pena no Presídio de Mossoró, por tráfico de droga. O homem estará pedindo indulto ao governo brasileiro e, em troca, fornece informações privilegiadas do interior da prisão. A última dessas informações aponta para um plano de sequestro do ex-marido da presidente da República. Apesar de ser um denúncia sem provas, o relato do iraniano foi o suficiente para alertar o governo e ativar a PF para garantir a segurança de Carlos Araújo. A utilização de policiais foi, no entanto, só uma medida de prevenção. Dilma Rousseff terá pedido também que fosse investigada a veracidade da denúncia. Após investigações, a Polícia Federal afirmou que não havia ameaça nenhuma e que o iraniano não tinha credibilidade. A PF informou que outras denúncias do preso acabaram por não avançar.

Continuar lendo Isso faz parte da campanha? Ex de Dilma Roussef teria recebido ameaça de sequestro