Em seminário, sociedade civil de Imperatriz vai discutir revitalização do Rio Tocantins

O Seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes” já está em sua VI edição, e dessa vez vai acontecer na cidade de Imperatriz, no dia 11 de novembro (sábado), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII)- Palácio do Comércio. O objetivo do evento é debater com a sociedade civil e organizada as estratégias para a recuperação das bacias hidrográficas do Estado. Em Imperatriz, o foco das discussões será o Rio Tocantins. O evento é idealizado pelo senador Roberto Rocha (PSDB) e o Instituto Cidade Solidária (ICS), com co-realização do Movimento Ensinando e Aprendendo- (MEA). O seminário já foi realizado este ano em cinco cidades maranhenses: São Luís, Pedreiras, Caxias, Grajaú e Balsas. Além de palestras e mesas redondas sobre a temática do meio ambiente, em todos os seminários foram apresentadas ações que estão sendo viabilizadas para a revitalização dos rios. Em Imperatriz, a primeira atividade técnica será com o secretário executivo da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da CODEVASF, Elton Silva Cruz, que vai palestrar sobre “O Papel Institucional da CODEVASF Com Ênfase na Revitalização das Bacias Hidrográficas do Estado do Maranhão”. A segunda palestra será proferida pela engenheira e doutora em Recursos Florestais, Maria Carolina Silva, e o tema será “Manutenção de Serviços Ecossistêmicos Como Estratégia de Planejamento Ambiental da Bacia Araguaia-Tocantins”. As inscrições para o seminário já estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail: inscicoes@cidadesolidaria.org, ou 98/ 99221-1261. Quem mora em Imperatriz também pode se inscrever pessoalmente no escritório de representação do senador Roberto Rocha, localizado na Rua Barão do Rio Branco- Centro, ou pelo telefone: 99/ 3525-3833. A entrada é apenas 01 quilo de alimento não perecível, que será doado para uma instituição beneficente da cidade.

Continuar lendo Em seminário, sociedade civil de Imperatriz vai discutir revitalização do Rio Tocantins

“Simpósio de educação sexual transforma Universidade de Maringá em puteiro”

Seminário passa da teoria à prática do sexo. E isso chocou muita gente, especialmente os puritanos. blog do Eder Borges "Dia desses o filósofo Olavo de Carvalho disse em rede nacional para o programa do Danilo Gentili no SBT que as universidades brasileiras transformaram-se em puteiro. Na verdade, é pior do que isso. Um prostíbulo é o lugar que existe justamente para a prática da "sacanagem" e as pessoas que o frequentam são adultas e livres e lá vão para seus momentos de lazer. Já a universidade, existe para se adquirir conhecimento, para formar intelectuais, acadêmicos, profissionais e pessoas honradas que deveriam estar à frente em nossa sociedade. Todavia, está sendo utilizada para formar uma horda de tarados, degenerados morais escravos dos instintos mais animalescos do ser humano incapazes de pensar e de fazer algo útil por nossa civilização. "Importante firmar que quem promove esse tipo de degradação é a extrema esquerda, ligada a partidos como PSOL (principalmente), PT, PCB e PCdoB. Essas imagens são do Simpósio de Educação Sexual que ocorreu na UEM - Universidade Estadual de Maringá. Fique atento com a educação que seus filhos vêm recebendo na escola, para que amanhã você não tenha o desgosto de vê-los em fotos como essas."

Continuar lendo “Simpósio de educação sexual transforma Universidade de Maringá em puteiro”

Seminário em Pedreiras aprofunda urgência na revitalização do Rio Mearim e de outros no MA

Com o auditório lotado, por ocasião do Seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e suas Nascentes” realizado em Pedreiras, na última sexta-feira, 26, o Senador Roberto Rocha (PSB) reafirmou compromisso com a recuperação das bacias hidrográficas maranhenses. Em coletiva, assim como na solenidade de abertura do evento, Rocha afirmou que a aquisição de máquinas e outros equipamentos vão possibilitar obras nas margens dos principais rios do estado e também nos municípios banhados por esses rios. As obras serão realizadas por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – CODEVASF. A falta de preservação, principal causa do assoreamento dos rios, tem sido a bandeira do senador, que em parceria com o Instituto Cidade Solidária, idealizou o seminário, e, com o de Pedreiras, já realizou dois eventos com lotação esgotada. O primeiro, em São Luís, aconteceu em março e reuniu quase mil pessoas. - “Estamos trazendo representantes de órgãos do governo federal para ajudar o principal patrimônio da região do Mearim, após a população. Depois do povo maranhense, o bem mais importante do Maranhão são nossas águas. Sem água não há vida. E a gente só sabe dar o valor para a água quando a fonte seca. Estamos aqui discutindo formas com a sociedade, com os estudantes, o mundo acadêmico, o mundo político, todas as pessoas, buscando formas de enfrentar esse enorme problema”, afirmou o senador, referindo-se à situação por que passam os rios maranhenses, com suas nascentes prejudicadas por vários fatores, entre eles a ausência de gestão pública. O senador falou ainda dos recursos viabilizados por meio de emendas e projetos de sua autoria com o objetivo de trabalhar na recuperação dos mananciais e também possibilitar sistemas de tratamento água e esgoto para os municípios, de forma a que os rios sejam poupados de receber dejetos e poluição: - “Temos procurado colocar a mão na massa. Compramos 15 (quinze) milhões de equipamentos; entre dragas, escavadeiras hidráulicas e outras máquinas pesadas para fazer o trabalho de desassoreamento dos rios. Vamos fazer projetos de água e esgoto das principais cidades que são cortadas pelos principais Rios, como aqui em Pedreiras. Fiz questão de trazer o diretor do DENOCS, que toma conta da barragem do Rio Flores, para que possamos de uma vez por todas resolver esse problema da barragem“, conclui o parlamentar. Após o seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e suas Nascentes”, Roberto Rocha sobrevoou, de helicóptero, a Barragem do Flores, acompanhado do presidente do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, Ângelo Guerra, que admitiu ter sido providencial a iniciativa do senador em convidá-lo a ouvir a população e outros segmentos, como os representantes do Comitê da Bacia do Mearim, durante o seminário.

Continuar lendo Seminário em Pedreiras aprofunda urgência na revitalização do Rio Mearim e de outros no MA

Segunda edição do seminário sobre Revitalização dos Rios Maranhenses será em Pedreiras

O seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes” volta a ser realizado, em sua segunda edição, dia 26 de maio, no município de Pedreiras (MA) . O evento vai acontecer no auditório da Faculdade de Educação São Francisco- FAESF, das 8 horas ao meio-dia e reunirá legisladores, representantes dos setores público e privado, entidades ambientais, estudantes e pessoas da comunidade Realizado pelo Instituto Cidade Solidária, co- realização do Movimento Ensinando e Aprendendo (MEA), o seminário pretende refletir e traçar estratégias para revitalizar todos os rios maranhenses, com foco nas bacias do Rios Itapecuru, Parnaíba e Mearim. A primeira edição do seminário ocorreu no mês de março, no auditório da Fiema, em São Luís, e reuniu cerca de 800 pessoas entre políticos, empresários, gestores, ambientalistas, estudantes, entidades, órgãos públicos e privados, dentre outros profissionais de diversas áreas, que por meio de palestras e mesas redondas, apresentaram projetos sobre meio ambiente e discutiram ações de responsabilidade socioambiental.

Continuar lendo Segunda edição do seminário sobre Revitalização dos Rios Maranhenses será em Pedreiras

Seminário vai reunir políticos, gestores e especialistas para debater a revitalização dos rios maranhenses

A preservação dos rios maranhenses será a pauta principal do seminário que ocorrerá no próximo dia 24, das 8:00h às 18:30h, no auditório Alberto Abdalla- FIEMA, em São Luís. Com o tema ”Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes”, o evento vai reunir profissionais que são referências nacionais na área de sustentabilidade ambiental, para discutir e buscar alternativas para a recuperação dos rios. O seminário é uma realização do Instituto Cidade Solidária e do gabinete do senador Roberto Rocha (PSB), com co-realização do Ministério de Meio Ambiente, Agência Nacional de Águas (ANA) e do MEA- Movimento Ensinando e Aprendendo. A cerimônia de abertura está marcada para as 9:00h, e contará com as presenças do Ministro de Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), senador Roberto Rocha (PSB), da presidente da Codevasf, Kênia Marcelino e do presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu. A primeira palestra será proferida as 10: h30 pelo Ministro Sarney Filho, que falará sobre água, floresta e clima na agenda ambiental do Ministério de Meio Ambiente. Em seguida, as 11h:30, o secretário de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do MMA, Jair Vieira Tánnus Jr., discorrerá sobre o tema da “Segurança Hídrica das Bacias Hidrográficas Para a Sustentabilidade”. Seguindo a agenda, o presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, vai expor as experiências exitosas de estudos e despoluição das bacias hidrográficas. Logo após, a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, vai explanar os exemplos da bacia do Parnaíba. A programação se estenderá até as 17:15h, com especialistas que falarão sobre os principais temas ligados à preservação do meio ambiente. Para participar do seminário, basta se inscrever pelos contatos: inscricoes@cidadesolidaria.org ou 98/98877-4813. No dia do evento, levar 01 kg de alimento não perecível, que será doado a uma instituição de caridade.

Continuar lendo Seminário vai reunir políticos, gestores e especialistas para debater a revitalização dos rios maranhenses
Seminário vai orientar gestores e diretores sobre a volta do Leite na Escola, nesta 4.ª
Quase 1 ano depois de ausente, o Programa Leite na Escola está voltando...

Seminário vai orientar gestores e diretores sobre a volta do Leite na Escola, nesta 4.ª

Orientar os gestores e diretores das unidades de ensino municipal, creches e escolas comunitárias conveniadas para acompanhar as etapas de execução e controle da distribuição do programa Leite na Escola, da Prefeitura de São Luís. Esse é o objetivo do ‘Seminário sobre a logística de distribuição do leite’, que ocorre nesta quarta-feira (27), a partir das 14h, no Auditório Central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O seminário é coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), em parceria com as secretarias municipais de Educação (Semed) e da Criança e Assistência Social (Semcas) e o Conselho Municipal de Segurança Alimentar (Comsea). O seminário vai tratar dos critérios para recebimento do leite, como assiduidade, desempenho em sala de aula, situação social e outros. “Esse seminário vai possibilitar aos diretores escolares a correta aplicação do programa Leite na Escola”, disse a titular da Semsa, Fatima Ribeiro.

Continuar lendo Seminário vai orientar gestores e diretores sobre a volta do Leite na Escola, nesta 4.ª

Seminário discute democratização da comunicação e mídias livres

A democratização dos meios de comunicação estará em pauta no próximo dia 23 de novembro, durante o Seminário de Comunicação e Mídias Livres que acontecerá no Grand São Luís Hotel, a partir das 8 da manhã. A importância das Redes Sociais e Rádios Comunitárias na democratização da informação, a liberdade de expressão e a pluralidade da informação estarão em discussão nos debates coordenados pelos palestrantes nacionais Fabrício Solagna (coordenador do Gabinete Digital do RS), Guido Bianchi (Empresa Pernambuco de Comunicações) e os regionais, Márcio Jerry (Secretário de Comunicação de São Luís), Francisco Gonçalves (FUNC), Ed Wilson (Abraço – MA), Francisco Júnior (Maranhão Da Gente) e Camila Rocha (Maranhão Da Gente). A atuação dos profissionais de comunicação nas Mídias Alternativas representa uma estratégia crucial para a quebra da hegemonia da grande imprensa, e para o fortalecimento da democracia. O Seminário de Comunicação e Mídias Livres pretende rediscutir o contexto das rápidas transformações da comunicação no país e no mundo, e a democratização dos meios de comunicação.

Continuar lendo Seminário discute democratização da comunicação e mídias livres