EUA aprovam primeiro medicamento desenvolvido para prevenir enxaquecas crônicas
This May 10, 2018, image provided by Amgen Inc. shows an artist's rendering of the packaging for the drug Aimovig, the first in a new class of long-acting drugs designed to prevent chronic migraines. On Thursday, May 17, 2018, the Food and Drug Administration approved the medication, clearing the monthly shot for sale. (Amgen Inc. via AP)

EUA aprovam primeiro medicamento desenvolvido para prevenir enxaquecas crônicas

TRENTON, EUA - O primeiro medicamento criado para prevenir enxaquecas crônicas foi aprovado pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) na quinta-feira, 17, dando início ao que muitos especialistas acreditam que seja uma nova era no tratamento de pessoas que sofrem da forma mais severa de dor de cabeça. O Aimovig bloqueia a ação do fragmento de uma proteína, a CGRP, que instiga e perpetua as dores de cabeça. “Os remédios terão um grande impacto”, afirmou o dr. Amaal Starling, neurologista e especialista em enxaquecas na Mayo Clinic, em Phoenix. Um estudo mostrou que os pacientes que receberam Aimovig perceberam uma redução no número de dias que sofriam de enxaqueca de oito para quatro vezes ao mês. Além disso, eles apresentaram efeitos colaterais semelhantes, a maioria resfriados ou infecções respiratórias. Alguns pacientes chegaram inclusive a se livrar por completo da dor de cabeça, disse Sean Harper, diretor de pesquisa da Amgen. O Aimovig bloqueia a ação do fragmento de uma proteína, a CGRP, que instiga e perpetua as dores de cabeça. “Os remédios terão um grande impacto”, afirmou o dr. Amaal Starling, neurologista e especialista em enxaquecas na Mayo Clinic, em Phoenix. As novas drogas não são capazes de prevenir todas as crises de enxaqueca, mas podem torná-las menos severas e reduzir a sua frequência em 50% ou mais, de acordo com os especialistas.

Continuar lendo EUA aprovam primeiro medicamento desenvolvido para prevenir enxaquecas crônicas
Oba! Comprovado que cerveja ajuda a prevenir gripe e resfriado! Se beber com moderação…
Nada de brincadeira... Japoneses mostram estudos que apontam a cerveja como remédio para gripes e resfriados... Mas só se beber com moderação.

Oba! Comprovado que cerveja ajuda a prevenir gripe e resfriado! Se beber com moderação…

A cerveja gelada no inverno pode ser um grande aliado para evitar gripe e resfriados. Parece absurdo, mas ela é rica em polifenóis, um tipo de substância antioxidante capaz de estimular a produção de células de defesa pelo organismo, o que contribui para a proteção do sistema respiratório. Como Um estudo japonês demonstrou que compostos do lúpulo são capazes de inibir a multiplicação do vírus sincicial respiratório, causador da pneumonia e bronquiolite. Outro estudo feito na Europa, mostra que o consumo moderado diário de cerveja aumenta a produção de anticorpos em ambos os sexos e de células de defesa em mulheres. O lúpulo, além de dar o amargor e o aroma da cerveja, também possui substâncias chamadas isohumulonas, que auxiliam na limpeza do corpo como um todo. Já a cevada (malte), faz a mesma coisa, porém melhorando a função dos sistemas do organismo e prevenindo infecções e inflamações. Doses Para a gente conseguir obter essas benefícios, que só a cerveja pode nos dar, é recomendado beber 300 mililitros de cerveja para as mulheres e 600 mililitros para os homens. E tanto faz se a cerveja for com ou sem álcool.

Continuar lendo Oba! Comprovado que cerveja ajuda a prevenir gripe e resfriado! Se beber com moderação…