Mulheres, ficai atentas: nove maneiras de saber quando o homem está perdidamente apaixonado por você!

A pedidos, o blog republica esta matéria, que tem sido para os nossos internautas, principalmente as mulheres, uma espécie de manual que elas devem ter sempre na cabeceira ou dentro da bolsa para tentar medir se há paixão de um homem por uma mulher em qualquer estágio do relacionamento: namoro, casamento, colorido, etc.. Por curiosidade, muitos homens terminaram também por dar uma espiadinha. Afinal, podem até medir - o que é sempre difícil - o quão estão caidinhos por uma mulher... Quando perdidamente apaixonado por alguém, o homem dá muito mais bandeira que uma mulher. Já percebeu? O cara pode até tentar ocultar o que sente enquanto procura o momento ideal pra se declarar, mas seu plano nasce condenado — no fundo, ele pensa: “até quando esconder?”. Ele quer sair correndo pela rua gritando seu nome! Em caso de dúvida, basta prestar atenção em suas atitudes, pois elas revelam 9 indícios que ajudam a “diagnosticar ” um sujeito cego de paixão.

Continuar lendo Mulheres, ficai atentas: nove maneiras de saber quando o homem está perdidamente apaixonado por você!

Mês do desgosto para relacionamentos! Agosto é campeão em número de divórcios

Márcio Silvestre se casou há cinco anos, em maio, popularmente conhecido como o mês das noivas. Como muitos casamentos, não deu certo. Anteontem, Silvestre assinou o divórcio. O estilista não tinha como saber, mas ele e a ex-mulher escolheram se separar no mês campeão de divórcios tanto no Estado de São Paulo como no Brasil, com quase 10% do total registrado por ano nos cartórios. E agosto, apesar de recordista, dá o pontapé para o que pode ser chamado de "período da separação": levantamento em cartórios paulistas, entre 2007 e 2014, mostra que o índice de divórcios aumenta 21% no segundo semestre em relação ao primeiro. No País, esse índice é de 16,4%. "A gente começou a especular e a tentar extrair uma explicação das pessoas que se divorciam. Não conseguimos obter uma resposta direta, mas percebemos recorrência na menção à questão econômica", afirma Andrey Guimarães Duarte, diretor da seção São Paulo do Colégio Notarial do Brasil, entidade que representa os cartórios. "No início do ano, há mais encargos e impostos a pagar. Depois que isso passa, as pessoas começam a se organizar e a levar em frente o que já vinham tentando, e a decisão de se separar amadurece."

Continuar lendo Mês do desgosto para relacionamentos! Agosto é campeão em número de divórcios