Fique de olho no Black Friday: as empresas com maior número de reclamações

O site 'Reclame Aqui' fez uma lista de lojas que sofreram o maior número de queixas no último anoA Black Friday, o maior evento de descontos do ano, acontece na próxima sexta-feira (24). Como o número de reclamações caiu nas duas últimas edições do evento - com queda de 63% em 2015 e de 34% em 2016, em relação a 2014 - parece que o consumidor brasileiro está mais atento no momento da compra das mercadorias. O site Reclame Aqui fez uma lista de lojas que sofreram o maior número de queixas no último ano. Confira: 2016 Kabum (588 reclamações) Americanas - loja virtual (249 reclamações) Submarino (149 reclamações) Netshoes (117 reclamações) Magazine Luiza - loja virtual (100 reclamações) Extra - loja virtual (89 reclamações) Walmart - loja virtual (83 reclamações) Fast Shop (62 reclamações) Ponto Frio - loja virtual (58 reclamações) Casas Bahia - loja virtual (56 reclamações) O G1 procurou as lojas envolvidas para ouvir seus posicionamentos. As Casas Bahia, Pontofrio e Extra dizem que operam constantemente na melhoria dos seus sites para aprimorar a experiência de compras dos clientes. A Netshoes afirmou que está investindo em tecnologia, inovação e processos. A empresa também disse que está reduzindo cada vez mais a proporção de ocorrências em relação ao volume de pedidos

Continuar lendo Fique de olho no Black Friday: as empresas com maior número de reclamações

Transparência revela que no Brasil 71% denunciam corrupção mesmo se tiver que passar um dia inteiro no Tribunal

Estudo realizado pelo Barômetro Global da Corrupção, divulgado nesta segunda-feira, 9, se refere à América Latina e Caribe, onde foram entrevistadas mais de 20 mil pessoas em 20 países da região O Barômetro Global da Corrupção, da Transparência Internacional, divulgado nesta segunda-feira, 9, referente à América Latina e Caribe – onde foram entrevistadas 22.302 pessoas residentes em 20 países da região – indica que quanto à percepção de corrupção, 78% dos brasileiros afirmaram acreditar que tenha aumentado nos doze meses anteriores à pesquisa. Os dados foram coletados em maio e junho de 2016, quando a Operação Lava Jato estava no seu auge. O levantamento mostra, ainda, que 83% dos brasileiros consultados ‘acreditam que pessoas comuns podem fazer a diferença na luta contra a corrupção’. É a maior taxa da região (Costa Rica e Paraguai vêm em seguida, com 82%); O Barômetro Global é apontado como a pesquisa de opinião mais importante no mundo sobre comportamentos relacionados à corrupção.

Continuar lendo Transparência revela que no Brasil 71% denunciam corrupção mesmo se tiver que passar um dia inteiro no Tribunal
Grande notícia! Prefeitura de São Luís é campeã nacional de transparência
Edivaldo comemora resultado que dá à Prefeitura de São Luís o título de campeã de transparência e excelência.

Grande notícia! Prefeitura de São Luís é campeã nacional de transparência

A Prefeitura de São Luís é a primeira colocada no ranking nacional de transparência ao lado das Prefeituras do Rio de Janeiro e de João Pessoa. Essas três capitais obtiveram 6 pontos, na escala de 0 a 10 do estudo. Os dados constam de pesquisa inédita divulgada pelo portal do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômico (Inesc). O Inesc é uma organização não partidária, sem fins lucrativos e não-governamental que atua no país desde 1979. “Desde o início de nossa gestão temos nos preocupado em desenvolver uma política de diálogo e de transparência, que caminhe alinhada aos interesses da população. Fico feliz em ver o reconhecimento nacional da transparência com que temos conduzido a cidade, de maneira responsável, cautelosa e fidedigna na administração dos recursos”, disse o prefeito Edivaldo. Segundo a pesquisa, a maioria das capitais brasileiras está distante da excelência no que se refere à transparência do ciclo orçamentário. Para alcançar um resultado positivo, o prefeito Edivaldo definiu a transparência como uma das metas prioritárias da gestão ainda no plano emergencial dos primeiros 120 dias de governo, lançado pelo prefeito em janeiro de 2013. Um dos primeiros procedimentos foi reativar o Portal da Transparência que estava desativado durante a gestão passada. “O prefeito determinou à época que a administração iniciada se caracterizasse pelo máximo de transparência. Para isso, fizemos toda a adequação do sistema de informatização”, ressalta o secretário de Planejamento e Orçamento, José Cursino. No plano emergencial constavam várias ações destinadas, especificamente, para aproximar da excelência a transparência do ciclo orçamentário. Segundo o secretário, durante este período foram realizadas pesquisas junto aos portais de transparência de todas as capitais brasileiras e de órgãos do governo federal. Embora seja objeto de Lei federal, na avaliação do secretário José Cursino, prefeituras e governos ainda não têm obedecido integralmente a Transparência da aplicação dos recursos. “No caso de São Luís, houve a orientação do prefeito para que a Lei fosse seguida à risca”, destaca Cursino.

Continuar lendo Grande notícia! Prefeitura de São Luís é campeã nacional de transparência
Arma apontada contra a sociedade! São Luís volta a integrar ranking das cidades mais violentas do mundo
Mais uma vez, são Luís é incluída em ranking de cidades mais violentas do mundo

Arma apontada contra a sociedade! São Luís volta a integrar ranking das cidades mais violentas do mundo

E São Luís do Maranhão está entre as cidades do país mais violentas do mundo, segundo ONG mexicana O globo - SÉRGIO ROXO (EMAIL · FACEBOOK · TWITTER) SÃO PAULO - O médico José Alfredo Vasco Tenório, de 67 anos, iniciava a sua pedalada diária pela orla de Maceió, quando foi abordado por dois rapazes numa praça a 400 metros de sua casa. Um dos criminosos estava armado. Quando ele se abaixou para saltar da bicicleta, recebeu um disparo nas costas. A bala atravessou o corpo e acertou o coração. João Alfredo morreu no local e se tornou mais uma das vítimas da violência na capital alagoana, a quinta cidade com mais homicídios no mundo, segundo levantamento elaborado pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal AC. O Brasil é o país com mais municípios no ranking: 16. O México aparece em segundo, com nove. Apenas sete cidades da lista não estão na América Latina: quatro dos Estados Unidos (Detroit, Nova Orleans, Baltimore e Saint Louis) e três da África do Sul. O levantamento leva em conta a taxa de homicídios por grupo de 100 mil habitantes no ano passado. De acordo com a ONG, foram levantados dados disponibilizados pelos governos em suas páginas na internet e consideradas só cidades com mais de 300 mil. Essa foi a quarta edição do ranking.

Continuar lendo Arma apontada contra a sociedade! São Luís volta a integrar ranking das cidades mais violentas do mundo
USP é a universidade do país mais bem colocada, na 11ª posição. Revista britânica avaliou as 100 melhores instituições entre os emergentes.
Prédio onde fica a biblioteca da Universidade Peking, na China, a mais bem colocada do ranking dos Brics (Foto: Frjj/Creative Commons)

USP é a universidade do país mais bem colocada, na 11ª posição. Revista britânica avaliou as 100 melhores instituições entre os emergentes.

USP é a universidade do país mais bem colocada, na 11ª posição. Revista britânica avaliou as 100 melhores instituições entre os emergentes. Ana Carolina Moreno Do G1, em São Paulo O primeiro ranking mundial que avaliou as 100 melhores universidades de países emergentes tem apenas quatro instituições brasileiras, segundo os dados divulgados no fim da tarde desta quarta-feira (4). A Universidade de São Paulo (USP) é a instituição do país mais bem colocada, na 11ª colocação do Ranking Brics e Economias Emergentes 2014, divulgado pela revista britânica Times Higher Education (THE), com 41,1 pontos. As demais brasileiras no ranking são a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na 24ª posição (34,7 pontos), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), empatada na 60ª colocação com duas instituições húngaras e uma de Taiwan (24,8 pontos), e a Universidade Estadual Paulista (Unesp), que ficou no 87º lugar, com 20 pontos. O ranking foi feito a partir de dados coletados pelo Projeto Global de Perfis Internacionais da Thomson Reuters em 22 países, entre integrantes do grupo dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e outros países de economia emergente.

Continuar lendo USP é a universidade do país mais bem colocada, na 11ª posição. Revista britânica avaliou as 100 melhores instituições entre os emergentes.
Opa! Nada de Maranhão: Alagoas é quem lidera homicídios dolosos
O Maranhão pode "escapar fedendo" de ser campeão dessa fatídica estatística.

Opa! Nada de Maranhão: Alagoas é quem lidera homicídios dolosos

Números são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) Levantamento do 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), aponta que Alagoas continua liderando o ranking de homicídios dolosos com 58,2 mortes por grupo de 100 mil habitantes, mas houve redução da taxa. Em relação a 2011, o índice recuou 21,9%, ou seja, passou de 2,3 mil mortes em 2011, para 1,8 mil mortes em 2012. Analistas locais da área policial temem que, por conta dos crescentes números da violência, o Estado do Maranhão possa vir a liderar esse ranking, possvelmente já no levantamento relativo a 2013. A Grande São Luís seria a responsável por puxar para cima esses índices da morte. Mas, por enquanto, é Alagoas o campeão dessas fatídicas ocorrências.

Continuar lendo Opa! Nada de Maranhão: Alagoas é quem lidera homicídios dolosos
Quem diria! Brasil supera os Estados Unidos em reputação no mundo
Dessa vez, Brasil consegue superar os Estados Unidos...

Quem diria! Brasil supera os Estados Unidos em reputação no mundo

Agência Estado Apesar das críticas dos outros países por conta da Copa do Mundo, o Brasil ocupa a 21ª posição entre os países com melhor reputação do mundo, ficando à frente dos Estados Unidos, que está no 22º lugar. De acordo com o ranking realizado pelo Reputation Institute com 50 países, em relação ao ano passado, a pontuação brasileira subiu de 55,4 para 57,8, considerando que o instituto analisa a eficiência do governo, economia e ambiente atrativo do país. Já a pontuação dos Estados Unidos foi de 57,4. O Canadá é o país com a melhor reputação, enquanto o Iraque ficou em último lugar. Veja abaixo o ranking completo:

Continuar lendo Quem diria! Brasil supera os Estados Unidos em reputação no mundo