Motorista que matou 3 é proibida de frequentar baladas e restaurantes

Talita Sayuri Tanashiro dirigia bêbada quando atropelou as vítimas em São Paulo A vendedora Talita Sayuri Tanashiro © Reprodução/Facebook O Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu a vendedora Talita Sayuri Tanashiro, de 28 anos, de frequentar "shows, bares, restaurantes ou estabelecimentos em que haja a venda ou o consumo de bebidas alcoólicas". Além disso, segundo o jornal Extra, ela deve cumprir "com o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga", bem como cumprir determinadas medidas cautelares para que não seja presa preventivamente. Em 30 de setembro, Aline dirigia embriagada na Marginal Tietê, em São Paulo, após sair de uma festa, quando atropelou e matou três pessoas supostamente paradas no acostamento da via para a troca de um pneu. As vítimas foram Raul Fernando Nantes, de 49 anos e Aline de Jesus Souza e Vanessa Relvas, ambas de 28 anos.

Continuar lendo Motorista que matou 3 é proibida de frequentar baladas e restaurantes
Militares que mataram jovem estudante em Balsas são indiciados por dolo
Os policiais que mataram por engano a estudante Karina Brito Ferreira Costa, 23 anos, e feriram a irmã dela, Kamila Brito Ferreira, 27, no município de Balsas, a 810 km de São Luís, durante uma operação da Polícia Militar para prender assaltantes de banco, serão indiciados pelos crimes de homicídio doloso e tentativa de homicídio. O crime ocorreu no dia 14 de dezembro do ano passado na cidade de Balsas, conforme relato do G! Segundo o delegado da Superintendência Estadual d Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), Guilherme Sousa Filho, que está presidindo o inquérito do assassinato da estudante, a investigação já está em sua segunda fase e nela serão realizadas perícias nas armas que foram utilizadas pelos os policiais na ocasião do crime com o intuito de descobrir de onde partiram os tiros que mataram a Kamila Brito. “O inquérito policial volumoso já está na sua segunda fase porque durante 30 dias a gente tem que encaminhar o inquérito para a Justiça pedindo dilação de prazo e isso aconteceu porque ainda falta ser realizado várias diligências, principalmente perícias nas armas que os policiais militares e civis usavam no momento da diligência. Essa perícia que a gente chama de “perícia de comparação balística” ela se faz necessária para a gente saber de quais armas saíram os tiros que ceifaram a vida da Karina e também lesionaram a irmã dela que estava conduzindo o Pálio, Kamila Brito Ferreira”, revelou o delegado. Ainda conforme o delegado, todos os militares que estiveram presentes na operação na ocasião já foram identificados e os tiros disparados de suas respectivas armas também já foram reconhecidos.

Militares que mataram jovem estudante em Balsas são indiciados por dolo

Os policiais que mataram por engano a estudante Karina Brito Ferreira Costa, 23 anos, e feriram a irmã dela, Kamila Brito Ferreira, 27, no município de Balsas, a 810 km de São Luís, durante uma operação da Polícia Militar para prender assaltantes de banco, serão indiciados pelos crimes de homicídio doloso e tentativa de homicídio. O crime ocorreu no dia 14 de dezembro do ano passado na cidade de Balsas, conforme relato do G! Segundo o delegado da Superintendência Estadual d Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), Guilherme Sousa Filho, que está presidindo o inquérito do assassinato da estudante, a investigação já está em sua segunda fase e nela serão realizadas perícias nas armas que foram utilizadas pelos os policiais na ocasião do crime com o intuito de descobrir de onde partiram os tiros que mataram a Kamila Brito. “O inquérito policial volumoso já está na sua segunda fase porque durante 30 dias a gente tem que encaminhar o inquérito para a Justiça pedindo dilação de prazo e isso aconteceu porque ainda falta ser realizado várias diligências, principalmente perícias nas armas que os policiais militares e civis usavam no momento da diligência. Essa perícia que a gente chama de “perícia de comparação balística” ela se faz necessária para a gente saber de quais armas saíram os tiros que ceifaram a vida da Karina e também lesionaram a irmã dela que estava conduzindo o Pálio, Kamila Brito Ferreira”, revelou o delegado. Ainda conforme o delegado, todos os militares que estiveram presentes na operação na ocasião já foram identificados e os tiros disparados de suas respectivas armas também já foram reconhecidos.

Continuar lendo Militares que mataram jovem estudante em Balsas são indiciados por dolo
Câmara dos Deputados aprova perda de mandato em caso de infidelidade partidária
Plenário da Câmar acaba de apovar punição para infiéis na política

Câmara dos Deputados aprova perda de mandato em caso de infidelidade partidária

Aprovada com 433 votos a favor, sete contra e duas abstenções, o texto determina que o político que se desligar do partido pelo qual foi eleito perderá o mandato A Câmara aprovou na noite desta terça-feira, 16, texto que determina a imediata perda de mandato em caso de infidelidade partidária, diminui o número de assinaturas necessárias para apresentação de projetos de iniciativa popular e que exige a impressão dos votos registrados em urnas eletrônicas, diminuindo as chances de fraude. Já a cota para eleição de mulheres foi rejeitada pelos deputados. Todas essas propostas foram propostas em um único texto, apresentado pelo líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), para agilizar a votação e permitir que a revisão da política de desoneração da folha de pagamento seja apreciada nesta quarta-feira, 17. Aprovada com 433 votos a favor, sete contra e duas abstenções, o texto determina que o político que se desligar do partido pelo qual foi eleito perderá o mandato, exceto em casos de "grave discriminação pessoal, mudança substancial ou desvio reiterado do programa praticado pela agremiação". Também ficam livres da perda de mandato aqueles que deixarem a legenda por causa de criação, fusão ou incorporação do partido. Atualmente, as regras de fidelidade partidária não estão na Constituição.

Continuar lendo Câmara dos Deputados aprova perda de mandato em caso de infidelidade partidária
Monitor é preso em flagrante transportando drogas no Presídio São Luís 2
Um caso concreto de entrada de drogas no presídio São Luís 2

Monitor é preso em flagrante transportando drogas no Presídio São Luís 2

O monitor penitenciário Gilson Carlos Cordeiro foi autuado em flagrante pela Polícia Militar no Presídio São Luís 2 por volta das 20 h desta terça-feira (5). O funcionário, que é contratado por empresa terceirizada, chegou ao presídio para cumprir o plantão dirigindo uma moto de sua propriedade e foi abordado pelos policias que localizaram mais de 350 pacotes de craque que, supostamente, seriam distribuídos aos detentos. Gilson Cordeiro já foi conduzido à delegacia da Vila Embratel e até a próxima quinta-feira (7) estará formalmente desligado do quadro da Secretaria da Administração Penitenciária (Sejap). Em cinco dias esse foi o segundo episódio em que a secretaria detectou e puniu energicamente funcionários tentando entrar em unidades prisionais com material ilícito.

Continuar lendo Monitor é preso em flagrante transportando drogas no Presídio São Luís 2
Tapetão mantido no ‘Nordestão’. Com 6 pontos a menos, Sampaio pode dar adeus à classificação
Sampaio, agora, torce por uma combinação de resultados para passar á segunda fase do "Nordestão".

Tapetão mantido no ‘Nordestão’. Com 6 pontos a menos, Sampaio pode dar adeus à classificação

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD manteve a perda de seis pontos do Sampaio, pela escalação irregular do volante Curuca na primeira rodada da Copa do Nordeste. O julgamento do recurso do Tricolor foi realizado na tarde desta quinta-feira e a pena foi mantida após seis votos favoráveis, contra apenas um para a absolvição do time maranhense. O Tricolor já tinha sido condenado em primeira instância, no julgamento da Terceira Comissão Disciplinar, quando, por unanimidade, o time maranhense foi punido. Após a decisão, a diretoria do Tricolor conseguiu o efeito suspensivo da punição até a decisão desta quinta-feira. Com a perda dos pontos, o Sampaio, que liderava o grupo B com 11 pontos, passa a ter somente cinco pontos e cai para a terceira colocação. Para avançar na Copa do Nordeste o Tricolor agora depende de uma vitória diante do Sport, na próxima quinta-feira, além de uma combinação de resultados. Para garantir a classificação em primeiro do grupo B, o Sampaio terá que torcer para o Coruripe não vencer o Socorrense. Caso isso aconteça, o Tricolor tentará avançar como um dos três melhores segundos colocados, dependendo de uma série de combinações de resultados.

Continuar lendo Tapetão mantido no ‘Nordestão’. Com 6 pontos a menos, Sampaio pode dar adeus à classificação