Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões
A urna eletrônica, à espera dos indecisos...

Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões

Na última semana de campanha, Aécio e Dilma correm atrás (e como correm) não apenas dos indecisos, que somam 5% segundo o último Ibope, mas dos quase 22% de seus próprios eleitores que declaram que ainda podem mudar de opção. Dos que dizem votar em Aécio, 14% podem mudar sua opção até domingo, contra 8% daqueles que dizem que são pró-Dilma. No total, indecisos e incertos somam mais de 22 milhões de eleitores – é esse contingente de ‘votos voadores’ que deverá decidir a disputa presidencial mais acirrada desde 1989. Para onde vão esses votos? Ninguém sabe. Neste contexto, os últimos dias de campanha na TV e, principalmente, o debate da TV Globo na próxima sexta-feira tornam-se decisivos. Até aqui o formato dos debates no segundo turno – Band, SBT e Record – favoreceu mais os candidatos do que o eleitor. Explico: ao transformar o embate em perguntas e respostas diretas, a TV dá aos candidatos a primazia de controlar o programa conforme suas conveniências. Há menos margem para o acaso e improvisação, o que poderia acontecer, por exemplo, se os temas fossem sorteados na hora. Assim, na maior parte do tempo, Dilma e Aécio acabam repetindo no debate as mensagens de seus respectivos horários eleitorais (Pronatec, tolerância zero com inflação, Petrobras, emprego, desemprego etc). Vale a lógica da propaganda: repetir mensagens já testadas e que deram certo e fugir dos pontos desgastantes. Interessante notar, porém, que de certa forma quase um quinto do eleitorado nacional se coloca à margem da propalada polarização PT X PSDB.

Continuar lendo Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões
Racha no PDT sobre apoio a Dilma. Alguns caciques do partido desejam ficar com  Aécio Neves
Weverton Rocha: linkado com a direção nacional do PDT...

Racha no PDT sobre apoio a Dilma. Alguns caciques do partido desejam ficar com Aécio Neves

Mais uma confusão no PDT. A turma de Carlos Lupi anda empenhada em engrossar a campanha de Dilma Rousseff. Não tem conseguido. O racha desenhou-se. Antônio Reguffe, Pedro Taques e Cristovam Buarque estão prestes a contrariar a cúpula pedetista e anunciar publicamente apoio a Aécio Neves. Caso oficialize o que já está posto internamente, o trio deixará claro que não assumirá cargos num eventual governo tucano. Pelo menos é o que informa a coluna de Lauro Jardim. No Maranhão, o único candidato a deputado federal eleito pelo PDT, Weverton Rocha, ligado a Lupi, fez sua campanha pedindo votos para Dilma Roussef. Ele anunciou que segue a posição da direção nacional do seu partido.

Continuar lendo Racha no PDT sobre apoio a Dilma. Alguns caciques do partido desejam ficar com Aécio Neves

Dilma cai, mas ainda venceria no primeiro turno, segundo o Data Folha

Pré-candidatos de pequenos partidos somam 6%; brancos e nulos, 20%. Em fevereiro, no cenário com candidatos 'nanicos', presidente tinha 44% G1 1 Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (5) pelo site do jornal "Folha de S.Paulo" indica que a presidente Dilma Rousseff (PT) teria 38% das intenções de voto e venceria no primeiro turno caso a eleição fosse hoje e ela tivesse como adversários o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) e mais oito candidatos de partidos menores. Nesse cenário, Aécio teria 16% das intenções de voto, e Campos, 10%. Somados, os oito candidatos de partidos menores alcançariam 6%. Votos em branco ou nulos seriam a opção de 20%. Os outros 9% responderam que não saberiam em quem votar.

Continuar lendo Dilma cai, mas ainda venceria no primeiro turno, segundo o Data Folha
Tacada de mestre! Marina vai compor o projeto presidencial de Eduardo Campos
Eduardo Campos e Marina se completam...

Tacada de mestre! Marina vai compor o projeto presidencial de Eduardo Campos

A ex-senadora Marina Silva já é do PSB – ela assinou a ficha hoje (05), no Hotel Nacional, em Brasília, sábado, segundo ela mesmo declarou ainda não há uma definição sobre qual o papel que ela terá na eventual chapa presidencial do partido no ano que vem. As negociações entre Marina e PSB ocorreram durante a sexta-feira, segundo uma fonte.

Continuar lendo Tacada de mestre! Marina vai compor o projeto presidencial de Eduardo Campos

Barbosa diz que não é candidato a nada

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou em entrevista ao correspondente do "The New York Times” no Brasil, Simon Romero, que não é candidato a presidente. “Não sou candidato a nada”, disse. A reportagem foi publicada na seção “Saturday Profile” (“Perfil de Sábado”), de hoje, 24..

Continuar lendo Barbosa diz que não é candidato a nada