Flávio Dino cogita mesmo ser candidato a presidente da República em 2022

Depois de ser alçado como adversário político do presidente Jair Bolsonaro, o governador do Maranhão, Flávio Dino, admite que está em seus planos ser candidato a presidente da República, em 2022, segundo declarou ao Valor Econômico. Dino disse que não faria esse "discurso hipócrita" se essa possibilidade não existisse. Declara que, ao chamá-lo, pejorativamente de um dos governadores "de paraíba", Bolsonaro lançou seu nome na disputa e deu um rosto à oposição a seu governo. Diz, textualmente: "O Bolsonaro já fez esse lançamento, mas é sem dúvida um lançamento precoce. O que existe é uma possibilidade. mas, como tal, ou seja, como uma possibilidade. Não é um determinismo, uma decisão, uma deliberação, não é um desígnio. É apenas uma possibilidade", prognosticou. Ser presidente da República, para o governador do Maranhão não é um projeto, é um destino: "Quem imaginou que Bolsonaro iria ser presidente? Ninguém, mas ele é. Depende mais de valores exógenos, externos, do que propriamente de um desejo".  Para Dino, há um longo caminho a ser percorrido até 20122, já que o principal representante da esquerda, o ex-presidente Lula, não pode ser candidato, e, assim, a esquerda tem que se reorganizar. Em seguida, Dino nega que esteja pensando em deixar o PCdoB, perlo fato de ter conversado recentemente com a cúpula do PSB. Diz ter orgulho de pertencer ao partido mais antigo do Brasil e que qualquer posição a tomar tem que ser de acordo com a Partido Comunista.

Continuar lendo Flávio Dino cogita mesmo ser candidato a presidente da República em 2022
Ibope: rejeição a Lula cai e petista é candidato com maior espaço para crescer
Divulgação/Instituto Lula Pesquisa Ibope ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios entre os dias 7 e 11 de abril; margem de erro é de dois pontos

Ibope: rejeição a Lula cai e petista é candidato com maior espaço para crescer

Pesquisa revela que rejeição a Lula caiu 14% desde o impeachment de Dilma Rousseff e hoje o ex-presidente já é mais aceito que Aécio, Alckmin e Serra Pesquisa divulgada pelo Ibope nesta quinta-feira (20) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o candidato para 2018 com "maior potencial de votos" entre nove nomes apresentados no estudo. Segundo o levantamento do Ibope , 30% dos entrevistados afirmaram que votariam em Lula "com certeza" no pleito do no que vem, enquanto 17% disseram que "poderiam votar" e 51% disseram que não votariam "de jeito nenhum". Ainda de acordo com a pesquisa, a rejeição ao líder do Partido dos Trabalhadores caiu 14% desde o processo que levou ao impeachment da então presidente Dilma Rousseff e apresenta queda mesmo com os processos contra Lula no âmbito da Operação Lava Jato. Entre os concorrentes de Lula, os três principais expoentes do PSDB – José Serra, Geraldo Alckmin e Aécio Neves – viram cair seus percentuais de intenção de voto. Enquanto Serra tem 25% dos votos "certos" ou que poderiam votar, Aécio tem 22%, o mesmo percentual do governador de São Paulo. Todos também tem taxas de rejeição – ou seja, os eleitores que não votariam de jeito nenhum – maiores que a de Lula: 62% disseram que não votariam em Aécio; 58%, em Serra; e 54%, em Alckmin. A pesquisa testou, pela primeira vez, o nome do atual prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), como um presidenciável. Apesar de 44% dos entrevistados desconhecerem o nome do tucano, ele já teria 24% dos votos certos ou que poderiam ocorrer e uma baixa taxa de rejeição, de 32%.

Continuar lendo Ibope: rejeição a Lula cai e petista é candidato com maior espaço para crescer

Andréa Murad cogita desistir da “anticandidatura” a Humberto Coutinho à presidência da Assembleia Legislativa do MA

Envergonhada com a repercussão negativa de sua “anticandidatura” à presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão — reprovada inclusive por correligionários e aliados — a inexperiente Andréa Murad (PMDB) cogita desistir do confronto direto com Humberto Coutinho (PDT). Receosa com a possibilidade de sofrer uma derrota humilhante já no primeiro dia de seu mandato, Andréa tremeu na base com a divulgação da foto de Coutinho ao lado de 40 apoiadores, dando sinais de que deverá renunciar à tresloucada candidatura assim que possível.

Continuar lendo Andréa Murad cogita desistir da “anticandidatura” a Humberto Coutinho à presidência da Assembleia Legislativa do MA
Radialista Roberto Fernandes renuncia à presidência do Moto Clube
Roberto Feranandes não suportou os encargos e deixa a presidência do Moto Clube

Radialista Roberto Fernandes renuncia à presidência do Moto Clube

As especulações dos últimos dias sobre a saída de Roberto Fernandes se confirmaram na manhã desta sexta-feira. O dirigente confirmou que não irá continuar no cargo de presidente do Moto, mas que seguirá ajudando a equipe. O mandato dele termina no dia 31 deste mês. "Para acabar com todas essas especulações eu achei melhor deixar o cargo de presidente por falta de recursos. Sem dinheiro não tem como continuar na presidência. Deixo o cargo, mas vou continuar ajudando o clube na medida do possível. Agora, sobre os problemas financeiros, nós não vamos deixar nenhuma dívida da minha administração. O único débito é com a Federação Maranhense, mas esse é de administrações anteriores. Sair do Moto foi a decisão mais difícil da minha vida, mais difícil até do que aquela para assumir a presidência do clube", explicou Roberto Fernandes.

Continuar lendo Radialista Roberto Fernandes renuncia à presidência do Moto Clube
No Maranhão, Comissão da Verdade acelera trabalhos
Bira do Pindaré preside a Comissão, no parlamento.

No Maranhão, Comissão da Verdade acelera trabalhos

No Maranhão, a Comissão Parlamentar da Verdade, presidida pelo deputado estadual Bira do Pindaré (PT), é o suporte da nacional. O presidente anunciou para esta semana uma etapa de trabalhos intensa, depois que a consultora da Comissão Nacional da Verdade, Glenda Mezaroba, passou a dar o suporte técnico necessário para a ação conjunta, em relação às investigações das violações cometidas nas ditaduras militares.

Continuar lendo No Maranhão, Comissão da Verdade acelera trabalhos