Concurso da PM: edital que define inscrições será publicado na quinta-feira, dia 26

A Secretaria de Estado da Gestão e Previdência do Maranhão abriu concurso para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva para os cargos de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde e Soldado do Quadro de Praça da Polícia Militar do Estado. No total, foram abertas 1.214 oportunidades. A data de início das inscrições será divulgada por meio de edital, previsto para ser publicado em 26 de outubro, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17. REQUISITOS – O cargo de 1º Tenente oferece 43 oportunidades para graduados em Odontologia, Medicina, Medicina Veterinária e Psicologia. Os candidatos devem apresentar diploma de conclusão do curso de nível superior, bem como o registro no órgão de classe correspondente. A remuneração é de R$ 6.913,74, com dedicação integral. Já para Soldado da Polícia Militar, o candidato deve apresentar certificado de conclusão do nível médio ou curso técnico equivalente, além de habilitação para direção de veículo de, no mínimo, categoria “A” ou “B”. No total, são 1.171 vagas abertas para Soldado, que possui remuneração de R$ 4.019,62, com dedicação integral. ETAPAS – A seleção será realizada por meio de cinco fases, além do Curso de Formação: inicialmente, os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas. As próximas fases serão de exames médicos e odontológicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico e investigação social.

Continuar lendo Concurso da PM: edital que define inscrições será publicado na quinta-feira, dia 26

Flávio Dino anuncia para breve novo concurso para a Polícia Militar do Maranhão

O concurso vai ampliar o número de policiais no Estado, que já chegou a 12 mil profissionais com as nomeações feitas a partir de 2015 (JP) O governador Flávio Dino confirmou nesta quinta-feira (21) que o edital do concurso para a Polícia Militar vai sair até o dia 30 deste mês. “É também uma forma de gerar empregos”, disse durante entrevista à Rádio 92,3 FM. O concurso vai ampliar o número de policiais no Estado, que já chegou a 12 mil profissionais com as nomeações feitas a partir de 2015. O governador anunciou que, depois do edital da PM, serão lançados os da Policia Civil e do Detran. Flávio lembrou que o do Procon já foi lançado. Flávio também contou que vai entregar mais 47 viaturas nesta sexta-feira (22), chegando à marca de 730 desde 2015. “É o maior número da história do Maranhão”, disse o governador.

Continuar lendo Flávio Dino anuncia para breve novo concurso para a Polícia Militar do Maranhão

Para combater assaltos, SSP manda intensificar abordagens a coletivos em toda a São Luís

Abordagem e revista a pessoas, monitoramento em paradas, apreensão de drogas e armas, condução de suspeitos a delegacias são algumas das ações da operação ‘Busca Implacável’ para combater crimes em coletivos. Iniciativa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), a operação é realizada pela Polícia Militar por meio do Batalhão Tiradentes, em ações na Região Metropolitana de São Luís. No primeiro semestre deste ano, a ‘Busca Implacável’ contabilizou mais de 60 mil procedimentos em ônibus. “É uma operação de rotina e permanente e que tem demonstrado seu efeito, uma vez que, ao notar o policiamento nos coletivos, a tendência dos suspeitos é frear a ação criminosa”, destacou o comandante do Batalhão Tiradentes e coordenador da operação, tenente-coronel Marques Neto. “Trata-se de um trabalho contínuo, no qual temos nos debruçado para garantir a tranquilidade e a segurança aos usuários desse serviço público”, disse. O foco do trabalho policial é o monitoramento dos pontos mais vulneráveis como paradas em locais considerados de grande risco de assaltos e nos pontos finais. São realizadas fiscalização com barreiras fixas em avenidas estratégicas de fluxo intenso e com histórico de registros de assaltos. O grupamento militar atende ainda demanda de ocorrências, reforçando e prestando apoio às demais iniciativas de combate a este tipo de crime. O número de incursões nos ônibus é medido a partir do registro em cartões magnéticos. Os equipamentos foram elaborados pela Segurança Pública em conjunto com técnicos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). “A cada passagem do dispositivo pelo aparelho instalado nos ônibus as informações são enviadas ao sistema da polícia e a partir daí é construído o relatório do dia de operação das equipes”, pontuou Marques Neto.

Continuar lendo Para combater assaltos, SSP manda intensificar abordagens a coletivos em toda a São Luís

Militar envolvido na morte dos colegas em Buriticupu se apresenta ao quartel

O soldado da Polícia Militar Gladstone de Sousa, suspeito de participação na morte e ocultação do cadáver de outros dois policiais, apresentou-se ao comando da corporação nesta quinta (1º). Ele estava foragido, mas se entregou acompanhado de um advogado. Os policiais desaparecidos desde novembro de 2016 estariam envolvidos com crimes de extorsão, assaltos e associação criminosa envolvendo outros policiais militares do Maranhão, segundo revelado pela Secretaria de Segurança Pública na manhã de quarta-feira (31). A polícia crê que eles estão mortos, mas os corpos nunca foram encontrados. Vítimas e acusados estavam envolvidos em atividades ilícitas, como extorsão, na região de Buriticupu - conforme o comando da Secretaria de Segurança Púbica do Maranhão; O motivo do desaparecimento do cabo Júlio César da Luz Pereira e do soldado Carlos Alberto Constantino Sousa, não estaria relacionado com o exercício de atividades policiais líticas, mas sim de desentendimentos com outros componentes da quadrilha da qual eram parte. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), o tenente Josuel Alves de Aguiar foi preso em São Luís e o soldado Tiago Viana Gonçalves foi preso em Bom Jesus das Selvas.

Continuar lendo Militar envolvido na morte dos colegas em Buriticupu se apresenta ao quartel
Assalto frustrado em Bacabeira! Três bandidos mortos e dois policiais feridos na troca  de tiros
Polícia Militar frusta assalto em Bacabeira: três bandidos tombam

Assalto frustrado em Bacabeira! Três bandidos mortos e dois policiais feridos na troca de tiros

Em ação coordenada pela Superintendência de Investigações Criminais (Seic) com apoio do Serviço de Inteligência da Polícia Militar, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) evitou na manhã desta segunda-feira (12) um assalto à agência dos Correios no município de Bacabeira. Durante a abordagem da polícia houve troca de tiros onde dois policiais foram feridos e três assaltantes morreram. Os policiais militares foram socorridos pelo Grupo Tático Aéreo (GTA) e levados ao Hospital do Servidor, em São Luís. Os corpos dos assaltantes foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) em São Luís. Dois dos assaltantes foram identificados: Charlison Sá Lelis, conhecido como Bruxo e Erivaldo Santos Sousa, o Wal. O superintendente da Seic, delegado André Gossain, explicou que o trio já estava sendo monitorado pela Seic. “Dois deles participaram do assalto à agência do Itaú na semana passada em São Luís e também eram foragidos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas”, contou. Na operação, a polícia apreendeu um veículo prata de placa NHI 8920, utilizado pelos assaltantes durante a ação, além de duas pistolas e um revólver calibre

Continuar lendo Assalto frustrado em Bacabeira! Três bandidos mortos e dois policiais feridos na troca de tiros
Ao assumir, Flávio Dino deve anular medida de Melo que extingue cargos de soldado e cria alta patente
Arnaldo Melo corta soldados e cria cargos para altas patentes na PM

Ao assumir, Flávio Dino deve anular medida de Melo que extingue cargos de soldado e cria alta patente

O governador eleito, Flávio Dino, que assume o cargo daqui a 4 dias, comentou em seu microblog que a criação de cargos, ao pagar das luzes da atual gestão, por meio de medida provisória, é inconstitucional e por isso poderá ser anulada. Refere-se aos cargos de alta patente na Polícia Militar do Maranhão, criados pelo governador interino Arnaldo Melo (PMDB) no último dia 18 de dezembro, ao mesmo tempo que extinguiu 74 vagas de soldados concursados que serviriam ao Estado. A medida provisória tem data de 10 dias atrás, mas só foi publicada na última sexta (26), pelo Diário Oficial da Assembleia Legislativa. A criação de 28 cargos de alta patente na Polícia Militar pelo governador interino teve como consequencia a extinção de 74 cargos de soldados, que fariam policiamento ostensivos nas ruas do Estado. Com a substituição, o Maranhão terá menos policiais nas ruas e mais 28 policiais em cargos de chefia. O déficit final é de menos 74 homens, já que os 28 novos cargos de chefia são providos por militares que já pertencem à corporação. Segundo a Medida Provisória assinada por Melo no fim do mandato-tampão em que substitui Roseana Sarney, seriam criadas 4 vagas de coroneis, 9 cargos de tenente coroneis e 15 vagas para major.

Continuar lendo Ao assumir, Flávio Dino deve anular medida de Melo que extingue cargos de soldado e cria alta patente
Ricardo Murad, secretário de Saúde e Segurança, fala de “renovação histórica” nos quadros da PM do Maranhão
Roseana assina Medida Provisória da PM, negociada por Ricardo Murad

Ricardo Murad, secretário de Saúde e Segurança, fala de “renovação histórica” nos quadros da PM do Maranhão

A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, assinou, na sexta-feira, 18, a Medida Provisória nº 173/2014, que garante benefícios aos integrantes da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). Entre as determinações, o documento acelera as promoções, cria novos cargos de coronel e diminui o tempo de interstício (prazo para ascensão de posto). A decisão é coadjuvada pelo secretário de Saúde, acumulando o cargo de secretário de Segurança Pública, Ricardo Murad, que classifica de "histórica" a renovação nos quadros da PMMA. O ato da governadora ocorreu após uma série de protestos e caras feias por parte de centenas de integrantes dos quadros da Polícia Militar do Maranhão. No último, os militares se amotinaram no pátio da Câmara Municipal de São Luís por vários dias como parte da luta para conseguir direitos que lhes foram negados ao longo do tempo. A participação do secretário de Saúde, Ricardo Murad, que passou a acumular a pasta da Segurança Pública, com a saída de Aluísio Mendes, foi decisiva para o término de movimento. No ato da concessão dos benefícios, Roseana Sarney disse ser “essa mais uma medida de valorização da tropa, já beneficiada recentemente com o reajuste das gratificações pelo exercício de função e pela garantia de poder levar para a reserva a remuneração da última patente, mesmo que não tenha ficado cinco anos no último posto”.

Continuar lendo Ricardo Murad, secretário de Saúde e Segurança, fala de “renovação histórica” nos quadros da PM do Maranhão

Represália por telefone! Após críticas ao Governo do Maranhão, coronel Melo é exonerado.

O coronel Francisco Melo da Silva foi exonerado do cargo de comandante do Policiamento do Interior (CPI) nesta sexta-feira (21). O oficial comunicou a sua exoneração do cargo através  do…

Continuar lendo Represália por telefone! Após críticas ao Governo do Maranhão, coronel Melo é exonerado.

Cai o comandante da Polícia Militar. Aluísio Mendes ficaria para a próxima – e eventual – crise…

Os últimos acontecimentos, com ataques a trailers da PM, a morte de um soldado e ferimentos a bala eum sargento precipitaram os acontecimentos e levaram a governadora Roseana Sarney a exonerar, neste dia 11, no finalzinho da tarde, o coronel Franklin Pacheco do comando da Polícia Militar do Maranhão. A notícia pegou boa parte de militares reunidos na Fetiema, e, ali mesmo, ficou decidido que todos iram para a Praça Deodoro da Fonseca, terminar publicamente a manifestação. Aos policiais militares, juntaram-se policiais civis, familiares, amigos e gente curiosa. Muitos falaram em comemoração pela queda do comandante, outros de manifestação contra a violência que feriu de morte a própria PM. ALUISIO NA MIRA Desde as primeiras horas da tarde, circulavam boatos de que o Palácio dos Leões tomaria uma decisão em relação à cúpula da Segurança Pública do Maranhão. O secretário Aluisio Mendes, segundos esses comentários, era a bola da vez. Mas não aconteceu. Ele foi chamado para comunicar a exoneração do coronel Franklin do comando da PMMA, de quem é superior, hierarquicamente..

Continuar lendo Cai o comandante da Polícia Militar. Aluísio Mendes ficaria para a próxima – e eventual – crise…