Uber admite que Hackers roubaram dados de 57 milhões de utilizadores do aplicativo

A Uber confirmou, esta terça-feira, que em 2016 piratas informáticos conseguiram obter nomes, emails e números de telefone de 57 milhões de utilizadores da plataforma de transporte. 600 mil condutores norte-americanos foram afetados. A informação sobre o roubo de dados foi escondida do público pela empresa e revelada agora pelo atual CEO, Dara Khosrowshah, depois de a "Bloomberg" ter avançado com a notícia. Segundo o responsável pela Uber, os dois suspeitos de se infiltrarem no servidor externo de armazenamento de informação estão identificados e foram tomadas, ainda em 2016, todas as medidas para que as informações descarregadas fossem destruídas, não existindo qualquer registo de que os dados tenham sido usados para fins maliciosos.

Continuar lendo Uber admite que Hackers roubaram dados de 57 milhões de utilizadores do aplicativo