Manchete de O Imparcial sobre a violência urbana recebe menção do Tribunal de Justiça
Manchete do jornal O imparcial comove a 4a. Câmara Cível do TJ

Manchete de O Imparcial sobre a violência urbana recebe menção do Tribunal de Justiça

Os desembargadores que compõem, atualmente, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) aprovaram moção de cumprimentos à direção do jornal O Imparcial, pela capa da edição de 15 de dezembro, que traz um alerta sobre o número recorde de assassinatos registrados na região metropolitana de São Luís em 2014. Com a manchete “Vidas Perdidas”, o jornal publicou em sua capa os nomes de todas as mais de mil pessoas que perderam suas vidas, vítimas da violência neste ano, segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão. O levantamento aponta 2014 como o ano mais violento da capital maranhense, e São Luís como a segunda cidade brasileira com maior registro de homicídios. Autor da proposta, o desembargador Marcelino Everton, atual presidente da 4ª Câmara Cível, disse que será enviado expediente ao diretor de Redação de O Imparcial, Raimundo Borges, cumprimentando o periódico pelo que a própria publicação definiu como “chamamento a todos para uma tomada de atitude”. “Que sirva de reflexão para todos”, resumiu Marcelino Everton, que recebeu manifestações de apoio dos desembargadores Jorge Rachid, Jamil Gedeon e do juiz Luiz Gonzaga Almeida Filho, substituto de 2º grau.

Continuar lendo Manchete de O Imparcial sobre a violência urbana recebe menção do Tribunal de Justiça
“Pirata da Litorânea” ganha ateliê, notoriedade e será atração turística da cidade de São Luís
Depois da repercussão do "reboque", as benesses...

“Pirata da Litorânea” ganha ateliê, notoriedade e será atração turística da cidade de São Luís

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior garantiu assistência ao senhor Antônio Carlos Silva, proprietário do Fusca irregular retirado da Avenida Litorânea nesta quarta-feira (12), por recomendação do Ministério Público do Maranhão (MPMA) O Imparcial On Line Depois da grande repercussão do drama do “Pirata da Litorânea” e da comoção de vários artistas nas redes sociais, a prefeitura através de um comitê resolveu fazer a doação de um barco, que será colocado no parque da Avenida Litorânea, onde funcionará como ponto turístico da cidade. Antonio Carlos, o "Pirata da Litorânea" morava dentro do veículo, um Fusca, que estava estacionado na Avenida Litorânea, próximo ao parquinho, há cerca de três anos. Na quarta-feira (12), agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), tiraram o carro da avenida e o caso ganhou repercussão nas redes sociais e mobilizou vários internautas. De acordo com a SMTT o carro não possui documentação e por isso foi retirado. Diante dos vários pedidos de ajuda ao humilde artista, a prefeitura formou um comitê específico para discutir o que deveria ser feito diante da situação. Na reunião com os secretários Lula Fylho e Rodrigo Marques sugeriram o aproveitamento do artista e seu veículo dentro do próprio parque da Avenida Litorânea. Ele serviria como uma atração turística e o artista ganhará o “Ateliê do Pirata”. Uma campanha foi criada nas redes sociais “Ajude o Pirata da Litorânea”, com o objetivo de regularizar a documentação do veículo. Muitas internautas aproveitaram a ocasião para pedir ao apresentador Luciano Huck da Rede Globo para participar do seu programa no quadro “Lata Velha”.

Continuar lendo “Pirata da Litorânea” ganha ateliê, notoriedade e será atração turística da cidade de São Luís