Parque do Itapiracó: um novo olhar humano para a cidade de São Luís

Numa cidade em que o verde está desaparecendo com uma velocidade espantosa, os rios morreram ou se transformam  em esgotos à céu aberto e carece de espaços públicos de convivência e lazer, merece toda a consideração a inauguração, agora no final de julho, de  uma série de melhorias e equipamentos pelo governador Flávio Dino e o secretário estadual de  Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coêlho,  no que denominaram Complexo Ambiental da APA do Itapiracó, em São Luís do Maranhão.   Pelo menos parou a indignação de quantos circundavam a APA ou dela já faziam uso para as suas atividades físicas ou de lazer. “Essa é a nossa concepção de valorização dos espaços públicos, democráticos, gratuitos compreendendo que uma cidade mais humana é um direito”, disse Flávio Dino na oportunidade, definindo a amplitude do que é hoje uma área   totalmente revitalizada pelo Governo do Estado e beneficiada com a inclusão de equipamentos de lazer,  espaços de entretenimento e cultura e recuperação de áreas verdes.   Para o secretário de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, o que foi feito com a  APA do Itapiracó constitui-se "num marco na história do Maranhão, por ter se transformado  no maior centro de lazer do Estado e a primeira de muitas outros que o Governo entregará por todo o Maranhão, a exemplo dos que estão em construção nas cidades de Balsas e Codó":   - “Estamos implantando um modelo de preservação sustentável. Vamos 'refuncionalizar' essas áreas já ocupadas com equipamentos urbanos de qualidade e voltados para o uso sustentável de suas dependências pela comunidade”.

Continuar lendo Parque do Itapiracó: um novo olhar humano para a cidade de São Luís

Flávio Dino institui por decreto programa ‘Maranhão Verde’ de recuperação do meio ambiente

No Dia Mundial do Meio Ambiente, o governador Flávio Dino assinou o decreto que institui o programa de apoio à conservação e à recuperação ambiental, o ‘Maranhão Verde’. Executado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), a intenção é lançar um conjunto de ações estratégicas para preservação das matas ciliares e das nascentes do Rio Itapecuru, um dos maiores do Estado, além de medidas importantes de proteção ambientação. O governador Flávio Dino destacou que há um compromisso da gestão do Governo do Estado com os princípios constitucionais inscritos no artigo 225 da Constituição Federal atinentes à proteção do meio ambiente, por isso a preocupação e implementar um programa como ‘Maranhão Verde’. “O programa ocupa exatamente esse espaço de coerência entre o nosso discurso e a prática, porque é um conjunto de iniciativas que vão desde a educação ambiental até a previsão de bolsas para o engajamento de famílias na recuperação das matas ciliares, das margens dos rios, das nascentes, isso tudo compondo um conjunto de intervenções práticas, neste caso voltadas prioritariamente a preservação dos nossos rios. Vamos começar esse trabalho pela Bacia do Rio Itapecuru, no caso no âmbito do Parque Estadual do Mirador”, explicou o governador, informando que posteriormente chegará a outras regiões do estado: “mostrando que neste dia mundial do meio ambiente nós temos ações práticas, concretas para reafirmar essa visão de que desenvolvimento tem que ser sustentável, tem que ser para as atuais e as futuras gerações”. O secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, explica que o Maranhão Verde terá como uma das ações a abertura de edital para seleção de famílias que deverão, a partir do recebimento da Bolsa Maranhão Verde, realizar ações de conservação e recuperação nas áreas do projeto, tais como plantio de mudas nativas, isolamento da área para proporcionar a regeneração natural e enriquecimento de áreas utilizando a técnica da ‘nucleação’.

Continuar lendo Flávio Dino institui por decreto programa ‘Maranhão Verde’ de recuperação do meio ambiente

Maranhão firma entendimento que celebra parceria climática entre os governos da Amazônia Legal

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), assinou memorando de entendimento que celebra parceria entre os governos, que fazem parte o Fórum de Governadores da Amazônia Legal, e a Força Tarefa dos Governadores para Clima e Florestas (GCF) e Corporação de Fomento Andino (CAF), durante o 14º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, que aconteceu em Rondônia, dias 04 e 05 de maio. Tal compromisso do Governo de Flávio Dino com o desenvolvimento sustentável foi reafirmado em evento internacional, no México, durante Reunião Anual do GCF, que aconteceu em agosto de 2016. O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), Marcelo Coelho, participou do evento representando o Governo do Maranhão, sendo inclusive quem fez essa articulação, durante um ano, para a entrada do estado no GCF. Até 2015 o Maranhão estava fora do grupo, mas, desde 2016, tem assento oficial. A entrada do Maranhão no GCF como Observador em 2015 deu-se pelo esforço Secretário Marcelo Coelho, em conjunto com o do vice-governador Carlos Brandão, que após tomarem conhecimento desse importante grupo em Reunião dos Governadores da Amazônia Legal, imediatamente solicitaram o ingresso do Estado. Depois de cumprir a exigência de participar da Reunião Anual em 2015 (Barcelona, Espanha) e ser Observador por um ano, o Estado finalmente recebeu a votação exigida, tornando-se novo membro, em cerimônia realizada neste encontro do México. Ao ingressar no GCF, o Maranhão pactua metas com os demais Estados/províncias detentores de florestas tropicais ao redor do mundo, alinhando-se á tão discutida visão contemporânea de sustentabilidade. Antes disso, porém, “o Maranhão compromete-se com ele mesmo”, afirmou o secretário Marcelo Coelho. “Estamos trabalhando firmes para cumprir as metas do Estado na questão ambiental e, assim, contribuir com o esforço dos demais estados/países na preservação de suas florestas. Não é tarefa fácil compatibilizar desenvolvimento econômico com preservação ambiental, mas o Maranhão tem buscado apoio em outros Estados, trocado experiências e se esforçado bastante no processo de implementação da política ambiental. Receber a votação e o reconhecimento dos membros efetivos do GCF, no México, parece sinalizar que o Estado está no rumo certo”, destacou Coelho. Atualmente, são 29 estados e províncias de 08 países que integram essa força tarefa: Brasil, Espanha, Estados Unidos, Indonésia, México, Nigéria, Peru e Costa do Marfim. Do Brasil, além do Maranhão, ainda participam Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Tocantins e Rondônia.

Continuar lendo Maranhão firma entendimento que celebra parceria climática entre os governos da Amazônia Legal

Governo realiza encontro para fortalecer a gestão ambiental municipal

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), realizou, quarta-feira (20), o encontro ‘Noções de Gestão Ambiental Municipal’. “A ideia é somar esforços no sentido de ampliar o alcance e a luta pela preservação do meio ambiente, estabelecendo parceria entre o Governo do Estado e as Prefeituras”, explicou o secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho. Os prefeitos e gestores municipais presentes debateram vários assuntos, entre os quais os programas e projetos da Sema, como: Introdução a Legislação Ambiental; Estruturação do Sistema Municipal de Meio Ambiente; e Políticas de Licenciamento, Fiscalização, Gestão de Resíduos, Cadastro Ambiental Rural (CAR), Educação Ambiental e Biodiversidade. De acordo com o prefeito eleito de Morros, João Batista Diniz, o encontro foi de extrema importância para os municípios. “Dependemos do meio ambiente para sobreviver. Parabenizo o Governo do Estado pela iniciativa, por buscar fortalecer os laços com os municípios.

Continuar lendo Governo realiza encontro para fortalecer a gestão ambiental municipal
Sema vistoria obras do Complexo Ambiental  do Itapiracó, que já é sucesso de público
O secretário do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, fica satisfeito com as obras do complexo que reúne espaços para prática do esporte e do lazer.

Sema vistoria obras do Complexo Ambiental do Itapiracó, que já é sucesso de público

As obras para construção do Complexo da Área de Preservação Ambiental (APA) do Itapiracó foi vistoriada na segunda-feira (9) pelo titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), Marcelo Coelho. A APA do Itapiracó está localizada entre os bairros do Turu, Parque Vitória e Cohatrac. O objetivo da visita foi vistoriar o andamento das obras, averiguar a situação do entorno da APA, bem como se inteirar de aspectos técnicos do edifício que será sede da Sema. O complexo, quando pronto, abrigará espaços de lazer, esporte e cultura dedicados à comunidade do entorno. O secretário Marcelo Coelho ficou satisfeito com a condução dos trabalhos. “O prédio da Sema, além dos ambientes técnicos e espaços voltados ao público e aos funcionários, representa a nova arquitetura com princípios sustentáveis de aproveitamento de recursos naturais bem como um espaço exclusivo representativo da biodiversidade do Maranhão”, disse Coelho.

Continuar lendo Sema vistoria obras do Complexo Ambiental do Itapiracó, que já é sucesso de público
Prefeitura de São Luís assina contrato dos prestadores de serviço do Banco da Cidade
Roberto Rocha, Roberto Júnior e Marcelo Coêlho na Secretaria de Agricultura: os primeiros agentes assinam contrato para trabalhar no Banco da Cidade

Prefeitura de São Luís assina contrato dos prestadores de serviço do Banco da Cidade

O VICE-REFEITO ROBERTO ROCHA REAFIRMOU O COMPROMISSO DA PREFEITURA E DO BANCO DO NORDESTE DE INJETAR R$ 150 MILHÕES PARA MICROEMPREENDEDORES DA CAPITAL O vice-prefeito Roberto Rocha participou, nesta quinta-feira (30), da assinatura do contrato de prestação de serviço dos 28 agentes que irão trabalhar no Banco da Cidade, em solenidade realizada na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa). O programa foi lançado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior em outubro passado, quando foi assinado acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura de São Luís e o Banco do Nordeste, que prevê investimento de mais R$ 150 milhões para a ampliação de microempreendimentos na capital. - “Hoje estamos contratando os primeiros jovens que foram capacitados para oferecer o crédito para os microempreendedores investirem em seus negócios. Essa parceria entre a Prefeitura e o Banco do Nordeste injetará até R$ 150 milhões na economia da cidade e dará oportunidade às pessoas que mais precisam de ajuda: o pequeno empreendedor e os jovens que estão dispostos a contribuir para o desenvolvimento econômico das famílias de São Luís”, disse o vice-prefeito e presidente do Consorcio Intermunicipal de Produção e Renda (Cinpra), Roberto Rocha.

Continuar lendo Prefeitura de São Luís assina contrato dos prestadores de serviço do Banco da Cidade