Protesto de rua cobra justiça pelo assassinato a tiro de jovem dentro de ônibus na Cohab
Manfestação e protestos, na Cohab: que a morte de Rondinely não seja em vão...

Protesto de rua cobra justiça pelo assassinato a tiro de jovem dentro de ônibus na Cohab

Na tarde desta quarta-feira, 6, amigos e familiares de Rodinely Ferreira Da Costa, 18 anos, realizaram uma manifestação no bairro Cohab, em São Luís, em protesto ao assassinato do jovem. O ponto de encontro dos participantes foi na frente do Terminal de Integração Cohab/Cohatrac, em seguida todos saíram em caminhada pela Avenida Jerônimo de Albuquerque na Cohab e pararam na frente da Maternidade Marly Sarney, amigos da vítima se ajoelharam e fizeram uma oração pedindo proteção e paz. "Queremos justiça pela morte do nosso amigo, ainda não caiu à ficha, ele era muito divertido", afirmou a estudante, Bianca Reis. Nem a chuva que caiu no meio da tarde, desanimou os manifestantes que seguiram com a caminhada. Por diversas vezes eles fizeram paradas para lembrar do amigo e gritar palavras de justiça e apelar por segurança.

Continuar lendo Protesto de rua cobra justiça pelo assassinato a tiro de jovem dentro de ônibus na Cohab
Militares do MA externam sua insatisfação com o governo Roseana Sarney e antecipam protestos
PMs e bombeiros foram protestar em frente ao Palácio dos Leões

Militares do MA externam sua insatisfação com o governo Roseana Sarney e antecipam protestos

A governadora Roseana Sarney (PMDB) está diante de um movimento reivindicatório de policiais militares e bombeiros que decidiram, em assembleia geral, na noite de quarta-feira (26), dar início a uma “operação tartaruga”. O fato ocorre em meio à grave crise na área da segurança pública, caos no sistema penitenciário e aumento percentual nas estatísticas de homicídios da Grande São Luís. Lemos no Jornal Pequeno que o movimento – chamado de “Operação Legal” pela categoria – já começou ontem mesmo, e consiste em agir somente dentro do que determina a lei, principalmente em casos de abordagens (veja quadro abaixo). Essa espécie de “greve branca” será cumprida até o dia 13 de março, quando se realizará nova assembleia geral da categoria para deliberar sobre possível paralisação por tempo indeterminado.

Continuar lendo Militares do MA externam sua insatisfação com o governo Roseana Sarney e antecipam protestos
Manifestação na Vila Jaracaty: Prefeitura faz acordo com lideranças comunitárias
A interdição da Vila Jaracaty pedindo melhorias que a prefeitura prometeu realizar

Manifestação na Vila Jaracaty: Prefeitura faz acordo com lideranças comunitárias

Lideranças da Vila Jaracaty, que organizaram manifestação nesta segunda-feira (25) com interdição da ponte Bandeira Tribuzzi, foram recebidos pelo secretário de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo, com quem negociaram uma pauta de reivindicações e montaram uma comissão para diálogo permanente com a Prefeitura. A manifestação desta segunda-feira, na avaliação de Araújo, foi um gesto extremo, “já que a prefeitura tem feito ações na área e adotado as providências necessárias para garantir os recursos que estavam na iminência de serem perdidos por causa de erros no projeto e na execução das obras”. Mesmo assim, ele compareceu ao local do protesto atendendo determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior e depois recebeu uma comissão na Secretaria.

Continuar lendo Manifestação na Vila Jaracaty: Prefeitura faz acordo com lideranças comunitárias
Cerca de 50 pessoas presas no DF por protestar contra regalias a mensaleiros
Objetos apreendidos com manifestantes presos pela PM-DF nesta sexta (15) (Foto: Filipe Matoso/G1)

Cerca de 50 pessoas presas no DF por protestar contra regalias a mensaleiros

G1 Brasília Segundo major, houve 'risco real' de invasão dos edifícios em manifestação. Advogado diz que prisão foi arbitrária e que tentará liberdade provisória. A Polícia Militar do Distrito Federal informou que levou para a delegacia cerca de 50 pessoas nesta sexta-feira (15) após manifestação na Praça dos Três Poderes, em Brasília, local onde estão localizados o Supremo Tribunal Federal (STF), o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional. Segundo a PM, os manifestantes foram detidos ao romperem barreiras de proteção do STF e do Planalto; cerca de 14 eram menores e foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente. De acordo com os próprios manifestantes, um dos motivos do protesto era o que chamaram de "regalias" para os condenados no processo do mensalão presos nesta sexta, como o fato de não terem sido usadas algemas nas prisões. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, expediu mandado de prisão de 12 réus no meio da tarde.

Continuar lendo Cerca de 50 pessoas presas no DF por protestar contra regalias a mensaleiros
Manifestação dos policiais pedindo saída do secretário termina em frente ao plantão da RFFSA
Ato final das manifestações de ontem dos policiais, em São Luís

Manifestação dos policiais pedindo saída do secretário termina em frente ao plantão da RFFSA

Em princípio, quando o movimento começou, na Praça Deodoro, a intenção era chegar ao Palácio dos Leões. Mas p ato realizado por policiais militares e bombeiros hoje (12) pela manhã e que teve também a participação de esposas dos militares, terminou com a realização de uma reunião em frente ao prédio do plantão central na REFSA. Antes, os participantes fizeram uma manifestação em frente a ponte do São Francisco e fecharam o trânsito por um prazo de trinta minutos, reforçando o pedido pela saída do secretario de Segurança Aluísio Mendes. O ato foi citado como uma das manifestações que serão feitas pelos policiais militares até que ocorra a troca de comando na Secretaria de Segurança e Aluísio Mendes seja exonerado. Com os gritos de “Fora Aluísio”, os policiais também enfatizaram que apenas a troca do comando da PM não é satisfatória sendo necessária a saída do secretario.

Continuar lendo Manifestação dos policiais pedindo saída do secretário termina em frente ao plantão da RFFSA
Policiais militares vão ao Palácio dos Leões pedir a cabeça de Aluísio Mendes
Policiais militares acham que só a demissão do comandante da PM não basta...

Policiais militares vão ao Palácio dos Leões pedir a cabeça de Aluísio Mendes

Danou-se. Policiais militares voltaram a se aglutinar, esta manhã, na Praça Deodoro, centro de São Luís, e, de lá, marcham em direção ao Palácio dos Leões. Vão pedir, pasmem, segurança para os militares e a troca do secretário de Segurança Pública, Aluisio Mendes. Um dos líderes dos policiais, o Cabo Campos disse, agora há pocuo, em entrevista à Rádio Capital AM, que a demissão apenas do comandante da PMMA, coronel Franklin Pacheco, não satisfaz a tropa. "Quem comanda a segurança pública é o secretário, e Aluísio Mendes não nos representa", disparou. Ao longo do percurso, mais policiais vão se juntando à manifestação e não há previsão de como o movimento vai terminar.

Continuar lendo Policiais militares vão ao Palácio dos Leões pedir a cabeça de Aluísio Mendes
Assassinato de jovem de 20 anos, no Cohatrac, leva população às ruas
Manoel Guimarães Neto, mais uma vítima da falta de segurança pública em São Luís.

Assassinato de jovem de 20 anos, no Cohatrac, leva população às ruas

Uma manifestação popular vai mostrar como São Luís ainda se assusta e se indigna com fatos como este: um jovem de 20 anos, Manoel Guimarães Neto, participante de um grupo de jovens da igreja do bairro, foi morto com um tiro na nuca, sexta-feira (18) à noite, no Cohatrac. Neto havia estacionado o seu automóvel na porta da casa de um amigo, quando foi abordado, com violência. Dois bandidos sem alma não levaram apenas o veículo, também tiraram a vida de Manoel, com um tiro na nuca. A Polícia Militar localizou o veículo no sábado, abandonado próximo à Marcopol, no bairro da Forquilha. É dever do Sistema de Segurança Pública encontrar e punir os assassinos, levando-os à cadeia.

Continuar lendo Assassinato de jovem de 20 anos, no Cohatrac, leva população às ruas
PM evita invasão  ao hospital onde Sarney está internado
Manifetação e tumulto na frente do Sírio Libanês

PM evita invasão ao hospital onde Sarney está internado

Foi preciso a Polícia Militar usar gás de pimenta, na noite desta terça-feira (13), para reprimir uma tentativa de invasão ao Hospital Sirio-Libanês – o mesmo onde está internado o senador José Sarney (PMDB-AP). O centro médico foi o destino de um grupo de cerca de 50 pessoas que protesta por melhorias na saúde pública em São Paulo.

Continuar lendo PM evita invasão ao hospital onde Sarney está internado