Debandada? Mais Médicos tem 14 cubanos que desistiram do programa
Seria o começo de uma debandada? Os cubanos começam a desistir do Mais Médicos...

Debandada? Mais Médicos tem 14 cubanos que desistiram do programa

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, confirmou, durante audiência na Câmara de Deputados, que pelo menos 14 profissionais cubanos do Mais Médicos já desistiram do programa. Mesmo assim, afirmou o ministro, a taxa de médicos cubanos abandonando o programa do governo é a mais baixa entre todas as nacionalidades de profissionais envolvidas no Mais Médicos. De acordo com dados do Ministério, divulgados essa quarta-feira em audiência na Câmara, a maior taxa de desistência de profissionais pertence aos brasileiros, com 8,4% dos médicos inscritos já fora da iniciativa. Entre os estrangeiros que, individualmente, se candidataram e juntaram ao Mais Médicos, 0,8% já abandonaram. No caso de profissionais cubanos, essa taxa está nos 0,1%. Até ao final de março, o número de médicos cubanos que tinha desistido era de sete profissionais ao abrigo do convênio com a Opas. Os últimos dois abandonos foram registrados essa terça-feira (3), conta a Folha de São Paulo.

Continuar lendo Debandada? Mais Médicos tem 14 cubanos que desistiram do programa

Cubana pula fora do “Mais Médicos” para pedir asilo político ao Brasil

MÉDICA DEIXA O PACAJÁ, NO PARÁ, E VIAJA PARA BRASÍLIA PARA SE REFUGIAR NA CÂMARA DOS DEPUTADOS Uma cubana que se apresentou como profissional participante do programa Mais Médicos abandonou o projeto, refugiou-se nesta terça-feira, 04, dentro da Câmara dos Deputados e promete pedir asilo ao governo brasileiro. Ramona Matos Rodríguez, de 51 anos, disse ter deixado no sábado, 01, a cidade paraense de Pacajá, onde outros seis estrangeiros atenderiam no Mais Médicos, e viajou para Brasília. A médica declarou ter decidido abandonar o programa ao descobrir que o salário pago aos profissionais de outras nacionalidades era de R$ 10 mil, valor que não teria sido informado pelas autoridades cubanas. Segundo relato de Ramona, ela decidiu contatar a liderança do Democratas na Câmara depois de falar por telefone com uma amiga em Pacajá. Esta pessoa lhe teria dito que agentes da Polícia Federal estiveram na cidade paraense em busca de Ramona e também que o telefone da cubana estava grampeado. O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), que chegou a levar a médica cubana ao plenário da Casa para denunciar o que chamou de "uso de trabalho escravo" pelo programa, disse que Ramona vai ficar instalada dentro do gabinete da liderança do partido enquanto o governo não deliberar sobre o pedido de asilo. Ela também colocou o espaço da liderança "à disposição" de outros médicos cubanos que queiram se asilar.

Continuar lendo Cubana pula fora do “Mais Médicos” para pedir asilo político ao Brasil
Mais três mil médicos cubanos chegam ao Brasil na segunda-feira
Mais médicos cubanos chegam para suprir a demanda na área.

Mais três mil médicos cubanos chegam ao Brasil na segunda-feira

Agência Estado Mais 3.000 médicos cubanos chegam ao Brasil a partir desta segunda-feira, 4, para ocupar vagas remanescentes da segunda etapa do Programa Mais Médicos, informou, neste sábado, 2, o Ministério da Saúde. A maior parte desses profissionais, 2.600 médicos, desembarcará no País até o dia 10 de novembro nas capitais onde vão cursar o módulo de avaliação do programa. A chegada dos 400 restantes está prevista para a semana seguinte. Os profissionais vão preencher as vagas, de acordo com o Ministério da Saúde, que não foram ocupadas por candidatos brasileiros e demais estrangeiros. Os 3.000 médicos cubanos devem começar a atuar nos municípios em dezembro. No total, o programa deverá beneficiar mais 10,3 milhões de pessoas que habitam regiões carentes como o interior e periferias de grandes cidades brasileiras.

Continuar lendo Mais três mil médicos cubanos chegam ao Brasil na segunda-feira
Programa ‘Mais Médicos’ aprovado pelo Senado tira CRMs da jogada
Símbolo do "Mais Médicos", programa aprovado no Senado Federal

Programa ‘Mais Médicos’ aprovado pelo Senado tira CRMs da jogada

(G1) O Senado aprovou nesta quarta-feira (16) a medida provisória que cria o Mais Médicos, programa do governo federal que prevê a contratação de profissionais brasileiros e estrangeiros para atuar em áreas carentes do interior do país e na periferia das grandes cidades. A MP foi aprovada com texto igual à versão aprovada na Câmara, e segue agora para sanção presidencial. Na Câmara, a matéria foi debatida no plenário por cerca de 12 horas, ao longo de dois dias, até ter a aprovação concluída. No Senado, foram três horas de debate no plenário. Antes do plenário das duas casas, a MP tinha passado por uma comissão especial de parlamentares, onde foram protocoladas 567 sugestões de mudanças ao texto original. Diferentemente da MP original, encaminhada pelo Poder Executivo ao Congresso em julho, o texto modificado pelos parlamentares permite ao Ministério da Saúde fazer o registro de atuação provisória dos profissionais formados no exterior. A mudança foi introduzida devido a dificuldades de profissionais de fora obterem o registro nos conselhos regionais de Medicina. No entanto, a fiscalização continuará sendo feito pelos CRMs.

Continuar lendo Programa ‘Mais Médicos’ aprovado pelo Senado tira CRMs da jogada
Baixa internacional! Cubano dá adeus ao “Mais Médicos” de Dilma
Cubano "tira prá fora" e dá adeus ao "Mais Médicos" de Dilma

Baixa internacional! Cubano dá adeus ao “Mais Médicos” de Dilma

O médico cubano Bladimir Quintan Remedios, 49 anos, que desertou do seu país em 1996, ao fazer uma viagem de turismo para a Espanha, foi a primeira baixa internacional do programa Mais Médicos em Pernambuco. Lotado para trabalhar no Recife, ele retornou neste fim de semana para a Espanha, onde mora. Com 26 anos de experiência em Medicina Familiar, ele desistiu do programa e pediu oficialmente o cancelamento do registro provisório no Conselho Regional de Medicina (Cremepe), alegando dificuldade para trazer a família, formada por cinco pessoas. De acordo com o Ministério da Saúde, ele também explicou ter recebido uma proposta de emprego em Madri.

Continuar lendo Baixa internacional! Cubano dá adeus ao “Mais Médicos” de Dilma
Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos
CRMs obrigados a liberar registro para estrangeiros

Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos

O Conselho Federal de Medicina (CFM) orientou os conselhos regionais da categoria a emitirem os registros provisórios dos profissionais estrangeiros do programa Mais Médicos, desde que a documentação esteja "completa e sem inconsistências". O início do programa já foi adiado por causa da resistência dos CRMs, que entraram com várias ações judiciais contra o Mais Médicos. A nova orientação, segundo o CFM, foi dada depois de a Advocacia-Geral da União (AGU) ter manifestado, diante da Justiça do Rio Grande do Sul, o entendimento de que devem ser repassados aos conselhos regionais o endereço de trabalho e os nomes dos tutores e supervisores de cada um dos estrangeiros inscritos no programa.

Continuar lendo Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos
Político deixa o governo da Bahia para se empregar no “Mais Médico”
Alcântara: necessidade ou embromação?

Político deixa o governo da Bahia para se empregar no “Mais Médico”

O chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Relações Institucionais (Serin) da Bahia, Pedro Alcântara de Souza, apresentou-se à prefeitura de Juazeiro, no extremo norte do Estado, para integrar o programa Mais Médicos. Ele, porém, ainda não pediu a exoneração do governo estadual.

Continuar lendo Político deixa o governo da Bahia para se empregar no “Mais Médico”
454 cidades brasileiras recebem, hoje, “mais médicos”
"Mais médicos" começa a atender nas cidades

454 cidades brasileiras recebem, hoje, “mais médicos”

O desembarque de brasileiros em 454 cidades nesta segunda-feira, 02, marca a estreia de fato do Mais Médicos, programa lançado em julho pelo governo federal para ampliar a oferta de profissionais em áreas consideradas prioritárias. A chegada atenderá à demanda de apenas 13% dos municípios que se inscreveram na primeira etapa da iniciativa. Para São Luís, o Ministério da Saúde encaminhou 10 médicos pelo programa.

Continuar lendo 454 cidades brasileiras recebem, hoje, “mais médicos”
Médicos do programa do governo federal chegam dia 2 em São Luís
Mais médicos chegam para dar a atenção básica

Médicos do programa do governo federal chegam dia 2 em São Luís

Os médicos disponibilizados pelo programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, serão recebidos na próxima segunda-feira (02) pela Secretaria Municipal de Saúde, segundo informa a Comunicação do Município. De acordo com essas informações, as primeiras dez unidades de Saúde de São Luís a receber os médicos do programa ficam todas localizadas na Zona Rural. Todos os médicos são brasileiros, em sua maioria com formação no Maranhão.

Continuar lendo Médicos do programa do governo federal chegam dia 2 em São Luís
Sai primeira leva do “Mais Médicos” para 3.511 municípios brasileiros
Médicos selecionados vão ganhar R$ 10 mil

Sai primeira leva do “Mais Médicos” para 3.511 municípios brasileiros

O Ministério da Saúde informou, ontem (1º), que 1.753 médicos com diplomas de universidades brasileiras foram selecionados para trabalhar em 626 municípios, na primeira rodada do processo seletivo do programa Mais Médicos. Do total, 51,3% devem atuar em cidades do interior e 48,6% nas periferias de capitais e nas regiões metropolitanas.

Continuar lendo Sai primeira leva do “Mais Médicos” para 3.511 municípios brasileiros