Presidente da Uber visita país em semana de votação de apps de transporte de passageiros

Executivo passará pela capital federal na semana em que o Senado deve votar lei sobre aplicativos de transporte; empresas do setor são contra a medida O presidente da Uber, Dara Khosrowshahi, veio ao Brasil pela primeira vez nesta segunda-feira. Segundo a empresa, sua agenda no país “envolve encontros com funcionários e motoristas parceiros”. Apesar de não haver menção a encontros com parlamentares e autoridades, o executivo passará também por Brasília durante sua estadia. A visita ocorre na semana em que o Senado deve votar o projeto de lei que pretende regulamentar aplicativos de transporte – como Uber, Cabify e 99. A medida traz exigências, como a obrigação de motoristas de aplicativos possuírem carros com placas vermelhas, iguais às usadas pelos taxistas.  Khosrowshahi, ex-diretor-executivo do site de viagens Expedia, assumiu em agosto, dois meses após a saída de Travis Kalanick em meio a polêmicas na empresa. Segundo as companhias, o projeto quer inviabilizar a atuação dos aplicativos de transporte no país. O problema, segundo elas, é que a proposta aumenta a burocracia da plataforma e diminui a chance das pessoas gerarem renda ao impor uma série de exigências que poderiam inviabilizar o modelo privado. Protestos Motoristas da Uber iniciaram na manhã desta segunda-feira, Brasil a fora,  carreatas em protesto contra a o projeto de lei que será analisado no Senado,pelo Brasil. Em São Paulo, eles saíram da praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu, e têm como destino o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual.  Em São Luís, a concentração se deu na Avenida Litorânea, e ameaçou se transformar em carreata pelas ruas da cidade, contra orientação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT),

Continuar lendo Presidente da Uber visita país em semana de votação de apps de transporte de passageiros