Janot entrega ao STF lista com 54 suspeitos de envolvimento na Operação Lava-Jato
Rodrigo Janot requisitou a retirada do sigilo de todos os procedimentos levados à Suprema Corte

Janot entrega ao STF lista com 54 suspeitos de envolvimento na Operação Lava-Jato

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), na noite de ontem, a abertura de 28 inquéritos contra 54 pessoas, inclusive políticos, envolvidas na Operação Lava-Jato, que apura corrupção na Petrobras. Apesar de os nomes não terem sido divulgados, nos bastidores dos Três Poderes comenta-se que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estão na relação de Janot. A informação aprofundou ainda mais a crise política entre o Congresso e o Executivo, em dia tenso na capital federal. Os dois peemedebistas foram avisados por interlocutores palacianos de que estariam na mira do procurador-geral. Janot pediu também ao tribunal o arquivamento de sete casos analisados pelo Ministério Público. As petições do procurador-geral chegaram ao gabinete do ministro relator da Lava-Jato no STF, Teori Zavascki, que deve despachar favoravelmente pela abertura dos 28 inquéritos e pelo arquivamento das outras sete apurações.

Continuar lendo Janot entrega ao STF lista com 54 suspeitos de envolvimento na Operação Lava-Jato

Senador classificou de “terremoto político” a Operação Lava Jato que deve divulgar lista de políticos

Em visita à Câmara Municipal de São Luís, na manhã da última segunda-feira (2), o senador Roberto Rocha (PSB), classificou de ‘terremoto politico’ a Operação Lava Jato que esta semana vai avançar para o seu momento mais aguardado desde que foi deflagrada, há quase um ano, em 17 de março de 2014, que é a divulgação da lista de políticos citados na Operação Lava Jato, que devem chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) ainda nesta terça-feira (3) e seguir diretamente para o gabinete do ministro Teori Zavascki, relator na Corte dos casos envolvendo o esquema de corrupção na Petrobras. É aguardado ainda esta semana o pedido de abertura de inquéritos contra políticos envolvidos com o esquema de desvio de recursos da Petrobras. “O terremoto é por causa da lista que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedirá no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a abertura de inquéritos contra deputados, senadores e governadores.

Continuar lendo Senador classificou de “terremoto político” a Operação Lava Jato que deve divulgar lista de políticos