Suspeito de matar sobrinho do ex-presidente Sarney apresenta-se à polícia, nega o crime, mas fica preso

Suspeito de matar o publicitário Diogo Adriano Costa Campos, 41 anos,  sobrinho do ex-presidente José Sarney,  apresentou-se à polícia, ainda à noite de ontem,   mas negou o crime. Trata-se de Airton Campos Pestana. Acompanhado de advogado e do pai, dono de uma oficina na Venceslau Brás, na Camboa, e verdadeiro dono do Fiat Argo vermelho, Airton  garantiu ao delegado que passou a manhã na oficina e que ao meio dia foi almoçar com o pai, no Monte Castelo. Disse, ainda, que soube do caso depois que já estava sendo acusado pelo crime. E informou que desconfia de que o carro do pai teve as placas clonadas Antes mesmo do suspeito ir à Superintendência de Homicídios, Katia Campos, tia dele, procurou o blog do jornalista Gilberto Leda para dizer que o sobrinho era inocente, e que tudo seria esclarecido. Mesmo assim, ele ficou preso.

Continuar lendo Suspeito de matar sobrinho do ex-presidente Sarney apresenta-se à polícia, nega o crime, mas fica preso

Polícia Civil pode identificar a qualquer momento o autor do assassinato, a tiro, do sobrinho do ex-presidente Sarney

Crime de grande repercussão em todo o Maranhão, a Polícia Civil já teria identificado o proprietário do veículo Argo, de cor vermelha, ocupado por um homem que matou a tiro, por volta das 11:30 da manhã desta terça-feira (16), na Lagoa da Jansen,  o publicitário Diogo Adriano Costa Campos, 41 anos,  filho de Concy Sarney  e sobrinho do ex-presidente José Sarney. Segundo informações, a SSP ainda não sabe, porém, se o proprietário do veículo é mesmo que discutiu e matoum Diogo Adriano, após uma pequena colisão entre o Argo e o Kwid conduzido pela vítima, informações que estão sendo filtradas. Policiais da Delegacia de Homicídio que investigam o caso do assassinato do sobrinho-neto do ex-presidente da República, José Sarney, já podem afirmar  que o tiro foi dado de dentro do carro do homem que o matou. Ele permanece foragido, mas a polícia já sabe da identificação das placas do veículo.  Diogo é filho de Concy Sarney, filha de Evandro Sarney (falecido) e irmão de Gustavo Sarney, advogado que foi diretor do Fórum. Ele residia no Edifício São Gabriel, na  Rua Frei Antônio, Lagoa da Jansen. o assassinato ocorreu em frente ao Bar "Por acaso", na Lagoa da Jansen. Diogo discutira com o condutor do Argos, após uma colisão de pequena proporção. A Polícia deve divulgar nas próximas  horas o nome do homicida, já que uma câmera de vídeo teria registrado o episódio e mostrado modelo e até placas do Argo.

Continuar lendo Polícia Civil pode identificar a qualquer momento o autor do assassinato, a tiro, do sobrinho do ex-presidente Sarney

Roberto Rocha mostra a Edivaldo projeto de despoluição da Lagoa da Jansen

O Senador Roberto Rocha reuniu-se em São Luís, com o Prefeito da capital maranhense, Edivaldo Holanda Junior, para apresentar o projeto de saneamento ambiental e revitalização urbana da Lagoa da Jansen. Roberto Rocha apresentou também ao prefeito os projetos de sua autoria no Senado Federal para o desenvolvimento do turismo e geração de empregos de São Luís.

Continuar lendo Roberto Rocha mostra a Edivaldo projeto de despoluição da Lagoa da Jansen
Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen
Senador mostra os projetos que estão sendo gestados para a Lagoa

Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen

O projeto de recuperação ambiental da Lagoa da Jansen pode ser viabilizado com recursos de compensação ambiental devidos pela Petrobras ao Maranhão pelos danos causados no processo de instalação da Refinaria Premium I. Foi o acertado em reunião entre o senador Roberto Rocha (PSB-MA) e o ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, em Brasília. O senador solicitou ao ministro que intervenha para que seja feito o pagamento da parcela já vencida dessa compensação e defendeu que os recursos sejam destinados ao projeto da Lagoa da Jansen. “Apresentei o anteprojeto dessa recuperação ambiental ao governo do Estado. Mas entendo que posso contribuir não apenas com ideias, mas trabalhando para viabilizar esse e outros projetos ajudando a captar recursos do governo federal, organismos internacionais e até parceiros privados”,explicou o senador Roberto Rocha, que tem cumprido em Brasília uma extensa agenda de encontro com ministros e dirigentes de órgãos federais, sempre defendendo os interesses do Maranhão. A Petrobras assinou um Termo de Compromisso para Compensação Ambiental com o estado do Maranhão em função dos danos ambientais gerados pelos serviços de preparação do terreno, que atingiu flora nativa e nascentes de rios. Mesmo com a suspensão do projeto da refinaria, o meio ambiente já havia sido irreversivelmente atingido. O valor acertado foi parcelado em 15 vezes, das quais oito já foram pagas. A nona parcela, de cerca de R$ 7,5 milhões venceu em julho e ainda não foi quitada.

Continuar lendo Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen

Operação “Cidade Segura” vai à Lagoa da Jansen, hoje à noite

Preparem-se! A Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh) da Prefeitura de São Luís anunciou que realizará, na noite de hoje (31), a Operação “Cidade Segura” em bares e demais estabelecimentos de entretenimento, localizados na região da Lagoa da Jansen, na capital do Maranhão. A operação será deflagrada pela Blitz Urbana - órgão vinculado à Semurh - em parceria com o Ministério Público, Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A operação é para verificar e avaliar o cumprimento das normas de segurança de cada estabelecimento, de acordo com o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico (Lei 6.546/95) e o Código de Postura Municipal (1790/68). Portanto, além do movimento que já é intenso na área da Lagoa, os circunstantes terão que presenciar, também, as atividades da Operação “Cidade Segura”.

Continuar lendo Operação “Cidade Segura” vai à Lagoa da Jansen, hoje à noite

Bandidos tocam fogo em carro de advogado, na Lagoa da Jansen

Dois homens, que estavam em uma moto, incendiaram o carro de um advogado criminalista na Lagoa da Jansen, em São Luís, no fim da manhã desta terça-feira (8). A caminhonete preta, de placas NWY 7947, estava parada próximo ao escritório do advogado. Os homens quebraram o vidro da caminhonete e jogaram líquido inflamável dentro. Em seguida, atearam fogo. Ele dentro do escritório quando tudo ocorreu. Policiais da Superintendência de Investigações Criminais (Seic) foram ao local e solicitaram imagens do circuito de câmeras de vizinhos. Um dos criminosos estava armado.

Continuar lendo Bandidos tocam fogo em carro de advogado, na Lagoa da Jansen