Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap
Presidente da Emap, Ted Lago, e o diretor de Planejamento e Desenvolvimento da Emap, Jailson Luz. Foto: Divulgacão

Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap

O Porto do Itaqui, no Maranhão, se prepara para ser o principal ponto de escoamento da carne brasileira processada da região Centro-Norte do Brasil para o exterior. Com a série de novos investimentos do Governo do Maranhão, já em andamento, acompanhados das características do Porto, a expectativa é que o tempo dos processos burocráticos para a exportação caia em torno de 80% em relação aos trâmites tradicionais. O anúncio foi realizado pelo presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, nesta terça-feira (4), durante coletiva de imprensa na feira ‘Intermodal South América’, em São Paulo (SP). De acordo com o presidente da Emap, as negociações e tratativas para a inserção do Porto do Itaqui no mercado de exportação de carne processada levam em consideração também peculiaridades do Porto que o colocam em local de destaque, como sua profundidade, sua localização e principalmente a sua interligação ferroviária com a região. “Todos estes diferenciais, somados ao desempenho da nossa Receita Federal, considerada hoje mais eficiente, além de todos os investimentos em tecnologia por parte do Governo do Maranhão, irão garantir fretes mais competitivos, menos tempo e um processo muito mais dinâmico”, destacou Ted Lago. A modernização inclui diversas etapas, desde a inspeção até a emissão da documentação para exportação. Todas essas etapas reforçam a garantia da qualidade da carne, pela transparência do processo e pela tecnologia que está sendo investida. “Dentre as iniciativas, uma delas é eliminar o papel. A carga praticamente não vai parar. Vai sair da origem e ir quase direto para o destino final. Ou seja, vamos diminuir o máximo tempo possível de desembaraço do contêiner, passando de 60 horas para três a cinco horas, em média”, explicou Lago.

Continuar lendo Exportação de carne pelo Maranhão será 80% mais ágil, assegura Ted Lago, presidente da Emap
Itaqui apresenta lucro de 1.192% no 1º semestre de 2015 comparado ao mesmo período de 2014
Porto do Itaqui: lucro record espelha trabalho planejado e estruturado, segundo o presidente da Emap, Ted Lago.

Itaqui apresenta lucro de 1.192% no 1º semestre de 2015 comparado ao mesmo período de 2014

O Porto do Itaqui tem apresentado excelente desempenho desde o inicio do governo Flávio Dino. Recordes na movimentação de cargas aliados à redução de custos operacionais e de despesas administrativas ajudaram o porto a chegar à marca de R$ 31 milhões de lucro acumulado nestes seis primeiros meses. Montante que é 1.792% maior que o acumulado de janeiro a junho de 2014, quando o lucro do porto foi de pouco mais que R$ 1,6 milhão. O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (8) pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap). O incremento na movimentação de cargas no porto foi determinante para o resultado positivo no semestre. O balanço da Emap registra movimentação de 10,3 milhões de toneladas no Porto do Itaqui, desempenho 27% melhor que o do mesmo período de 2014. Maio de 2015 foi especialmente significativo. Naquele mês, o Porto do Itaqui alcançou recorde histórico de operação, quando a movimentação de cargas atingiu 2,9 milhões de toneladas. Fruto de planejamento e metas estabelecidas pelo governo Flávio Dino, o resultado espelha, também, redução de custos e despesas, fator crucial para o desempenho do primeiro semestre. “Temos consciência dos desafios do país neste momento e seguimos com pulso firme na contenção das despesas e reversão dos lucros em capacidade do porto para gerar mais negócios, contribuindo de forma responsável para o desenvolvimento do Maranhão”, disse o presidente da Emap, Ted Lago..

Continuar lendo Itaqui apresenta lucro de 1.192% no 1º semestre de 2015 comparado ao mesmo período de 2014

Junto a ministro de Dilma, Roberto Rocha defende mais investimentos para o Porto do Itaqui

O senador Roberto Rocha (PSB-MA) fez, nesta terça-feira (7), uma visita ao ministro Edinho Araújo, da Secretaria de Portos da Presidência da República. No encontro, o senador defendeu mais investimentos para o Porto do Itaqui, em São Luís. O complexo portuário do Itaqui tem posição estratégica para o Brasil. Roberto Rocha lembrou que, além de ser importante para o desenvolvimento do Maranhão, o porto é também fundamental para o escoamento da produção da região do Matopiba, lançada recentemente pelo governo federal, como principal polo de produção de grãos do País, envolvendo os estados do Maranhão,Tocantins, Piauí e Bahia, com potencial para atender também o Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Continuar lendo Junto a ministro de Dilma, Roberto Rocha defende mais investimentos para o Porto do Itaqui

Moradores da área Itaqui-Bacanga comemoram início das obras de reurbanização das ruas

A área Itaqui-Bacanga, em uma parceria inédita entre governo do Estado e Prefeitura de São Luís, está sendo reurbanizada e vai ganhando novos aspectos urbanísticos, com a requalificação de ruas e avenidas, intensificação da limpeza pública e coleta de lixo, além do incremento de novas equipes de roçagem, capina, raspagem, pintura de meios-fios e serviços de remoção manual e mecanizada de resíduos. "Começamos a ação do programa Mais Asfalto, a partir desta parceria com o governo do Estado, pela região Itaqui-Bacanga, mas vamos expandir os serviços de requalificação asfáltica para bairros em toda a cidade. Além da pavimentação, estamos também executando a reurbanização destas localidades, com outras ações como reforço da iluminação ou da limpeza pública, conforme a necessidade de cada bairro contemplado", disse o prefeito Edivaldo. As obras foram iniciadas no último sábado (13), com a presença do prefeito Edivaldo e do governador Flávio Dino. Os dois primeiros bairros da área Itaqui-Bacanga contemplados são o Anjo da Guarda e Vila Embratel, onde os serviços transcorrem em ritmo acelerado. Em toda a região, vão ser recuperados mais de 36 quilômetros de vias urbanas, abrangendo ainda o São Raimundo, Vila Bacanga, Vila Isabel, Vila Ariri, Vila São Luís, Vilas Mauro Fecury I e II e Alto da Esperança.

Continuar lendo Moradores da área Itaqui-Bacanga comemoram início das obras de reurbanização das ruas