Jornalista vai cobrir concurso de beleza e termina coroada como campeã do certame

Em um dia como outro qualquer de trabalho, a jornalista Laura Gooderham foi escalada para cobrir o concurso que elegeria a mulher mais bonita de Grimsby, no Reino Unido. Mas, ao fim das seletivas e da competição, saiu de lá coroada miss da cidade. "O momento mais surreal", classificou a jovem ao postar nas redes as fotos da vitória. Aos 24 anos, Laura começou a ir às audições, em que seriam escolhidas as candidatas, como repórter do "Grimsby Telegraph". Enquanto anotava e batia fotos das meninas na fila, foi abordada pela tricampeã do concurso, Millie Margetts, de 21 anos, com a ideia de que deveria concorrer também. Mesmo insegura, Laura topou o desafio ao saber que o concurso de miss iria arrecadar recursos para duas entidades de caridade. Ela foi classificada e acabou nomeada campeã, o que a garantiu a participação no Miss Inglaterra de 2017. "Eu gostaria de parabenizar as outras garotas. Elas foram brilhantes. Tenho que trabalhar para seguir os passos de Millie", relatou ao jornal do qual era funcionária

Continuar lendo Jornalista vai cobrir concurso de beleza e termina coroada como campeã do certame
Nos EUA, aluno ganha nota alta após fazer sexo com a professora
Professora Kalyn Thompson, acusada de trocar nota por sexo

Nos EUA, aluno ganha nota alta após fazer sexo com a professora

Kalyn Thompson, professora de 25 anos no estado norte-americano de Oklahoma, está sendo acusada de dar nota alta para um aluno após o estudante ter feito sexo com ela. O aluno, de 18 anos, havia sido reprovado em inglês no semestre anterior, mas recebeu nota 98 após se relacionar com a professora. Ela se demitiu em meados de abril, segundo as informações do jornal britânico Daily Mail. A demissão ocorreu após as "atividades extracurriculares" de Kalyn terem sido investigadas pela escola. Ela foi detida pela polícia e liberada após pagar fiança de US$ 35 mil (cerca de R$ 77 mil). O relacionamento foi descoberto por causa das mensagens de texto trocadas entre a docente e o aluno, informa o jornal. As conversas começaram em dezembro de 2013, fora da escola, disse o estudante.

Continuar lendo Nos EUA, aluno ganha nota alta após fazer sexo com a professora
Pra inglês não ver! Aos 17 anos, jovem  descobre que não tem vagina!
Jacqui Beck se assustou ao descobrir que não tem vagina e nem útero, mas não esconde o fato.

Pra inglês não ver! Aos 17 anos, jovem descobre que não tem vagina!

Segundo acaba de divulgar o jornal "Daily Mail", Jacqui Beck, uma inglesa de 19 anos de idade, teve um choque ao descobrir, em 2011, que não tinha vagina. Médicos identificaram na adolescente uma síndrome rara chamada MRKH (sigla para Mayer-Rokitansky-Küster-Hauser) quando ela comentou nunca haver menstruado, A inglesa tem ovários, mas não tem útero nem a vagina formada. A dificuldade para identificar o problema é alta, pois o órgão genital tem aparência externa normal. Ela foi ao médico por estar com fortes dores no pescoço. Ao fazer o exame completo, descobriu a sua condição de portadora da síndrome de MRKH. Segundo a médica, ela nunca poderá engravidar e terá que passar por cirurgia caso queira manter relações sexuais. Como ela nunca havia tentado fazer sexo, não descobriu o problema: se tentasse, não conseguiria, pois ela tem apenas um pequeno orifício na vagina. A doença afeta uma em cada 5 mil mulheres no Reino Unido.

Continuar lendo Pra inglês não ver! Aos 17 anos, jovem descobre que não tem vagina!
Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio
O amor transcende o tempo e volta renovado...

Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio

Errar é humano e persistir no erro pode ser amor. Pelo menos no caso dos ingleses Ollie Ingram e Wills Holmes. Eles se casaram pela primeira vez em 1955, há 58 anos. O casamento acabou em divórcio 10 anos depois porque eles dizem que eram muito jovens para ter se casado. Na época, ele tinha 21 e ela tinha apenas 18 anos de idade.

Continuar lendo Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio