Beneficiário da Hapvida denuncia mal atendimento do plano de saúde
Cinaldo Oliveira: além das dores corporais, mais outras causadas pelo próprio palno de saúde.

Beneficiário da Hapvida denuncia mal atendimento do plano de saúde

O jornalista e cinegrafista Cinaldo Oliveira, 60, pede que o blog post informação do que considera "uma irresponsabilidade de operadora de Plano de Saúde Hapvida. ele relata que, há dois meses, passou a sentir fortes dores e problemas de articulação no ombro direito. Durante sessenta dias percorreu vários consultórios. Por meio de exames de ultrassom foi diagnosticado três enfermidades: Tendinopatia degenerativa do supra-espinhoso; Bursite subacromial; e Derrame articular. - "O ortopedista do plano de saúde Hapvida prescreveu o medicamento indicado para o caso e recomendou dez sessões de fisioterapia, tratamento esse iniciado sexta-feira (20) na Clínica Recuperar. Até ai tudo bem”, explicou Cinaldo. E prossegue: “O problema é que na terça-feira (24) devido a um problema na operadora OI, os procedimentos foram interrompidos pela Clínica Recuperar. O motivo alegado: sem os serviços de internet a instituição fica impossibilitada de validar a autorização da Hapvida para efetuar as sessões de fisioterapia recomendadas”. Cinaldo foi, então, orientado a procurar a Hapvida para que o plano autorizasse a continuidade do tratamento em outra clínica. "Mas, para minha surpresa e decepção, fui informado que tal mudança não poderia ser feita e que eu deveria aguardar a normalização dos serviços da Oi. Esta, por sua vez, informou que a previsão para a regularização dos serviços é no dia 1º de abril..."

Continuar lendo Beneficiário da Hapvida denuncia mal atendimento do plano de saúde