“O SUS é uma das jóias do federalismo brasileiro”, diz o governador Flávio Dino

Ao debater sobre o tema: “Pacto Federativo”, da série: “Violações e Retrocessos”, o governador Flávio Dino defendeu que o SUS é o exercício do federalismo cooperativo. Ele destacou que apesar de todas as dificuldades do Sistema Único de Saúde brasileiro, a arquitetura institucional do sistema é tão sólida que está funcionando em meio à pandemia do coronavírus e ajudando a salvar muitas vidas em todo o país. “Mesmo com todas as dificuldades que temos vivido na esfera federal, que de algum modo cuida de suprimentos e equipamentos, infelizmente de modo muito insuficiente, nós temos fortemente a ação dos estados e municípios atuando concretamente na oferta de leitos de média e alta complexidade, além da atenção básica aos cidadãos”, assegurou Dino. Ao lado da professora Vera Karam, diretora da faculdade de Direito da UFPR, o governador do Maranhão relembrou que até o ano passado o SUS era visto como uma espécie de monstro a ser derrotado por aqueles que queriam substitui-lo por vouchers.

Continuar lendo “O SUS é uma das jóias do federalismo brasileiro”, diz o governador Flávio Dino

João Azevêdo rebate declarações de Bolsonaro contra a Paraíba e condena postura do presidente

PB Agora - O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), usou seu perfil numa rede social para rebater as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), contra os estados da Paraíba e do Maranhão. João declarou que condena a postura do governo federal em relação aos estados do Nordeste. Em vídeo divulgado no final da tarde desta sexta-feira (19), o presidente aparece em um café da manhã ao lado do ministro Onix Lorenzoni e demais membros da gestão e dispara contra os governadores Flávio Dino e João Azevêdo: “O governador de Paraíba é pior que esse do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”. A atitude não foi bem recebida pelo gestor paraibano que rebateu: “Condenamos toda e qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes”, publicou João. O chefe do Executivo paraibano acrescentou ainda que os estados da Paraíba e do Maranhão “precisam da atenção do Governo Federal, independentemente das diferenças políticas existentes”. NOTA DO BLOG: Os grandes jornais do país, portais de notícias, blogs e televisões como a TV Globo publicaram como tendo sido assim a declaração do presidente Bolsonaro: — “Daqueles governadores de… Paraíba, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara..." — disse o presidente para o ministro. Pelo áudio da transmissão — distribuída pela TV Brasil, que pertence ao governo federal — não é possível saber o contexto da conversa, porque o Palácio do Planalto informou que não vai comentar o episódio. Mas, pelo visto, dos governadores do Nordeste, o alvo foi o governador do Maranhão e, por extensão, todos os nordestinos, como está no post que publicaremos mais tarde...

Continuar lendo João Azevêdo rebate declarações de Bolsonaro contra a Paraíba e condena postura do presidente

Flávio Dino entrega mais uma etapa do Hospital do Servidor, mas obras continuam

Mais acesso a serviços especializados de saúde, tranquilidade e segurança no tratamento ao servidor do Estado com a inauguração da segunda etapa de obras do Hospital do Servidor do Maranhão. O governador Flávio Dino esteve na unidade, localizada no Calhau, e entregou novas alas de exames e atendimento médico. As obras de construção do novo hospital iniciaram ano passado e seguem o cronograma previsto. Acompanhado de comitiva de secretários e servidores, o governador Flávio Dino conheceu as novas alas da unidade inaugurada. O prédio conta com salas de exames laboratoriais e exames cardiológicos como testes ergométricos, ecocardiogramas, mapas e holteres, além dos serviços odontológicos de consultório e raio-x. Os atendimentos já podem ser solicitados pelos servidores públicos estaduais. O governador Flávio Dino enfatizou que os servidores merecem unidades dignas de trabalho e atendimento, cuja valorização reflete em toda a sociedade e o novo hospital materializa esse respeito. “Com a unidades vamos ampliar os serviços já oferecidos e completando o conjunto de principais especialidades em consulta, exame e clínica médica. Neste evento, prestamos conta do que está sendo realizado e compartilhando mais esta conquista com nossa equipe, servidores e todos os maranhenses”, pontuou. (texto da Comunicação do governo estadual)

Continuar lendo Flávio Dino entrega mais uma etapa do Hospital do Servidor, mas obras continuam

BBC Brasil – ‘Melhor saída para a crise é Lula e FHC numa mesa’, defende o governador do Maranhão, Flávio Dino

Diante da possibilidade de queda do presidente Michel Temer e da profunda perda de credibilidade do sistema político, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), defende que a melhor solução para a crise é uma saída negociada pelos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, as "duas únicas lideranças nacionais", na sua avaliação. Ambos já articulariam nos bastidores a sucessão de Temer, mas não há informação de que tenham tido conversas diretas. A forte polarização eleitoral entre PT e PSDB parece um empecilho para um acordo, já que os dois partidos tentam sair dessa crise fortalecidos de alguma forma para a eleição de 2018. "O único caminho que enxergo para a política é um acordo PT-PSDB, Lula e Fernando Henrique numa mesa. Neste momento de muita precarização da política, uma conversa direta seria um fato altamente positivo, uma mensagem importante de busca de recomposição da institucionalidade", acredita Dino. Defensor da realização de eleições diretas antecipadas, o governador vê como cenário mais provável hoje a queda de Temer, seguida de eleição indireta do novo presidente pelo Congresso. Se isso ocorrer, Dino sugere que a esquerda participe da eleição indireta, negociando a suspensão das reformas trabalhista e previdenciária até a eleição de 2018, para que as urnas decidam se apoiam essas propostas. "Só haverá eleição direta havendo mobilização popular nessa direção. A classe social dominante não quer eleição direta agora", afirma. Confira os principais trechos da entrevista com Dino, que antes de assumir o governo do Maranhão, foi também deputado federal e magistrado, tendo presidido a Associação dos Juízes Federais do Brasil.

Continuar lendo BBC Brasil – ‘Melhor saída para a crise é Lula e FHC numa mesa’, defende o governador do Maranhão, Flávio Dino
Flávio Dino visita Complexo Eólico Delta 3, que entra em fase final de instalação no Maranhão
Governador Flávio Dino, ao lado dos executivos da Ômega Energia, acionou o primeiro aerogerador do parque eólico entre Barreirinhas e Paulino Neves.

Flávio Dino visita Complexo Eólico Delta 3, que entra em fase final de instalação no Maranhão

O Maranhão ganhou o primeiro empreendimento que aproveitará a força dos ventos para produzir energia limpa e sustentável. Nesta segunda-feira (22), o Complexo Eólico Delta 3, da Omega Energia, entrou em fase final de instalação, entre as cidades de Barreirinhas e Paulino Neves. Ao lado dos executivos da empresa, o governador Flávio Dino acionou o primeiro aerogerador do parque, que recebeu investimentos de cerca de R$ 1,5 bilhão. O primeiro Complexo Eólico do Maranhão contará com 96 aerogeradores e já está com mais de 60% das obras concluídas, com a previsão de atingir os 100% no início do segundo semestre deste ano. Além deste projeto, a visita do governador Flávio Dino marcou o reforço da parceria para a conclusão da MA-315, que está sendo construída em colaboração entre o Governo do Estado e a Omega Energia. Para Flávio Dino, este é um momento importante que marca investimentos privados de grande monta que levarão desenvolvimento para o Brasil e o Maranhão. “Nós precisamos de energia para nossos lares, para o nosso setor empresarial, para que novos investimentos aconteçam. Neste caso, com o ponto positivo a mais que é uma fonte limpa de energia renovável e preconizada como uma das saídas para o mundo”, ressaltou. O governador enfatizou ainda que “a região possui concentração de ventos em razão do ecossistema bastante favorável”, que faz com que esse investimento seja rentável e possa, inclusive, ser ampliado. Na ocasião, ele visitou o complexo e acionou o primeiro aerogerador a entrar em funcionamento no Maranhão. De acordo com o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, a entrada na fase final de instalação do Complexo Eólico Delta 3 é um momento histórico para o Maranhão. “Foi importante na geração de emprego e renda aqui no Maranhão e continuará sendo importante para a geração de energia para o estado e para o Brasil”, pontuou.

Continuar lendo Flávio Dino visita Complexo Eólico Delta 3, que entra em fase final de instalação no Maranhão

Flávio Dino critica reformas, diz que falta diálogo a Temer e pede Lula candidato…

UOL - Um dos principais porta-vozes da luta contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que o primeiro ano do governo de Michel Temer, completado nesta sexta-feira (12), conseguiu surpreendê-lo negativamente por conta da imposição de uma agenda reformista sem debate com a sociedade. “Imaginava que ele fosse procurar fazer um governo mais parecido com o que foi de Itamar Franco, com mais diálogo, mais pactuado, levando em conta ser de transição”, afirma. Em entrevista ao UOL no Palácio dos Leões –sede do governo maranhense– no último sábado (6), Dino também defendeu que o ex-presidente Lula lance imediatamente a pré-candidatura à Presidência em 2018 e traga à sociedade o debate sobre um programa de governo. Citando-o como “um dos raros estadistas que o Brasil tem”, Dino diz que só o ex-presidente pode trazer de volta ao país o debate sobre bem-estar social. “Mesmo que você não goste dele, ele é um ponto de referência de um debate mais saudável, mais racional”, pontua. Ex-juiz federal, Dino fez elogios e críticas à operação Lava Jato e disse que a atuação política de procuradores e juízes –acelerando processos e convocando a população por redes sociais, por exemplo– é algo nunca visto no mundo e põe em risco os resultados da operação. “Acho que tem algumas situações que geram questionamentos em razão dessa apropriação de uma causa justa para fins políticos. Hoje isso é muito evidente, e acho muito ruim”, explica. Para o comunista, a união da esquerda vista na greve geral do último dia 28 é “mais do que necessária”, será fundamental para barrar, por exemplo, a reforma da Previdência. “A esquerda tem essa obrigação de impulsionar um salto civilizacional de que o Brasil precisa, recuperando itens de uma agenda que se perdeu.” Confira, a seguir, a íntegra da entrevista:

Continuar lendo Flávio Dino critica reformas, diz que falta diálogo a Temer e pede Lula candidato…

Governador Flávio Dino fala em investigar participação de políticos em ataque a índios

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), anunciou por meio de sua conta no Twitter que investiga a possível participação de políticos no ataque a indígenas em uma aldeia de Viana, no interior do Estado. O Cimi (Conselho Indigenista Missionário) acusa o deputado federal Aluísio Mendes (PTN-MA) de incitar o movimento contra os indígenas. Ao Poder360, ele confirmou que estava na região no momento do ataque, mas para acompanhar uma comitiva de avaliação da situação do local. “Eu rechaço essa acusação. Desde o ano passado, tenho alertado sobre a inércia e a inoperância da Funai [Fundação Nacional do Índio] quanto a esse assunto. Era uma tragédia anunciada. Refuto qualquer acusação”, declarou. De acordo com o deputado, equipe da Polícia Federal o acompanhava para informar ao Ministério da Justiça à direção da corporação sobre o quadro de disputas territoriais em Viana. No ataque, pelo menos 13 pessoas ficaram feridas, sendo que 1 teve as mãos decepadas. O número de vítimas pode ser maior, já que durante o ataque, muitos fugiram para a mata. O CONFLITO E DEMARCAÇÕES Sobre o conflito, Dino alega que o governo do Estado não tem responsabilidade de demarcar de terras, conforme postou no seu twitter

Continuar lendo Governador Flávio Dino fala em investigar participação de políticos em ataque a índios
Nos Leões, Flávio Dino e Fufuca Dantas firmam parcerias em favor de Alto Alegre do Pindaré
Fufuca e Dino: aperto de mão que sela a parceria.

Nos Leões, Flávio Dino e Fufuca Dantas firmam parcerias em favor de Alto Alegre do Pindaré

O governador Flávio Dino segue recebendo prefeitos dos municípios maranhenses como parte da política de diálogo e gestão colaborativa. Nesta segunda-feira (24), o prefeito de Alto Alegre do Pindaré, Fufuca Dantas, esteve no Palácio dos Leões firmando parcerias com o Governo do Estado para melhorias nas áreas da saúde, infraestrutura e educação na cidade e na região. Diariamente, Flávio Dino tem conversado com prefeitos de todas as regiões maranhenses para mapear as principais demandas de cada cidade e firmar parcerias do Governo do Estado com as Prefeituras. Para o prefeito de Alto Alegre do Pindaré, o diálogo com o governador foi muito produtivo, as demandas foram apresentadas e o governador Flávio Dino recebeu muito bem, encaminhando algumas soluções imediatamente. “Agora é esperar que elas sejam concretizadas”, ressaltou Fufuca. Entre as parcerias firmadas entre o Governo e a Prefeitura de Alto Alegre do Pindaré a principal é para a abertura do Hospital de 50 leitos, sonho antigo da população. “O governador já autorizou a compra de equipamentos e vamos tentar uma ajuda do Governo Federal para a manutenção da estrutura”, explicou o prefeito.

Continuar lendo Nos Leões, Flávio Dino e Fufuca Dantas firmam parcerias em favor de Alto Alegre do Pindaré

Vazamentos na Lava Jato: deputados sarneysistas mostram que não leem o jornal da família

Os deputados sarneysistas na Assembléia Legislativa estão 'chovendo no molhado' ao insistirem em interferência do governador Flávio Dino para conseguir de "forma antecipada" cópias de delações nas quais ele é citado como suposto beneficiário pela empresa Odebrecht. Fingem esses parlamentares não saber que cópias de reportagens publicadas pelo Jornal O Estado do Maranhão e no site Imirante mostram que o sistema Mirante de comunicação sabia há pelo menos sete meses da delação contra o governador Flávio Dino (PCdoB). Ao contrário do factoide criado sobre uma suposta interferência do governador, o jornal da família já havia vazado o conteúdo do depoimento do ex-executivo da Odebrecht, José de Carvalho Filho. No dia 7 de agosto de 2016, a página 3, de “O Estado”, informou que o governador Flávio Dino havia sido citado por executivos da Odebrecht como beneficiário de pagamento no valor de R$ 200 mil em propina. O conteúdo do delator José Carvalho Silva, só foi divulgado na semana passada e coincidiu com o mesmo valor publicado pelo EMA e pelo Jornal O Globo, um dia antes. Dino conseguiu no dia 17 de março de 2017 documento emitido pela Câmara dos Deputados que comprovaria sua inocência, ao mostrar que não era relator de um projeto de Lei a qual supostamente teria recebido propina da Odebrecht. Foi essa prova que mexeu com os nervos da oposição. O Supremo Tribunal Federal criou uma comissão para investigar o vazamento do conteúdo das delações antes mesmo de ser liberado à imprensa. Diante das informações privilegiadas comprovadamente recebidas pelo jornal da família Sarney, é preciso saber como as parceiras Mirante e Globo sabiam do caso. A conclusão óbvia é que os deputados estaduais sarneysistas não leem o jornal da família...

Continuar lendo Vazamentos na Lava Jato: deputados sarneysistas mostram que não leem o jornal da família
Justiça manda Twitter abrir dados de usuários que chamaram governador de ‘ladrão de merenda’
Governado Alckmin conseguiu na Justiça direito de obter dados de usuários que usaram expressões pejorativas no Twitter (Foto: Maiara Barbosa/G1)

Justiça manda Twitter abrir dados de usuários que chamaram governador de ‘ladrão de merenda’

Decisão diz que usuários usaram expressões que 'em tese, podem configurar ofensa moral'. O Twitter informou que não comenta decisões judiciais. Decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o Twitter entregue ao governador Geraldo Alckmin a identidade e os IPs de seis usuários que usaram a rede social para fazer agressões e "usarem expressões que, ao menos em tese, podem configurar uma ofensa moral, dado o caráter pejorativo" empregado. Cabe recurso à decisão. O objetivo da decisão de liberar os dados é permitir que o governador eventualmente possa entrar com ação de danos morais pelas expressões usadas no Twitter. O G1 entrou em contato com o Twitter, que informou que não comenta decisões judiciais. O G1 também entrou em contato com o governo do estado de São Paulo e aguarda retorno. Os usuários fizeram as declarações no período de 29 de março de 2016 a 28 de setembro do mesmo ano. Segundo a decisão, o usuário "Alexandre de Moraes" chamou o governador de "corrupto", afirmando que ele teria recebido propina da Odebrecht, enquanto o usuário "Paulo de Lima" falou que Alckmin é "ladrão de merenda". O Twitter recorreu da decisão em primeira instância, alegando a proteção dos usuários e a liberdade de expressão com base no Marco Civil da Internet. Uma decisão colegiada do Tribunal de Justiça, votada em 19 de abril e que teve como relator o desembargador Teixeira Leite, manteve a decisão, mantendo a revelação dos dados de seis usuários.

Continuar lendo Justiça manda Twitter abrir dados de usuários que chamaram governador de ‘ladrão de merenda’