Preço da gasolina dispara em postos após governo federal aumentar impostos

Litro da gasolina deve ficar R$ 0,41 mais caro se houver repasse integral; mas em São Luís o valor superou esse valor. Postos sem aumento de preço têm fila de automóveis.  Com informações do G1  Após a alta de PIS e Cofins nos combustíveis anunciada na quinta-feira (20) pelo governo, os postos já aumentaram o preço da gasolina pelo país. O G1 encontrou estabelecimentos que reajustaram os preços nos estados de AL, BA, CE, ES, MG, MS, PB, PE, PI, PR, RN, RS e SP, além do DF. Em São Luís do Maranhão, muitos postos já amanheceram com preços dos combustíveis reajustados. E aquele "baixa" registrada, onde se comprava gasolina comum a até R$ 2,99, logo ganhou "alta" que chegou a 2, 89 o litro. Muitos postos "parearam" os preços em 3,44. Já no interior do Estado, segundo informações, tem município em que o preço do litro de gasolina comum passou a barreira dos R$ 4,00. Ou sej,a tem doo de posto reajustando com índices maiores do que determinam o aumento das alíquotas determinado por Michel Temer. No caso do Piauí, Paraná, Paraíba e Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, motoristas fizeram fila para abastecer seus veículos em postos que não haviam subido os preços. A alíquota de PIS e Cofins ficou mais alta para a gasolina, o etanol e o diesel. No caso da gasolina, a tributação mais que dobrou, passando de R$ 0,38 para R$ 0,79 por litro. Se a alta for repassada na íntegra para o consumidor, o litro da gasolina deverá ficar R$ 0,41 mais caro no país. A decisão sobre o repasse ao consumidor final, contudo, é de cada posto de combustível.

Continuar lendo Preço da gasolina dispara em postos após governo federal aumentar impostos