Denúncia contra Temer: Maia diz que ‘paciente não pode ficar com barriga aberta’ e garante votação

Após almoço em São Paulo, com o prefeito em exercício Milton Leite (DEM), presidente da Câmara afirma que 'papel' dos deputados é votar e que haverá quórum na quarta-feira, 2 Marcelo Osakabe, O Estado de S.Paulo O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira, 28, em São Paulo, ter certeza que haverá quórum na quarta feira, 2, para a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer. Maia também afirmou que não o Congresso não pode postergar a votação, sob o risco de manter o País paralisado. "Nosso papel é votar. Não votar é manter o País parado neste momento ainda de muitas dificuldades" disse, ao reagir a relatos de que o Planalto poderia reconsiderar a estratégia de pôr a votação da denúncia na próxima semana. "Não podemos deixar o paciente no centro cirúrgico com a barriga aberta".

Continuar lendo Denúncia contra Temer: Maia diz que ‘paciente não pode ficar com barriga aberta’ e garante votação
TJ discute viabilização da lei que garante emprego a apenados e egressos do sistema penitenciário
Emprego, um "começar de novo" para ampenados e ex-ampenados...

TJ discute viabilização da lei que garante emprego a apenados e egressos do sistema penitenciário

As modalidades de abertura de vagas de trabalho para egressos e apenados do sistema prisional do Maranhão, por meio da Lei do Começar de Novo (10.182/2014), foram discutidas pelos membros do Conselho Penitenciário do Maranhão, durante reunião realizada no Auditório do Centro Administrativo do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). De acordo com a lei estadual, promulgada em 22 de dezembro de 2014, as empresas que mantém contrato de serviços ou fornecimento de materiais com o Poder Executivo devem destinar parte (5%) de suas vagas de emprego aos detentos ou àqueles que já cumpriram pena no sistema penitenciário no âmbito do Estado do Maranhão. O defensor público estadual Bruno Dixon fez uma apresentação da Lei aos presentes, destacando que, em 2013, de 86 apenados inclusos no mercado de trabalho, somente seis voltaram para o cárcere - índice de 7% de reincidência. Para o coordenador da Unidade de Monitoramento e Fiscalização Carcerária (UMF), desembargador Froz Sobrinho, a Lei do Começar de Novo favorece a ressocialização dos presos através da capacitação e do emprego. “O detento cumpre pena e volta ao convívio social, diminuindo o índice de reincidência. A reclusão sem capacitação, estudo e trabalho, contribui para que essas pessoas retornem ao crime mesmo tendo cumprido a pena. Queremos ter o controle dessas vagas e realmente combater a reincidência, que hoje, em âmbito nacional, é de 70%”, avaliou.

Continuar lendo TJ discute viabilização da lei que garante emprego a apenados e egressos do sistema penitenciário
Ao lado de Flávio Dino, Aécio diz que vai manter o Bolsa Família
Para rebater o que Lobão filho anda espalhando, Aécio Neves garante que,se eleito, manterá o Bolsa-Família (Foto Hilton Franco)

Ao lado de Flávio Dino, Aécio diz que vai manter o Bolsa Família

Do blog do John Cutrim Durante discurso no ato que oficializou o apoio do PSDB à pré-candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo, ocorrida na tarde desta sexta-feira (9) em São Luís, o senador Aécio Neves negou que queira acabar com o Bolsa Família. O presidenciável tucano afirmou que vai manter o programa e acrescentou que é dele a proposta que transforma o Bolsa Família em política de Estado. “Por incrível que pareça é o PT que está retardando a tramitação desse projeto. Eles querem ter um programa para chamar de seu e usar como plataforma eleitoreira”, criticou Neves na cerimônia que sacramentou a aliança entre comunistas e tucanos para derrotar a oligarquia Sarney. A união tem como finalidade tirar o Maranhão das últimas colocações nos indicadores sociais e fazer com que o estado saia da condição de atraso/miséria em que se encontra.

Continuar lendo Ao lado de Flávio Dino, Aécio diz que vai manter o Bolsa Família