Juiz dá explicações sobre motivos que o levaram a soltar  Pacovan, a esposa  e mais 16 pessoas
Pacovan e a esposa, liberados pelo juiz da Central de Inquéritos.. Foto Reprodução

Juiz dá explicações sobre motivos que o levaram a soltar Pacovan, a esposa e mais 16 pessoas

O juiz Flávio Roberto Ribeiro Soares, da Central de Inquéritos de São Luís, justificou neste sábado (13), a soltura, na noite de sexta (12), do agiota Josival Cavalcanti da Silva, o “Pacovan”, sua mulher Edna Pereira, e das outras 16 pessoas presas temporariamente na quinta-feira da semana passada (4), na “Operação Jenga”, da Polícia Civil do Maranhão. O blog do Jornal Pequeno, O Informante, que divulgou a notícia em primeira mão, tira o dele da reta e esclarece que "não falou em habeas corpus", como relata o juiz. Na peça de soltura, o conhecido agiota Pacovan é chamado pelo juiz de “suposto agiota”. Nas explicações do magistrado, ele dá a sua versão para a decisão, criticada por alguns membros do mundo jurídico, e faz reparos a estes e aos blogueiros: - “Está saindo nos blogs que concedi habeas corpus ontem à noite [sexta, 12] para o suposto agiota conhecido como Pacovan.A verdade é que decretei a prisão temporária dele por 5 dias e prorroguei por mais 5 dias (dentro do permissivo legal). Referido prazo se encerra hoje [sábado, 13]. - "Evidentemente que alguns colegas ou a maioria podem ter entendimento diverso, mas por meio desta mensagem queria apenas corrigir a informação dos blogs que por ignorância ou má-fé estão informando que foi através de habeas corpus e à noite. A soltura foi dada apesar de a polícia judiciária haver pedido a conversão da prisõ temporária em preventiva, como informa o próprio juiz em suas explicações. Acesse "LEIA MAIS", e veja a íntegra do que disse o juiz de Direito Flávio Roberto Ribeiro Soares, da Central de Inquéritos de São Luís, justificando a soltura das 18 pessoas, presas por participação em agiotagem, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. grupo liderado por Pacovan e sua esposa, Edna Pereira

Continuar lendo Juiz dá explicações sobre motivos que o levaram a soltar Pacovan, a esposa e mais 16 pessoas