Procon aplica multas de mais de R$ 20 milhões em bancos por má prestação de serviços no MA
Filas longas, o maior problema para os clientes de bancos

Procon aplica multas de mais de R$ 20 milhões em bancos por má prestação de serviços no MA

Por conta da má prestação nos serviços bancários, responsável por inúmeras reclamações dos consumidores, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA) aplicou multa nos bancos em atuação no estado no valor total de R$ 20.957,142,00. O Procon entende que o serviço bancário é necessário à economia de todo o país e, por isso, deve ser prestado com qualidade e eficácia, sendo capaz de suprir as necessidades da população, o que não vem acontecendo na sua totslidade. O valor das multas soma mais de 20 milhões, sendo R$ 7.340.000,00 do Bradesco, R$ 4.030.000,00 do Itaú, R$ 2.030.000,00 da Caixa Econômica Federal, R$ 1.820.000,00 do Banco do Brasil, R$ 1.450.000,00 do Santander, R$ 1.510.000,00 do Liderprime, R$ 1.930.000,00 do BV Financeira e R$ 847.142,00 do BMG. Entre as irregularidades constatadas, estão ausência de informação ao consumidor, publicidade enganosa, descumprimento de oferta, irregularidades em empréstimos consignados, negativação indevida; falha na prestação do serviço, como por exemplo, lançamentos indevidos na fatura do cartão de crédito e outras. De acordo com o presidente do PROCON-MA, Duarte Júnior, a Operação Paciência, que fiscaliza a qualidade do atendimento ao consumidor em agências bancárias de todas as regiões do estado, já havia aplicado cerca de R$ 400 mil em multas às instituições financeiras no primeiro semestre, por conta da demora na fila de espera, falta de distribuição de senhas, redução do número de caixas para atendimento, consumidores esperando do lado de fora da agência e outras irregularidades. Ainda conforme o presidente, em 2015 os bancos participaram de quatro edições do Diálogo com Fornecedores, que objetiva equilibrar a relação e humanizar a prestação de serviços.

Continuar lendo Procon aplica multas de mais de R$ 20 milhões em bancos por má prestação de serviços no MA
Em novo encontro, Procon recebe plano de melhorias para reduzir filas nos bancos do Maranhão
Cúpula do Procon com dirigentes de bancos, no Maranhao, para tratar de redução das filas

Em novo encontro, Procon recebe plano de melhorias para reduzir filas nos bancos do Maranhão

PROCON-MA reúne-se com as instituições financeiras em atuação no estado para cobrar providências No terceiro Diálogo com Fornecedores, realizado pela Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON-MA) em busca da humanização do serviço bancário, diretriz do governador Flávio Dino, cada instituição financeira em atuação no estado apresentou seu plano de metas traçado a partir das considerações feitas ao longo de reuniões anteriores, ocorridas nos dias 4 de maio e 22 de junho, e do relatório de fiscalização enviado pelo órgão. O diálogo aconteceu nesta segunda-feira (17) no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema). Os representantes do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal, Santander expuseram ações já aplicadas e o plano de metas para melhoria do atendimento bancário até o fim do ano. Entre as melhorias estão a contratação de mais funcionários, estagiários e menores aprendizes; construção de novas agências, instalação de painel de gerenciamento de senhas, instalação de divisórias para acesso aos guichês de caixas e auto-atendimento, ampliação do horário de atendimento, com abertura mais cedo de determinadas agências; ampliação do monitoramento do tempo de espera nas filas; reorientação dos funcionários nas agências, instalação de mais caixas eletrônicos e outras ações. De acordo com o diretor geral do Procon, Duarte Júnior, houve algumas melhorias no atendimento em Estreito, Santa Inês, Pinheiro e em algumas agências de São Luís relatadas pelas equipes de fiscalização dos municípios, mas muito ainda precisa ser feito. Ele destaca que a colaboração dos consumidores, através de denúncias, é fundamental para a verificação do descumprimento.

Continuar lendo Em novo encontro, Procon recebe plano de melhorias para reduzir filas nos bancos do Maranhão
Procon-MA chama bancos para saber o que estão fazendo para reduzir as filas e não infringir a lei
Duarte Júnior, Gerente do Procon-MA: nova reunião para cobrar redução das filas nos banco...

Procon-MA chama bancos para saber o que estão fazendo para reduzir as filas e não infringir a lei

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (PROCON-MA) realiza a terceira reunião com representantes de todas as instituições bancárias em atuação no estado. O Diálogo com Fornecedores acontece nesta segunda-feira (17), às 9 horas, no salão nobre da Fiema, localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, no retorno da Cohama. O motivo da reunião é a apresentação, por parte de cada uma destas instituições, de um plano de metas atualizado, traçado a partir das considerações feitas ao longo das reuniões anteriores, nos dias 4 de maio e 22 de junho. O Procon reivindica a humanização do serviço bancário com a resolução de problemas como demora na espera em filas, falta de distribuição de senhas, reencaminhamento de atendimento e aumento no número de caixas em funcionamento. Estarão presentes no evento o diretor-geral do Procon, Duarte Júnior, e toda a equipe técnico jurídica do órgão, além de representantes do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, HSBC, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Caixa Econômica Federal, Santander, Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e Sindicato dos Bancários. Durante a última reunião, o Bradesco anunciou a inauguração de novas agências em Codó e Buriticupu.

Continuar lendo Procon-MA chama bancos para saber o que estão fazendo para reduzir as filas e não infringir a lei