Terror em Paris! A Polícia fala em 112 mortos. Agências de notícias já contam até 160.

Terroristas invadiram show de rock, causaram explosões perto do jogo da seleção francesa e abriram fogo em restaurante, em bar e outros 2 lugares. Presidente François Hollande foi ao local e prometeu 'luta implacável'. Mais de 100 pessoas foram mortas em diversos ataques na noite de sexta. 120 mortos no último balanço Cobertura do G1 Dois terroristas foram mortos pela polícia durante a invasão à casa de shows Bataclan, em Paris, onde mais de 100 pessoas eram mantidas como reféns e dezenas foram mortas. Segundo a prefeitura de Paris, 112 pessoas foram mortas nos ataques da noite de sexta (13), sendo 70 no Bataclan. A emissora de TV BFM e o jornal Liberation, que cita o procurador de Paris, François Molins, dizem que cinco terroristas foram "neutralizados" no total. Também foram registrados tiroteios em outros pontos da cidade e explosões perto do Stade de France, durante um amistoso entre as seleções da França e Alemanha. A polícia invadiu o Bataclan às 21h40 (horário de Brasília), após relatos de que pessoas estariam sendo executadas. Dois terroristas foram mortos na ação. Dez minutos antes da invasão, a Reuters afirmava que foram ouvidas cinco explosões perto do local. Por volta da 1h30 (22h30, em Brasília), o presidente francês François Hollande chegou ao local, onde permaneceu por cerca de meia hora. “Há muitos feridos, feridos graves, feridos chocados com o que viram”, disse o presidente, ao justificar porque quis ir ao local. “Quando os terroristas estão dispostos a cometer tais atrocidades, eles devem saber que irão encarar uma França determinada”, acrescentou. “Iremos conduzir a luta (contra os terroristas), e ela será implacável”, garantiu. A casa fica no boulevard Voltaire, no 11º arrondissement, e era palco de um show da banda Eagles of the Death Metal. A banda postou no Facebook: “Ainda estamos tentando determinar a segurança e o paradeiro da nossa banda e equipe. Nossos pensamentos estão com todas as pessoas envolvidas nesta situação trágica”

Continuar lendo Terror em Paris! A Polícia fala em 112 mortos. Agências de notícias já contam até 160.