Ex-presidente Lula desmente falsa prisão de sobrinho em Mato Grosso com R$ 3,2 mi – fake é viral na Net
O dinheiro apreendido pela polícia - 3,2 milhões de reais

Ex-presidente Lula desmente falsa prisão de sobrinho em Mato Grosso com R$ 3,2 mi – fake é viral na Net

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), desmentiu no Facebook a informação disseminada por meio de aplicativos celulares e mídias sociais de que o traficante José Silvan de Melo, de 41 anos, seja seu sobrinho. A mensagem atribui ainda ao fictício sobrinho a posse da expressiva quantia de R$ 6 milhões. O criminoso em questão José Silvan de Melo - antigo conhecido do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), de Recife (PE) - foi preso pela Polícia Civil na data de 5 de abril, na cidade de Canarana (a 600 km de Cuiabá) com a quantia de R$ 3,2 mi. O dinheiro estava na carroceria de uma caminhonete. Ao ser preso, o criminoso ainda chegou a oferecer a quantia de R$500 mil para que fosse liberado. “Depois que o filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luis Lula da Silva, interpelou judicialmente pessoas que divulgaram mentiras sobre ele, um novo personagem foi criado. Inventaram um sobrinho fictício do ex-presidente teria sido preso na cidade de Canarana com R$6 milhões em um carro. Essa informação é completamente falsa. O ex-presidente não tem nenhum sobrinho com o nome citado no texto. É mais um caso de uma história sem fonte, com informações inverídicas e que tenta atingir a honra do ex-presidente”. No Face, a assessoria de Lula ainda solicita “fique atento às informações que circulam na internet e ajude a divulgar a verdade”. Em depoimento à Polícia Civil, o suspeito alegou ser "cidadão de bem", proprietário de fazendas na região e que era comprador de gado. O dinheiro apreendido com o criminoso já foi revertido pela Justiça para investimentos na área de segurança pública de Mato Grosso.

Continuar lendo Ex-presidente Lula desmente falsa prisão de sobrinho em Mato Grosso com R$ 3,2 mi – fake é viral na Net