Menor condenado por estupro coletivo é morto em cela no Piauí

Jovem de 17 anos foi espancado por outros três coautores do crime porque teria sido o delator e colaborado com a polícia Um dos quatro menores acusados de estupro coletivo na cidade de Castelo do Piauí foi espancado até a morte pelos outros três coautores do crime na noite desta quinta-feira (16) na cela em que ocupavam no Centro Educacional Masculino (CEM). A morte teria sido vingança pelo fato de Gleisom Vieira da Silva, de 17 anos, ter delatado o crime e inclusive colaborado com a polícia na produção de um vídeo que reconstituiu o caso. O corpo do menor foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e os outros três adolescentes foram levados para o hospital. O juiz da Infância e Juventude, Antônio Lopes, criticou a administração da unidade por ter colocado os menores na mesma cela e informou que os três irão cumprir pena por mais este crime. O caso Em 27 de maio, quatro garotas, com idades entre 15 e 17 anos, foram estupradas quando passeavam por um ponto turístico da cidade. Após serem amarradas em árvores, receberam pontapés, pedradas e pauladas. Desacordadas, foram estupradas e jogadas de cima de um penhasco. Uma delas morreu. A cada um dos menores envolvidos foram imputados os atos infracionais equivalentes aos seguintes crimes: quatro estupros, três tentativas de homicídio e um homicídio.

Continuar lendo Menor condenado por estupro coletivo é morto em cela no Piauí