Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões
A urna eletrônica, à espera dos indecisos...

Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões

Na última semana de campanha, Aécio e Dilma correm atrás (e como correm) não apenas dos indecisos, que somam 5% segundo o último Ibope, mas dos quase 22% de seus próprios eleitores que declaram que ainda podem mudar de opção. Dos que dizem votar em Aécio, 14% podem mudar sua opção até domingo, contra 8% daqueles que dizem que são pró-Dilma. No total, indecisos e incertos somam mais de 22 milhões de eleitores – é esse contingente de ‘votos voadores’ que deverá decidir a disputa presidencial mais acirrada desde 1989. Para onde vão esses votos? Ninguém sabe. Neste contexto, os últimos dias de campanha na TV e, principalmente, o debate da TV Globo na próxima sexta-feira tornam-se decisivos. Até aqui o formato dos debates no segundo turno – Band, SBT e Record – favoreceu mais os candidatos do que o eleitor. Explico: ao transformar o embate em perguntas e respostas diretas, a TV dá aos candidatos a primazia de controlar o programa conforme suas conveniências. Há menos margem para o acaso e improvisação, o que poderia acontecer, por exemplo, se os temas fossem sorteados na hora. Assim, na maior parte do tempo, Dilma e Aécio acabam repetindo no debate as mensagens de seus respectivos horários eleitorais (Pronatec, tolerância zero com inflação, Petrobras, emprego, desemprego etc). Vale a lógica da propaganda: repetir mensagens já testadas e que deram certo e fugir dos pontos desgastantes. Interessante notar, porém, que de certa forma quase um quinto do eleitorado nacional se coloca à margem da propalada polarização PT X PSDB.

Continuar lendo Votos ‘voadores’ na mira de Dilma e Aécio: indecisos e incertos somam 22 milhões