Delação de Dulcídio ‘dedura’ Lula, Dilma, Mercadante, Lobão, Aécio e meio mundo para reduzir seu castigo!
Dulcídio deu um soco grande na República...

Delação de Dulcídio ‘dedura’ Lula, Dilma, Mercadante, Lobão, Aécio e meio mundo para reduzir seu castigo!

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki homologou, hoje, 15, o acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) fechado com a Procuradoria Geral da República (PGR) dentro da Operação Lava-Jato. O documento tem 21 termos que citam políticos e crimes praticados no âmbito do Palácio do Planalto, Senado, Câmara, Ministério de Minas e Energia e Petrobras. Delcídio, que ficou preso por 87 dias na Operação Lava Jato, deu os depoimentos às autoridades em fevereiro. Com a colaboração, ele pode ter uma eventual pena atenuada. Veja os principais pontos da delação do senador: André Esteves e Eduardo Cunha Delcídio contou que o dono do banco BTG, André Esteves, aceitou dar dinheiro à família do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró para evitar o envolvimento de seu nome em investigações da Operação Lava Jato sobre pagamento de propina. Esteves foi preso na operação no mesmo dia de Delcídio. O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, que faz a defesa do banqueiro André Esteves, informou que o cliente não aceitou pagar dinheiro à família do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró para evitar o envolvimento de seu nome em investigações da operação Lava Jato sobre pagamento de propina. Ele também disse que o nome de André Esteves não é citado no anexo 2 da delação de Delcídio, que trata pagamentos ao ex-diretor da Petrobras.

Continuar lendo Delação de Dulcídio ‘dedura’ Lula, Dilma, Mercadante, Lobão, Aécio e meio mundo para reduzir seu castigo!