Mês do desgosto para relacionamentos! Agosto é campeão em número de divórcios

Márcio Silvestre se casou há cinco anos, em maio, popularmente conhecido como o mês das noivas. Como muitos casamentos, não deu certo. Anteontem, Silvestre assinou o divórcio. O estilista não tinha como saber, mas ele e a ex-mulher escolheram se separar no mês campeão de divórcios tanto no Estado de São Paulo como no Brasil, com quase 10% do total registrado por ano nos cartórios. E agosto, apesar de recordista, dá o pontapé para o que pode ser chamado de "período da separação": levantamento em cartórios paulistas, entre 2007 e 2014, mostra que o índice de divórcios aumenta 21% no segundo semestre em relação ao primeiro. No País, esse índice é de 16,4%. "A gente começou a especular e a tentar extrair uma explicação das pessoas que se divorciam. Não conseguimos obter uma resposta direta, mas percebemos recorrência na menção à questão econômica", afirma Andrey Guimarães Duarte, diretor da seção São Paulo do Colégio Notarial do Brasil, entidade que representa os cartórios. "No início do ano, há mais encargos e impostos a pagar. Depois que isso passa, as pessoas começam a se organizar e a levar em frente o que já vinham tentando, e a decisão de se separar amadurece."

Continuar lendo Mês do desgosto para relacionamentos! Agosto é campeão em número de divórcios
Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio
O amor transcende o tempo e volta renovado...

Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio

Errar é humano e persistir no erro pode ser amor. Pelo menos no caso dos ingleses Ollie Ingram e Wills Holmes. Eles se casaram pela primeira vez em 1955, há 58 anos. O casamento acabou em divórcio 10 anos depois porque eles dizem que eram muito jovens para ter se casado. Na época, ele tinha 21 e ela tinha apenas 18 anos de idade.

Continuar lendo Ingleses se casam novamente 48 anos após o divórcio
Conciliação agiliza ações de divórcio e alimentos na 2ª Vara
Dr. Marcelino Everton: agilizandoa solução de conflitos

Conciliação agiliza ações de divórcio e alimentos na 2ª Vara

A conciliação tem sido uma grande aliada na solução dos conflitos, principalmente nas ações de alimentos, divórcio ou dissolução de união estável, afirma o juiz titular da 2ª Vara da Família de São Luís, Marcelino Chaves Everton. Segundo o magistrado, com a publicação da Emenda Constitucional nº 66/2010, o divórcio pode acontecer de forma imediata, o que contribui para a celeridade da prestação jurisdicional.

Continuar lendo Conciliação agiliza ações de divórcio e alimentos na 2ª Vara