A cura para diabetes foi encontrada? Infelizmente, não é verdade o que circula na internet!

Textos compartilhados na web falam que já há vacina e que há terapias que curam a doença. Presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes condena notícias falsas. G1 Um texto que circula pelas redes sociais diz que uma vacina contra diabetes já foi anunciada oficialmente. Um outro também bastante compartilhado na web lista uma terapia capaz de curar a doença. Não é verdade. O texto sobre a vacina diz que "o mundo inteiro está comemorando a notícia". Já o outro recomenda um método "comprovado cientificamente" que promete com alguns passos reverter a doença. Diabetes não tem cura, ainda não existe uma vacina no mercado para evitá-la e não há tratamento milagroso para a doença, segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Luiz Turatti. Ele alerta para uma "tempestade de notícias falsas" divulgando terapias para a doença. Segundo Turatti, as falsas notícias aproveitam a fragilidade de quem tem a doença para vender planos de alimentação. "Isso é um problema grave, um problema de polícia. Essas notícias existem há algum tempo, mas se intensificaram."

Continuar lendo A cura para diabetes foi encontrada? Infelizmente, não é verdade o que circula na internet!

Cientistas não desistem! Dieta líquida pode ser o ‘segredo’ para tratar Diabetes tipo 2

Um grupo de cientistas do Imperial College de Londres está avaliando o impacto de uma dieta líquida na saúde de pacientes com Diabetes tipo 2. Segundo o Daily Mail, a pesquisa ainda está em andamento e pretende reforçar uma ideia já avançada num estudo da Universidade de Newcastle e que associava uma dieta de baixo teor calórico com a diminuição da doença. Pesquisadores estão analisando 90 pacientes portadores da doença e usuários da insulina há pelo menos 10 anos. Para uma primeira fase de análises, metade dos entrevistas irá seguir uma dieta à base de sopas e sucos, sendo, mais tarde, introduzidos alimentos no seu estado sólido. O máximo de calorias que se pode ingerir por dia é 800kal. A outra metade, diz a publicação, irá seguir um plano alimentar de baixas calorias (1.700 por dia) e também um plano de treino. Tal como se verificou no estudo da Universidade de Newcastle – em que os participantes que seguiram uma dieta baixa em calorias e rica em sopas e sucos perderam mais de três quilos e reduziram os níveis de açúcar no sangue – este estudo ainda a decorrer que comprovar que as dietas com baixo teor calórico e sob a forma de líquidos são a solução para a Diabetes tipo 2, uma vez que obrigam o corpo a queimar a gordura armazenada em torno do fígado e do pâncreas, não sendo necessária a administração de insulina para que ambos os órgãos funcionem corretamente.

Continuar lendo Cientistas não desistem! Dieta líquida pode ser o ‘segredo’ para tratar Diabetes tipo 2
“Quase fiquei cego. Era diabetes”, diz André Marques
André Marques: exemplo a ser seguido...

“Quase fiquei cego. Era diabetes”, diz André Marques

Por Yahoo! Entretenimento A cirurgia que André Marques, 34, fez no estômago mudou, mais do que seu visual, sua saúde. Quando estava com 158 kg, o apresentador afirma que começou a apresentar vários problemas sérios, como o diabetes. "Foram vários sinais. Quase fiquei cego. Comecei a enxergar meio embaçado e era diabetes. Isso, aliás, foi bem tenso. Estava fazendo obra na minha loja e estava enxergando muito embaçado. Achei que o grau dos óculos tinha mudado. Fui fazer exame, o médico disse que não, e me mandou medir a glicemia. Estava em trezentos e pouco, o normal é 110. Vivia cansado, ofegante. Todo 'f...' (risos). Mas a coisa do cegar me assustou mais. Ficar cego não deve ser legal", disse, em entrevista ao site "Ego". Hoje, com 56 kg a menos, ele afirma que sua relação com a comida mudou e que seu "corpo educou a mente". "Não dou mais tanta importância para comida. Você começa a não dar tanto valor. Antes, você quer comer mais por desejo do que por fome. Depois da cirurgia, as coisas começam a não cair tão bem. Daí, vai no automático.

Continuar lendo “Quase fiquei cego. Era diabetes”, diz André Marques
Descoberta dieta que reverte diabetes em apenas 11 dias
Robert Doughty, de 59 anos, reverteu o diabetes com dieta de 800 calorias Reprodução / BBC

Descoberta dieta que reverte diabetes em apenas 11 dias

Na Grã-Bretanha, mais um caso de sucesso na reversão do diabetes tipo 2 voltou a chamar a atenção para a teoria de que por meio de uma dieta de restrição calórica, feita por um período determinado de tempo, é possível se livrar da condição que afeta cada vez mais pessoas em todo o mundo. O jornalista britânico Robert Doughty, de 59 anos, que até o ano passado estava entre os 371 milhões de portadores do diabetes no mundo, reverteu o quadro da própria condição com uma dieta de apenas 800 calorias por dia. Num período de apenas 11 dias, Doughty enfrentou o duro regime de ingerir três doses diárias de shakes de reposição alimentícia com 200 calorias cada, somada a uma uma porção de legumes e vegetais de mais 200 calorias. Como parte da dieta, ele também teve que tomar um total de três litros de água por dia. O drástico regime, que para efeito de comparação tem menos calorias do que apenas um dos lanches vendidos pela rede de fast food Mc'Donalds — o Big Tasty tem 843 calorias — não foi "nada fácil de enfrentar", contou o jornalista em entrevista à BBC Brasil.

Continuar lendo Descoberta dieta que reverte diabetes em apenas 11 dias

Brasileiros desconhecem prevenções ao diabetes

Cuidar da alimentação, praticar atividade física ou parar de fumar ainda não são fatores reconhecidos pela população como medidas para prevenir o diabetes tipo 2, mostra pesquisa divulgada hoje (22) pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). A maioria dos entrevistados acredita que apenas evitar o consumo de açúcar é suficiente para evitar a doença. Essa percepção, segundo a entidade, é um antigo mito que dificulta o tratamento. A pesquisa ouviu 1.106 pessoas, de 18 a 60 anos, em seis capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre e Recife). Apenas 28% dos entrevistados relacionaram atividades esportivas ao controle da doença e 72% não associaram o tabagismo como fator de risco. O estudo inaugura a campanha "Diabetes: mude seus valores" e tem como objetivo avaliar o quanto a população entende a doença.

Continuar lendo Brasileiros desconhecem prevenções ao diabetes