Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen
Senador mostra os projetos que estão sendo gestados para a Lagoa

Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen

O projeto de recuperação ambiental da Lagoa da Jansen pode ser viabilizado com recursos de compensação ambiental devidos pela Petrobras ao Maranhão pelos danos causados no processo de instalação da Refinaria Premium I. Foi o acertado em reunião entre o senador Roberto Rocha (PSB-MA) e o ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, em Brasília. O senador solicitou ao ministro que intervenha para que seja feito o pagamento da parcela já vencida dessa compensação e defendeu que os recursos sejam destinados ao projeto da Lagoa da Jansen. “Apresentei o anteprojeto dessa recuperação ambiental ao governo do Estado. Mas entendo que posso contribuir não apenas com ideias, mas trabalhando para viabilizar esse e outros projetos ajudando a captar recursos do governo federal, organismos internacionais e até parceiros privados”,explicou o senador Roberto Rocha, que tem cumprido em Brasília uma extensa agenda de encontro com ministros e dirigentes de órgãos federais, sempre defendendo os interesses do Maranhão. A Petrobras assinou um Termo de Compromisso para Compensação Ambiental com o estado do Maranhão em função dos danos ambientais gerados pelos serviços de preparação do terreno, que atingiu flora nativa e nascentes de rios. Mesmo com a suspensão do projeto da refinaria, o meio ambiente já havia sido irreversivelmente atingido. O valor acertado foi parcelado em 15 vezes, das quais oito já foram pagas. A nona parcela, de cerca de R$ 7,5 milhões venceu em julho e ainda não foi quitada.

Continuar lendo Senador Roberto Rocha busca recursos para viabilizar despoluição da Lagoa da Jansen
Caema se mexe e discute a  despoluição de  praias e rios de São Luís
Lagoa da Jansen, um dos cartões postais de São Luís, pode, finalmente, vir a ser despoluída...

Caema se mexe e discute a despoluição de praias e rios de São Luís

O Governo do Estado vai desenvolver uma série de ações para melhoria da balneabilidade das praias da capital e despoluição dos rios Calhau, Pimenta, Claro e da Lagoa da Jansen. O planejamento estratégico das ações foi apresentado, em reunião, pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). As ações para balneabilidade eliminarão, de forma definitiva, os pontos de lançamento de esgoto na orla. “Estamos, neste momento, apresentando o novo cronograma estabelecido para obras de esgotamento em São Luís. De imediato, trabalhamos para agilizar processos internos que estavam parados e conseguimos a liberação de recursos para início dos trabalhos de despoluição do Rio Calhau. Essas ações são prioritárias e tem a atenção do governador Flávio Dino, que tem compromisso com a melhoria da qualidade de vida dos maranhenses”, explicou o presidente da Caema, Davi Telles. Para o trabalho de despoluição do Rio Calhau estão assegurados recursos da ordem de R$ 10 milhões do Ministério do Turismo, desse valor, R$ 393 mil estão disponíveis para o início dos trabalhos já nos próximos dias. O processo licitatório foi concluído e a empresa que realizará o trabalho já está contratada. Davi Telles informou que o Governo do Estado também está agilizando o processo licitatório para contratação de empresa para execução de obras de despoluição dos rios Pimenta e Claro, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Continuar lendo Caema se mexe e discute a despoluição de praias e rios de São Luís