Após esperar pela decisão do STF, juiz Sérgio Moro decreta a prisão do ex-presidente Lula
HR SÃO PAULO/SP20/12/2017 - ENTREVISTA LULA POLITICA - Entrevista com o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, no Instituto Lula, na zona sul de São Paulo. Foto: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Após esperar pela decisão do STF, juiz Sérgio Moro decreta a prisão do ex-presidente Lula

Ex-presidente tem até as 17 horas desta sexta-feira, 6, para se apresentar à Polícia Federal em Curitiba O Estado de São Paulo O juiz federal Sérgio Moro deu prazo até esta sexta-feira, 6, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para se apresentar "voluntariamente" à Polícia Federal em Curitiba, base da Operação Lava Jato. Em despacho desta quinta-feira, 5, Moro estipulou a Lula que se apresente até as 17 horas. Lula foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do caso triplex do Guarujá. Na madrugada desta quinta, o petista sofreu revés no Supremo Tribunal Federal (STF), que negou habeas corpus preventivo movido pelo petista para poder recorrer em liberdade até a última instância contra a sentença na Lava Jato São Bernardo do Campo A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou há pouco que não há outro motivo para justificar a decisão do juiz Sergio Moro de emitir um mandado de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que “não seja a sua obsessão, ódio e rancor” ao ex-presidente. “Chega a ser doentio por parte do juiz Moro não observar prazos recursais que ainda temos diante do TRF-4, sequer esperar a publicação da decisão do STF. Isso é um atentado à democracia, aos direitos do presidente Lula”, afirmou a senadora. “Moro não conseguiu mostrar provas nem o crime que Lula cometeu”, acrescentou. (André Ítalo) 21h06 05/04/2018 O também pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) disse que acompanha com tristeza o que acontece com o "amigo Lula". "Espero que os próximos recursos possam estabelecer liberdade. Parte do País não consegue ver Justiça, muito menos equilíbrio em providência tão amarga. Enquanto isso, remanescem intocados notórios corruptos do PSDB", criticou.

Continuar lendo Após esperar pela decisão do STF, juiz Sérgio Moro decreta a prisão do ex-presidente Lula