Amapá – PT formaliza Dora Nascimento como candidata ao Senado e apoio a Camilo Capiberibe

De um lado, a direita oriunda do grupo da 'harmonia' distribuído em três candidaturas. De outro, a esquerda unificada em torno de um mesmo projeto. Estas eleições, no Amapá, além do debate sobre a melhor gestão para o Estado, marcará um confronto ideológico entre os que querem apenas maquiar a realidade, sem alterar o status quo, e os que acreditam que um outro mundo é possível, com menos desigualdades econômicas e mais justiça social. Nesta segunda-feira, 30, o PT realizou a sua convenção estadual que oficializou a coligação com o PSB na chapa majoritária apresentando como candidata ao Senado Federal a atual vice-governadora do Estado, Dora Nascimento. No evento petista, que também serviu para apresentação dos candidatos a cargos proporcionais da legenda e de partidos aliados, compareceu o governador do Amapá e candidato à reeleição, Camilo Capiberibe (PSB); o prefeito de Macapá, Clécio Luís; e o senador João Alberto Capiberibe (PSB). O presidente do PT no Amapá, Joel Banha, disse que o momento político amapaense é histórico por dois motivos: a unificação do Partido dos Trabalhadores e a união dos partidos de esquerda. "O partido terá a oportunidade de eleger uma senadora mulher com capacidade de representar o Amapá em Brasília junto ao Governo Federal. Por viver no Amapá, Dora Nascimento sabe muito dos anseios e das necessidades da população amapaense e não há ninguém melhor do que ela para representar o Estado", disse Joel Banha.

Continuar lendo Amapá – PT formaliza Dora Nascimento como candidata ao Senado e apoio a Camilo Capiberibe
Eliziane Gama, em convenção: “O PPS é protagonista deste momento histórico para o Maranhão”
Na convenção do PPS, Eliziane Gama com Flávio Dino e Roberto Rocha

Eliziane Gama, em convenção: “O PPS é protagonista deste momento histórico para o Maranhão”

A presidente do Diretório Estadual do PPS e candidata a deputada federal, Eliziane Gama reafirmou na manhã desta segunda-feira (30) durante a convenção da legenda no estado, que o PPS será protagonista deste momento histórico da alternância de poder no Maranhão. O ato de homologação das candidaturas estaduais e federais foi realizado na sede do partido e contou com a participação dos membros do PPS de várias regiões do estado. Na convenção a sigla aprovou 3 nomes para a disputa das vagas de deputado federal, e 22 nomes para as vagas de deputado estadual, sendo 15 homens e 7 mulheres. “O ato foi mais interno, porém também foi uma oportunidade de reafirmarmos que estamos juntos para a construção de um novo Maranhão. O PPS é protagonista deste momento histórico para o Maranhão”, esclareceu a deputada. O PPS também indicou o secretário geral da legenda no Maranhão, Paulo Matos para a segunda suplência para o Senado Federal. “Nosso partido já passou por várias lutas democráticas, mas sempre buscou o que é melhor para a população”, afirmou o secretário geral. O tesoureiro do partido, Altemar Lima, afirmou que o PPS não é um partido de fisiologismo, mas tem compromisso com a população.

Continuar lendo Eliziane Gama, em convenção: “O PPS é protagonista deste momento histórico para o Maranhão”

“Um Maranhão de Esperança e brilho no olhar”, relato sobre a convenção de Flávio Dino, 2014

POR ALINE LOUISE, jornalista Postado no Facebook Entre tantos momentos especiais que marcaram a Convenção da Mudança no último domingo, que oficializou a candidatura de Flávio Dino ao governo do estado em 2014, destaco inicialmente um. Sim, Flávio Dino, há que se concordar com seu discurso. Aquele foi um momento que contarei aos meus filhos e netos. Juntos, mais de 10 mil pessoas puderam sentir a pulsação conjunta dos maranhenses que estavam ali para ouvir a mensagem dada pelo candidato: de esperança em dias melhores. Falando ao coração dos maranhenses, Flávio Dino demarcou um espaço importante nesta caminhada que será muito difícil. De perto ou de longe, ninguém acredita em uma caminhada fácil. Mas milhões de maranhenses que têm fé e esperança se sentem representados nas palavras deixadas pelo candidato que pediu, a todos os presentes, que levem para suas cidades, suas ruas e suas casas uma só mensagem: “Vamos fazer uma campanha limpa. De braços abertos, cara lavada, brilho nos olhos e sorriso nos lábios. Essa será a campanha da fé e da esperança”. Essa frase define o que o povo do Maranhão espera para esta campanha e para o futuro do estado inteiro. A vontade de fazer uma campanha limpa e que transmita à população ideias de superação de um ciclo de atraso. Tudo isso esteve presente na convenção do Partido do Maranhão (nome pelo qual as lideranças políticas optaram chamar a aliança de 9 partidos em torno de um projeto único). Na voz de Leci Brandão, ao vivo, a Oração Latina de César Teixeira também arrepiou os presentes. Leci falou de lutas do Maranhão em busca de igualdade e dignidade. Com forte identidade com nossa cultura e defesa dos movimentos sociais, a cantora e deputada estadual entoou o hino que marca a história de líderes populares lembrados por Flávio Dino. Neiva Moreira, José Augusto Mochel, Maria Aragão e Jackson Lago foram homenageados ao lado da presença física do líder camponês Manoel da Conceição. “Olho para as lutas do passado com respeito humildade e gratidão”, disse Flávio. Afinal, todos os personagens da história de lutas no Maranhão fizeram florescer em milhões de corações ao longo do tempo a esperança que pulsava no evento. A imagem de Flávio Dino reconhecendo um de seus primeiros professores que o assistia da plateia simboliza bem esse reencontro. Emílio Moreira, que lecionou em 1974 aulas a Dino e outras crianças de São Luís, foi mencionado pelo candidato. De público, Flávio lembrou de sua infância e disse: “Agradeço a você e todos os meus professores ao longo dos anos. (...) Aquele menino tímido, franzino, hoje tem coragem de enfrentar um império, uma oligarquia”. O momento foi de emoção. Do centro da plateia, Emílio Moreira respondeu: “Eu acredito em você” e continuou a frase que foi abafada pelos aplausos das 10 mil pessoas presentes no evento (dentro e fora do auditório), segundo os organizadores. Estes e tantos outros momentos encontrei vasculhando minhas anotações um dia depois da Convenção da Mudança. São papeis que registram um momento de emoção e que guardarei ao longo dos anos, sem dúvida. No próximo domingo, a campanha deve estar nas ruas. O que se viu na convenção, portanto, deve ser o que acompanharemos: um encontro do poder com o povo. E esse clima promete contagiar todas as ruas das 217 cidades desse Maranhão.

Continuar lendo “Um Maranhão de Esperança e brilho no olhar”, relato sobre a convenção de Flávio Dino, 2014
Em convenção, Dino e Rocha são confirmados candidatos a governador e senador do Maranhão
Flávio Dino e Roberto Rocha, candidatos a governador e a senador, após "sacramentados" na convenção

Em convenção, Dino e Rocha são confirmados candidatos a governador e senador do Maranhão

Principal adversário do Clã Sarney no Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) foi oficializado como candidato em convenção neste domingo. Roberto Rocha (PSB) é o candidato a senador pelas oposições. O ex-presidente da Embratur no governo Dilma e principal adversário do Clã Sarney no Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) foi oficializado como candidato em convenção neste domingo (29). Ele disputará o governo em uma composição formada por nove partidos e terá como concorrente o senador Edison Lobão Filho (PMDB) com o apoio da governadora Roseana Sarney. Foram feitas as convenções de PCdoB, PDT e PSB juntas na chamada "Convenção da Mudança", no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Além destes partidos, participam da coligação PPS, PSDB, PP, PTC, PROS e SDD. O ex-deputado federal e atual vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, foi confirmado como candidato a senador O candidato ao governo provocou os adversários por, segundo ele, administrarem o Maranhão apenas para pequenos grupos familiares (Sarney e Lobão). “Nenhum império dura para sempre. Nós iremos proclamar a república no Maranhão. Eu não vou ser governador da minha família, nem de duas ou três famílias, mas de todas as famílias do Maranhão”, disse.

Continuar lendo Em convenção, Dino e Rocha são confirmados candidatos a governador e senador do Maranhão
Maranhão – Convenção da oposição homologa candidaturas de Flávio Dino e Roberto Rocha
Convenção homologa Flávio Dino e Roberto Rocha como candidatos, respectivamente, a governador e senador pelo Maranhão

Maranhão – Convenção da oposição homologa candidaturas de Flávio Dino e Roberto Rocha

SEXTA-FEIRA, 27, PMDB E PARTIDOS COLIGADOS SACRAMENTARAM OS NOMES DE EDISON LOBÃO FILHO E GASTÃO VIEIRA COMO CANDIDATOS AO GOVERNO E AO SENADO Os oposicionistas Flávio Dino, Carlos Brandão e Roberto Rocha abrem o calendário eleitoral com uma grande convenção neste domingo, 29. O evento acontece no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana (Cohafuma – São Luís), a partir das 8h da manhã. PCdoB, PDT, PSB e PPS fazem a chamada Convenção da Mudança, com participação também de PSDB, PP, PTC, PROS, Solidariedade e Militância Petista. Com 58,2% das intenções de voto para o Governo do Estado (Instituto Data M - Protocolo MA-00015/2014 -TRE-MA) Flávio Dino homologará sua candidatura pelo PCdoB. No mesmo evento, o pré-candidato a senador Roberto Rocha (PSB) entrará na disputa pela vaga no Congresso nacional. Rocha tem 35,8% das intenções de voto segundo a mesma pesquisa divulgada pelo jornal Atos e Fatos na última quarta-feira. O candidato a vice-governador indicado pelo PSDB é o deputado federal Carlos Brandão. Pelo twitter, Flávio Dino fez o convite à população maranhense para participar do movimento de mudança neste domingo. “Vamos fazer uma bela convenção amanhã [hoje], cheia de energia cívica, ideias, propostas e surpresas boas.

Continuar lendo Maranhão – Convenção da oposição homologa candidaturas de Flávio Dino e Roberto Rocha
PT do Amapá oficializa a vice-governadora Dora ao Senado em convenção nesta segunda-feira, 30
A arte do cartaz do PT do Amapá que convida para a convenção que oficializará a vice-governadora Dora Nascimento como candidata ao Senado. Tudo que Sarney tentou evitar...

PT do Amapá oficializa a vice-governadora Dora ao Senado em convenção nesta segunda-feira, 30

O Partido dos Trabalhadores no Amapá (PT-AP), realiza nesta segunda-feira, 30, a partir das 18h, na quadra do Ginásio Poliesportivo da Orla do Santa Inês, a Convenção que irá oficializar o nome da vice-governadora Dora Nascimento como candidata ao Senado Federal e os nomes dos candidatos à chapa proporcional, que disputarão as vagas para Assembleia Legislativa e a Câmara Federal. A convenção do PT também irá formalizar a reedição da Frente Popular, aliança vitoriosa de 2010 com o PSB, agora em 2014 pela reeleição do governador Camilo Capiberibe. A convenção deverá reunir prefeitos, parlamentares, dirigentes sindicais, partidários e de movimentos sociais, partidos aliados, dentre militantes e lideranças políticas de todas as regiões do Amapá.

Continuar lendo PT do Amapá oficializa a vice-governadora Dora ao Senado em convenção nesta segunda-feira, 30

A arrogância intelectual de Sarney e os capítulos tristes da história do Amapá marcados por corrupção

BLOG DO HEVERSON CASTRO, de Macapá-AP "Com minha vocação intelectual, quis me ligar ao Amapá. O mundo conhece o Amapá por causa do meu livro Saraminda. Eu escrevi a história do Amapá. Daqui a 50 anos, quando quiserem saber da história do estado, vão ter de ler meus livros. Mas os que me insultaram ninguém vai saber quem foram." (Senador José Sarney, ontem durante convenção do PDT) Mesmo derrotado politicamente, tendo que sair do Amapá pela porta dos fundos, o senador José Sarney não perde a sua arrogância e petulância intelectual. Sarney tentou provar algo pra si mesmo, pois o mundo e o Brasil não conheceram o Amapá por conta dele ou de suas obras. Ao contrário o mundo e o Brasil conheceram o Amapá por conta do péssimo legado do grupo político que ele ainda é considerado o comandante em chefe, e que durante oito anos comandou com o denominado consórcio de poder batizado de "harmonia". Foram justamente seus afilhados políticos como Waldez Góes ( preso em 2010 pela em 2010 pela PF) e oficializado ontem como candidato ao governo PDT ao lado do oligarca, que o Amapá foi exibido no Brasil e no mundo de forma vergonhosa e negativa como um estado onde a corrupção imperava. São justamente os seus aliados, em sua maioria acusados de comandar volumosos esquemas de corrupção, como casal Marília e Waldez Góes, presos durante a Operação Mãos Limpas, acusados de cometerem o maior desvio de recursos públicos da histórica recente do Amapá, que escreveram tristes linhas da histórica recente do estado. Esse capítulo tenebroso da história amapaense que vai ser estudado pelas gerações em livros e nas escolas, Sarney não lembrou ontem durante seu discurso. Ele é indiretamente o responsável pelo grupo político, apontado pela PF como uma "quadrilha" que é acusada de deixar um rombo de mais de 1 bilhão de reais. Portanto, Sarney, ajudou a escrever um dos piores capítulos da história do Amapá, que até hoje envergonha os amapaenses e serve de motivo de piada nacional.

Continuar lendo A arrogância intelectual de Sarney e os capítulos tristes da história do Amapá marcados por corrupção
Em convenção, PSDB confirma a candidatura de Aécio Neves para presidente da República
Aécio Neves fez discurso na convenção do PSDB após ter sido confirmado como candidato do partido à Presidência da República (Foto: Amanda Previdelli/G1)

Em convenção, PSDB confirma a candidatura de Aécio Neves para presidente da República

Os tucanos realizam convenção partidária neste sábado (14), em São Paulo. Apesar de confirmar o nome de Aécio, o PSDB ainda não definiu quem será o candidato a vice, o que deve ocorrer até o fim deste mês. A legenda afirma que mais de cinco mil pessoas de todo o país participam do evento, que conta com a presença de tucanos como o senador Aloysio Nunes (SP), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ex-governadorJosé Serra e os governadores Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Teotonio Vilela (AL) e Beto Richa (PR). Aécio foi chamado para discursar no palanque ao som do hino nacional. No início de sua fala, ele lembrou do avô, Tancredo Neves, eleito presidente da República pelo colégio de líderes em 1984, mas que morreu antes de assumir. Aécio também elogiou ações do PSDB durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. "Transformamos a realidade brasileira de forma permanente com o Plano Real. O Real recuperou a confiança do Brasil em si próprio [...] Criamos os primeiros programas de transferência de renda e benefícios sociais, aquilo que se tornou depois o Bolsa Família", afirmou o agora candidato.

Continuar lendo Em convenção, PSDB confirma a candidatura de Aécio Neves para presidente da República
Congresso do PPS começa nesta sexta. Partido pode apoiar Eduardo Campos
Eduardo busca apoio do PPS do conterrâneo Roberto Freire ( Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem)

Congresso do PPS começa nesta sexta. Partido pode apoiar Eduardo Campos

O Partido Popular Socialista (PPS) realiza, a partir desta sexta-feira (6), seu 18º Congresso Nacional, em São Paulo. O encontro, que segue até o domgino (8), deve eleger a nova direção da sigla e definir a direção que a legenda tomará em 2014. O atual presidente da legenda, o pernambucano Roberto Freire, tem predileção por apoiar a candidatura do governador Eduardo Campos (PSB). Dentro do PPS, porém, ainda existem grupos que têm mais proximidade com o senador Aécio Neves (PSDB). A opção de candidatura própria, com o nome de Soninha Francine, perdeu força dentro da legenda. Ainda há, também, quem defenda que a decisão seja adiada para o próximo ano, quando o cenário deve estar mais consolidado.

Continuar lendo Congresso do PPS começa nesta sexta. Partido pode apoiar Eduardo Campos