Café diminui chance de ataque cardíaco e outras doenças coronarianas, revela nova pesquisa

Uma nova pesquisa trouxe mais uma boa notícia para os amantes de café. A bebida, além de dar aquela disposição extra, diminui a chance de sofrer com insuficiência cardíaca, ataques cardíacos e doenças coronárias. O estudo feito pela Escola de Medicina da Universidade de Colorado, em Aurora, nos Estados Unidos, usou de maneira automática, com um algoritmo, os dados de um amplo estudo epidemiológico de longa duração feito pela Framingham Heart Study e conseguiu associar o consumo da bebida aos benefícios para o coração. Essa pesquisa já acompanhou mais de 15 mil pessoas com doenças cardíacas desde a década de 1940. Em particular, os cientistas revelaram que, a cada xícara de café consumida, o risco de insuficiência cardíaca cai 7%, o de ataque reduz em 8% e o de doenças coronárias cai 5%. Para confirmar as informações, eles repetiram o uso do algoritmo com dados de outras duas pesquisas, feitas pelo Cardiovascular Heart Study e pelo Atherosclerosis Risk In Communities Study, e também identificaram a mesma relação entre consumo e o risco de doenças cardíacas. Com informações da Ansa.

Continuar lendo Café diminui chance de ataque cardíaco e outras doenças coronarianas, revela nova pesquisa
A legalização medicinal da maconha afeta seu consumo ilegal?
Ativista pró-maconha ergue um ‘baseado’ durante recente manifestação em Washington. MANDEL NGAN AFP

A legalização medicinal da maconha afeta seu consumo ilegal?

Estudo aponta que número de consumidores na ilegalidade aumentou mais nos estados norte-americanos que aprovaram o seu uso medicinal Um estudo publicado recentemente pela revista JAMA Psychiatry mostra que o consumo ilegal da maconhaaumentou, assim como os casos de abusos, nos Estados dos EUA que aprovaram seu uso medicinal. Para os autores do estudo, a simples aprovação da lei faria com que diminuísse a percepção social da droga como prejudicial, favorecendo o aumento de consumidores. Por ser uma federação, os EUA permite que se façam experiências importantes sobre a eficácia das leis e da ação política. É o caso, por exemplo, da pena de morte, em que, para além do aspecto moral, foi possível observar a sua eficácia nula: nos estados onde ocorrem execuções, a média de assassinatos é igual ou até mesmo superior à daqueles onde a pena capital foi abolida. No caso da maconha, também pode-se fazer comparações e atestar, assim, o impacto de sua legalização. Até os anos 90, o consumo da maconha era ilegal em todo o país. 29 Estados já legalizaram o seu uso medicinal e outros oito aprovaram seu uso recreativo. Como essas novas legislações afetaram o uso ilegal da droga? O uso e abuso da cannabis aumentou quase 60% a mais nos estados que legalizaram o seu consumo medicinal. Esse é o principal dado a que chegou um estudo publicado recentemente pela revista JAMA Psychiatry. Entre 1991 e 2013, o consumo da cannabis cresceu 2,2% onde ele continua sendo completamente ilegal, enquanto aumentou em 3,6% nos estados que a legalizaram de alguma forma. 29 Estados legalizaram o uso medicinal da cannabis e outros oito liberaram o consumo recreativo. Os dados se baseiam em uma série de três estudos epidemiológicos sobre bebidas alcoólicas e outras drogas realizados em 1991, 2001 e 2013 pelas autoridades da área de saúde dos EUA. No seu conjunto, participaram 120.000 pessoas maiores de 18 anos. Os números totais do consumo da maconha nos EUA durante as últimas décadas mostram uma curva típica. Na última década do século passado, o consumo da droga caiu levemente. Desde que se iniciou o século XXI, porém, a curva se inverteu e não parou mais de subir.

Continuar lendo A legalização medicinal da maconha afeta seu consumo ilegal?
Confira quais são os 50 carros mais econômicos, segundo o Inmetro
Ford Fusion, campeão de economia de combustível do Brasil

Confira quais são os 50 carros mais econômicos, segundo o Inmetro

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia(Inmetro) listou os modelos mais econômicos do Brasil em 2013. Os carros analisados representam 70% dos modelos vendidos no País, tanto que os veículos da Chevrolet não foram avaliados. Neste momento em que muitos brasileiros se preparam para trocar de carro ou presentear um veículo à mulher ou a filhos, a avaliação do INMETRO é um achado. Todos querem saber de quanto é o consumo de combustível do automóvel pretendido, para poder adaptar melhor o orçamento ao novo veículo e não ter surpresas na hora de abastecer. A grande surpresa, pelo menos para aqueles que não conheciam, é o Ford Fusion Hybrid, que faz 16, 8 km/L. Veja abaixo os 50 carros mais conômicos, segundo o Inmetro:

Continuar lendo Confira quais são os 50 carros mais econômicos, segundo o Inmetro
Polícia divulga nome de 25 participantes da “festa de arromba”, no Araçagi
A "turma da pesada" sendo indiciada na polícia

Polícia divulga nome de 25 participantes da “festa de arromba”, no Araçagi

Maioria foi autuada por formação de quadrilha e porte ilegal de armas. Dentre os detidos, estavam dez adolescentes Trinta e oito pessoas foram detidas em uma casa de eventos no bairro Araçagi, em São José de Ribamar. Segundo a polícia eles fazem parte de um grupo suspeito de praticar assaltos, tráfico de drogas e homicídios na região metropolitana de São Luís. Durante a ação da polícia houve tiroteio, um dos suspeitos foi atingido morreu. Mais de 50 policiais participaram da ação em uma casa de eventos. Segundo a polícia, o imóvel teria sido alugado por uma quadrilha responsável por vários assaltos, homicídios, latrocínios e tráfico de drogas na região metropolitana de São Luís. No entanto, a maioria foi autuada por formação de quadrilha ou porte ilegal de armas.

Continuar lendo Polícia divulga nome de 25 participantes da “festa de arromba”, no Araçagi