Prefeito Edivaldo assina decreto concedendo isenção de ITBI para compra de imóveis sociais

O prefeito Edivaldo assinou, na tarde desta quinta-feira (3), o decreto de nº 47.659, estabelecendo procedimentos para a concessão de isenção do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), para a aquisição de imóveis por meio do "Programa Minha Casa, Meu Maranhão (PMCM)", uma iniciativa realizada em parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e governo do Estado, com o objetivo de atender às necessidades de moradia de pessoas de baixa renda. O ato de assinatura do decreto, que regulamenta a lei de 2013 que prevê a isenção do imposto para programas municipais de habitação, foi realizado na sede da Prefeitura e contou com a presença do presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), Fábio Nahuz, e dos secretários municipais Diogo Lima (Urbanismo e Habitação) e Batista Matos (Comunicação). "Com este ato, reforçamos o nosso compromisso em desenvolver políticas habitacionais no município, principalmente as que proporcionem a aquisição de habitações de ordem social às populações em situação de vulnerabilidade social. Além disso, a iniciativa representa um incentivo ao setor da construção civil e busca estimular a oferta de imóveis com custo acessível, especialmente para as pessoas que ganham até seis salários mínimos. É mais um compromisso da nossa gestão para facilitar a aquisição de imóveis por famílias de baixa renda e proporcionar dignidade aos cidadãos ludovicenses", afirmou o prefeito Edivaldo. ITBI O ITBI é o tributo recolhido no município pelo comprador na oficialização da compra e venda de imóvel. A base de cálculo do ITBI é o valor venal dos bens ou transmissão de direitos a eles relativos. O recolhimento do ITBI é uma exigência legal para a averbação da compra e venda do imóvel. O fato gerador deste imposto é a transmissão, por ato oneroso, de bens imóveis. Segundo o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, a adoção de medidas fiscais, como a redução desse tributo, é parte do comprometimento da Prefeitura de São Luís ao aderir ao Programa Minha Casa, Meu Maranhão, política habitacional do Estado que tem ainda como propósito reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Maranhão, em grande parte financiada pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

Continuar lendo Prefeito Edivaldo assina decreto concedendo isenção de ITBI para compra de imóveis sociais
No lugar de Edivaldo, secretária Fátima Ribeiro dá posse aos novos membros do Conselho de Segurança Alimentar
Secretária de Segurança Alimentar, Fátima Ribeiro, empossa novos membros do Conselho da SEMSA

No lugar de Edivaldo, secretária Fátima Ribeiro dá posse aos novos membros do Conselho de Segurança Alimentar

O Conselho Municipal de Segurança Alimentar (Comsea) empossou 42 novos conselheiros, ente titulares e suplentes, durante solenidade, na tarde de quinta-feira (24), no Auditório Reis Perdigão do Palácio La Ravardière. A secretária municipal de Segurança Alimentar (Semsa), Fátima Ribeiro, representou o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, na solenidade. A titular da Semsa destacou os esforços da gestão municipal em formular ações que garantam o direito humano à alimentação adequada. “O sucesso dessas políticas depende da interação entre governos, setor privado e a sociedade civil. Todos devem estar coesos neste propósito”, ressaltou Fátima Ribeiro.

Continuar lendo No lugar de Edivaldo, secretária Fátima Ribeiro dá posse aos novos membros do Conselho de Segurança Alimentar
Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos
CRMs obrigados a liberar registro para estrangeiros

Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos

O Conselho Federal de Medicina (CFM) orientou os conselhos regionais da categoria a emitirem os registros provisórios dos profissionais estrangeiros do programa Mais Médicos, desde que a documentação esteja "completa e sem inconsistências". O início do programa já foi adiado por causa da resistência dos CRMs, que entraram com várias ações judiciais contra o Mais Médicos. A nova orientação, segundo o CFM, foi dada depois de a Advocacia-Geral da União (AGU) ter manifestado, diante da Justiça do Rio Grande do Sul, o entendimento de que devem ser repassados aos conselhos regionais o endereço de trabalho e os nomes dos tutores e supervisores de cada um dos estrangeiros inscritos no programa.

Continuar lendo Conselho Federal de Medicina libera registro de estrangeiros do Mais Médicos
No Senado, João Alberto rema, sozinho,  contra a maré!
João Alberto, corajoso, votou, sozinho, contra a maioria.

No Senado, João Alberto rema, sozinho, contra a maré!

O senador maranhense João Alberto (PMDB-MA), atual presidente do Conselho de Ética do Senado, foi a voz e o voto discordantes quando o Senado aprovou, ontem, 12, em primeiro e segundo turno de votação, uma proposta de emenda constitucional que prevê a perda automática de mandato de parlamentares condenados por crimes contra a administração pública ou improbidade administrativa.

Continuar lendo No Senado, João Alberto rema, sozinho, contra a maré!