Não compensa! Tribunal do Júri condena cinco por crimes cometidos na capital

Cinco acusados de cometer homicídios na capital maranhense foram condenados pelo Tribunal do Júri nesta semana. Todos os julgamentos aconteceram no Fórum de Justiça de São Luís, no Calhau. Um dos condenados, Hilton Jonh Alves Araújo, conhecido como “Praga”, também é acusado de ser um dos mandantes dos ataques a ônibus na capital, em janeiro de 2014, motivo pelo qual encontra-se preso no presídio federal de Campo Grande (MS). Consta na denúncia do Ministério Público que os dois acusados, a convite de outras pessoas, saíram armados e perseguiram as vítimas que estavam conversando na rua. Delson Bezerra Soares e Antônio Fernando Araújo Teixeira, conhecido por “Feijão”, foram assassinados a tiros, próximo à Delegacia do 8º Distrito (Liberdade). Hilton e Josmar Azevedo foram condenados, respectivamente, a 40 anos e 10 meses e a 48 anos e 3 meses de reclusão, pelos assassinatos de Delson Bezerra Soares e Antônio Fernando Araújo Teixeira e tentativa de homicídio contra Charle Jefferson Machado dos Anjos. O crime aconteceu no dia 19 de dezembro de 2004, em uma rua localizada entre os bairros Liberdade e Camboa. O julgamento ocorreu nessa quarta-feira (25), no 4º Tribunal do Júri. De acordo com os autos processuais, a dupla possui extensa ficha criminal e já foi condenada por outros crimes. O juiz José Ribamar Goulart Heluy Júnior, com base na decisão dos jurados, decretou a prisão de Hilton Jonh e também de Josmar Azevedo, conhecido como “Mata-gato”, que se encontra foragido. Os dois devem cumprir a pena em regime fechado, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Continuar lendo Não compensa! Tribunal do Júri condena cinco por crimes cometidos na capital